Menu
2019-04-04T14:14:47-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Abertura de capital

Mais dois bancos conseguem entrar no grupo que vai assessorar o IPO do BMG

Oferta de ações deve acontecer depois das eleições e o banco já se movimenta para registrar o processo

18 de outubro de 2018
17:16 - atualizado às 14:14
Sede da B3 em São Paulo
IPO do BMG tem potencial de movimentar entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão - Imagem: Shutterstock

A oferta de ações (IPO) que o banco BMG pretende fazer depois das eleições ganhou dois novos assessores. Banco do Brasil e Citi conseguiram entrar para o sindicato de assessoria que já contava com Itaú BBA, JPMorgan, Brasil Plural e XP Investimentos.

Segundo informações do Broadcast/Estadão Conteúdo, o BMG deve registrar nesta sexta-feira, 19, o pedido para oferta inicial de ações junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Amanhã é o último dia de prazo para as empresas fazerem protocolo junto ao regulador se quiserem realizar uma oferta de ações em dezembro, antes do recesso de fim de ano.

O IPO do BMG tem potencial de movimentar entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão, o que avaliaria o banco mineiro em quase R$ 5 bilhões.

Vale lembar que o BMG tem planos para entrar na onda dos bancos digitais no Brasil. A própria oferta de ações é um passo que ajudaria a deslanchar seus planos de expansão. O BMG fechou o primeiro semestre deste ano com patrimônio líquido de R$ 2,7 bilhões e mais de R$ 16 bilhões em ativos totais com foco em consignado, principalmente na modalidade cartão.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

cara nova

Cemig deixa capital social da Light e leva R$ 1,37 bilhão

Com saída da estatal mineira, distribuidora de energia deixa de ter um controlador e passa a ser uma corporation

decisão do copom

BC deve manter Selic a 2% e pode derrubar ‘forward guidance’ nesta quarta

Retirada do instrumento pode vir acompanhada de uma sinalização de que seu fim não tem relação mecânica com o começo do ciclo de aperto monetário

Ivan Sant'Anna - SD Premium

O segundo tempo do governo Bolsonaro começou mal. O que esperar daqui para frente?

Não quero dar uma de adivinho, muito menos pretender ser o dono da verdade, mas as perspectivas para a reeleição de Jair Bolsonaro em outubro de 2022 não são muito boas, embora no momento lidere todas as pesquisas de intenção de voto

dados do ministério da saúde

Brasil tem 1,1 mil mortes por covid-19 registradas em 24 horas

Com os novos óbitos, o total de vidas perdidas para a pandemia subiu para 211.491, segundo o Ministério da Saúde

seu dinheiro na sua noite

As incertezas da vez

Não sei vocês, mas desde que a pandemia de coronavírus começou, minha vida e rotina mudaram tanto, que tem estado difícil fazer planos para o futuro e ter boas perspectivas, do ponto de vista pessoal e social. Entrei no modo “um dia de cada vez”, já que ainda não temos uma data certa de quando […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies