🔴 ALGORITMO MOSTRA COMO BUSCAR ATÉ R$ 3 MIL POR DIA – CONHEÇA

Marina Gazzoni
Marina Gazzoni
Diretora de conteúdo do grupo Empiricus e responsável pelos sites Seu Dinheiro e Money Times. É CFP® (Certified Financial Planner). Tem graduação em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e MBA em Informação Econômico-Financeira e Mercado de Capitais no Instituto Educacional BM&FBovespa. Foi CEO e editora-chefe do Seu Dinheiro, editora de Economia do G1 e repórter de O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo.
Eleições 2018

O avanço de Bolsonaro chegou ao limite?

Pesquisa do Ibope mostra Bolsonaro com leve queda nas intenções de voto, enquanto Instituto Paraná ainda aponta crescimento.

Marina Gazzoni
Marina Gazzoni
26 de setembro de 2018
20:47 - atualizado às 9:41
Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro, principal nome do PSL - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil)

Quem acompanha os mercados já sacou que o otimismo na Bolsa aumenta quando as intenções de voto em Jair Bolsonaro crescem e cai quando o petista Fernando Haddad desponta. Mas o que pensar se duas pesquisas divulgadas nesta quarta-feira (26) mostram tendências diferentes?

Ibope: Bolsonaro aparece estagnado, com 27% das intenções de voto, um ponto percentual a menos do que a pesquisa divulgada dois dias antes, feita entre os dias 22 e 24.

Paraná Pesquisas/Crusoé: Bolsonaro ainda cresce, com alta de 31,2%, contra 26,6% na sondagem anterior feita entre os dias 7 e 11.

Quem errou?

Se as pesquisas estão diferentes, alguém errou. Essa foi a primeira coisa que pensei. Em vez de tomar conclusões precipitadas, procurei os dois institutos para esclarecimentos. O Ibope disse que não fala do assunto, mas pediu para prestar atenção que a data das pesquisas é diferente.

Além da questão da data, o diretor da Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, deu outra explicação: a margem de erro das pesquisas, especialmente para os dados regionais.

"Ninguém está questionando as pesquisas. Está tudo na margem de erro", explicou.

A margem de erro nacional é de 2 pontos percentuais para mais ou menos. Então, no limite, Bolsonaro ficaria com cerca de 29% das intenções de voto nas duas pesquisas.

A grande diferença está na margem de erro regional. Quanto menor a amostra, maior a margem de erro. Por exemplo, no caso da pesquisa do Instituto Paraná, a margem de erro sobe, respectivamente, para 3,5%, 4,5% 5,5% e 6% nas regiões Sudeste, Nordeste, Norte + Centro-Oeste e, por fim, no Sul.

Na pesquisa de segunda-feira, por exemplo, o Ibope apontava Bolsonaro com 30% das intenções de voto no Sul, número que se mostrava muito distante do levantado pelo Instituto Paraná. Na pesquisa divulgada nesta quarta-feira, Bolsonaro sobe para 36% no Ibope, mais próximo do número do Instituto Paraná, de 38,4%.

Voto útil no 1º turno

O movimento de voto útil no primeiro turno roubou votos de Marina, Ciro e Alckmin. Na prática, o eleitor de direita ou esquerda está migrando das candidaturas que se mostraram mais frágeis para o candidato que parece ter mais chance contra o adversário que mais rejeitam no segundo turno. Esse tese deu força para Bolsonaro, explica Hidalgo, roubando votos de Alckmin, Meirelles e Álvaro Dias. Mas tem limite e dificilmente vai crescer a ponto de dar a vitória para Bolsonaro no primeiro turno.

"Para o Bolsonaro ir a 50% no Sul o Álvaro Dias teria que cair abaixo de 10%. Não vai acontecer. A mesma lógica vale para o Alckmin em São Paulo. A questão regional ainda é forte."

O que pode surpreender ainda é o voto feminino. Hidalgo minimizou a rejeição das mulheres ao Bolsonaro -e me fez o seguinte alerta: não pense nesse tema com a lupa de uma mulher que trabalha e é independente financeiramente.

"A maioria das mulheres do Brasil não são executivas. Na baixa renda, muitas são analfabetas e dependentes. São influenciadas pelos votos masculinos de filhos e maridos". E, influenciadas por filhos e maridos, podem, sim abraçar o Bolsonaro.

Sem precedentes

Hidalgo avaliou que é difícil prever o futuro nesta eleição puramente por falta de referências.

"Bolsonaro é um mito. Fez a campanha sozinho no celular. E o PT saiu em campanha com o Lula preso como candidato. Não têm parâmetro para comparar na história eleitoral do Brasil."

Ele reforça à tese da polarização do Brasil entre direita e esquerda que deve levar o país a um segundo turno entre Bolsonaro e Haddad.

Compartilhe

ELEIÇÕES 2022

Guedes se alinha a Bolsonaro e sobe tom da campanha — veja as indiretas que o ministro mandou para Lula

14 de setembro de 2022 - 15:58

Falando para uma plateia de empresários cariocas, ele se comprometeu com o Auxílio Brasil de R$ 600, reivindicou a autoria do Pix e considerou equivocadas as projeções de analistas para a inflação

ELEIÇÕES 2022

O que Bolsonaro, Lula e Ciro querem para o Brasil? Confira o programa de governo dos presidenciáveis

13 de setembro de 2022 - 19:21

Os três já apresentaram seus planos para o país: um prioriza transformar o Brasil em uma potência econômica, o outro foca na restauração das condições de vida da população e o terceiro destaca aspectos econômicos e educacionais

ELEIÇÕES 2022

Vão fatiar: Lula e Bolsonaro querem desmembrar Economia e ressuscitar ministérios de outras áreas — veja a configuração

13 de setembro de 2022 - 14:11

Caso o petista vença, a ideia é que o número de ministérios passe dos atuais 23 para 32. Já Bolsonaro, que na campanha de 2018 prometeu ter apenas 15 ministérios e fazia uma forte crítica ao loteamento de cargos, hoje tem 23 e também deu pastas ao Centrão

ELEIÇÕES 2022

Avanço de Ciro e Simone na pesquisa BTG/FSB ajuda Bolsonaro a forçar segundo turno contra Lula

12 de setembro de 2022 - 10:35

Em segundo turno, porém, enquanto Lula venceria em todos os cenários, Bolsonaro sairia derrotado em todas as simulações da pesquisa BTG/FSB

ELEIÇÕES 2022

Propaganda barrada: ministro do TSE atende pedido de Lula e proíbe Bolsonaro de usar imagens do 7 de setembro em campanha; veja qual foi o argumento

11 de setembro de 2022 - 16:43

O ministro viu favorecimento eleitoral do candidato e atendeu a um pedido da coligação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para barrar as imagens

DE OLHO NAS REDES

Lula vs. Bolsonaro: no ‘vale tudo’ das redes sociais, quem está vencendo? Descubra qual dos candidatos domina a batalha e como isso pode influenciar o resultado das eleições

11 de setembro de 2022 - 7:00

A corrida eleitoral começou e a batalha por votos nas redes sociais está à solta; veja quem está ganhando

ELEIÇÕES 2022

‘Bolsonaro não dormiu ontem’: Lula comemora liderança nas pesquisas e atribui assassinato de petista a presidente ‘genocida’

10 de setembro de 2022 - 15:01

O candidato do PT afirmou que o presidente não consegue convencer a população mesmo com gastos eleitoreiros altos

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro é o candidato com maior número de processos no TSE — veja as principais acusações contra o presidente

10 de setembro de 2022 - 10:37

Levantamento mostra que o candidato à reeleição é alvo de quase 25% das ações em tramitação na Corte até o início de setembro

ELEIÇÕES 2022

7 de setembro ajudou? A distância entre Lula e Bolsonaro é a menor desde maio de 2021, segundo pesquisa Datafolha

9 de setembro de 2022 - 20:21

Levantamento foi feito após as manifestações do Dia da Independência, feriado usado pelo atual presidente para atos de campanha, algo que nunca tinha acontecido na história recente do Brasil

ELEIÇÕES 2022

Um novo significado de ‘imbrochável’: Jair Bolsonaro explica coro em discurso de 7 de setembro

9 de setembro de 2022 - 9:48

Em transmissão nas redes sociais, Jair Bolsonaro explicou que o coro seria uma alusão ao fato de resistir a supostos ataques diários contra seu governo

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar