Menu
2019-04-04T13:58:12-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Vice fez palestra ao Bradesco BBI

Em aceno explícito ao mercado, Mourão reforça que reforma da Previdência será prioridade nos 100 primeiros dias de governo

Vice-presidente eleito reforçou o compromisso que a nova equipe de governo terá com o ajuste fiscal

13 de novembro de 2018
17:36 - atualizado às 13:58
Vice-presidente Hamilton Mourão
Mourão: "a reforma da Previdência é a mais importante para ser avaliada pelo Congresso" - Imagem: Shutterstock

O vice-presidente eleito, Hamilton Mourão, voltou a dar acenos explícitos para o mercado nesta terça-feira, 13. Em palestra ao Bradesco BBI, o general disse que a reforma da Previdência é uma das prioridades dos primeiros 100 dias da administração do presidente eleito Jair Bolsonaro, junto com a reforma tributária e redução da maioridade penal.

"A reforma da Previdência é a mais importante para ser avaliada pelo Congresso assim que possível", Hamilton Mourão.

Ajuste fiscal "top"

Mourão destacou a importância que o governo deve dar para o ajuste fiscal. "É prioridade 'top'", disse o vice eleito, que reforçou a defesa da equipe sobre a disciplina fiscal.

Segundo Mourão, o relacionamento com o Congresso, do qual o governo depende para aprovar as reformas, "será muito amigável, mas assertivo".

"Queremos ter uma relação republicana com o Congresso, sem pressões".

Além da agenda de reformas, o novo vice disse também que a realidade das finanças de muitos Estados e municípios é bastante difícil e que "temos que ter um novo pacote sobre dívidas" para esses entes subnacionais.

Ele aproveitou seu discurso para dizer que o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, está trabalhando "na área comercial e que acordos precisam ser mais estudados".

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

atenção, acionista

Weg e Lojas Renner anunciam juros sobre capital próprio; confira valores

Empresa de fabricação e comercialização de motores elétricos paga R$ 86,1 milhões; provento da varejista chega a R$ 88 milhões

Alívio no câmbio

Dólar fica abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez em mais de um ano — e o empurrão veio dos BCs

O dólar à vista terminou o dia em R$ 4,96, ficando abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez desde 10 de junho de 2020. O Ibovespa caiu

Constitucionalidade em xeque

Autonomia do Banco Central: STF retoma julgamento no dia 25, mas recesso pode estender votação até agosto

A lei em análise restringe os poderes do governo federal sobre a autoridade máxima da política monetária do País

nos eua

Presidente do Fed descarta elevação preventiva de juros e vê inflação atual como temporária

Jerome Powell atribuiu a alta dos preços à retomada da demanda em quadro de oferta ainda limitada em alguns segmentos

espaço para mais ganhos

Credit Suisse vê Totvs protegida contra inflação e aponta impulso com PIB

Analistas do banco lembram que empresa repassa a alta dos preços para os contratos anuais; papéis TOTS3 já subiram mais de 80% no último ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies