Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-09T19:33:01-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

É pra sorrir ou pra chorar?

9 de dezembro de 2019
19:32 - atualizado às 19:33
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A bolsa teve hoje um dia bastante parado, terminando o pregão praticamente no zero a zero. Nesse marasmo do mercado - que ainda contou com um alívio para a cotação do dólar - um papel se destacou no Ibovespa: as ações da Smiles dispararam quase 20%.

Só que isso não quer dizer, necessariamente, que o acionista da operadora do programa de fidelidade da Gol tenha motivos para sorrir.

A valorização dos papéis ocorreu porque a aérea fez, hoje mais cedo, uma nova proposta para reincorporar a Smiles, dissipando as nuvens de incerteza que pairavam sobre o destino da companhia. E, de fato, as condições se mostraram vantajosas para o acionista na situação atual.

Só que, além de não ser o desfecho ideal para o acionista minoritário, a proposta só foi feita depois de o papel da Smiles ter desabado quase 40% por conta de uma decisão tomada pela própria Gol em outubro do ano passado.

Pela forma como as coisas foram feitas, a aérea acabou barateando, para ela mesma, a reincorporação do seu programa de fidelidade. E quem saiu perdendo, no fim das contas, foi o minoritário.

Nesta matéria, o Victor Aguiar relembra toda a história por trás da reincorporação da Smiles à Gol e explica por que, aos investidores, só restou um sorriso amarelo.

Zerou o IPO da XP 

Depois de ser criticada por cobrar taxa de performance em fundos criados apenas para investir no IPO da XP na Nasdaq, a gestora Vitreo decidiu zerar a cobrança. A medida transformou os fundos da Vitreo nas melhores alternativas para investir na abertura de capital da empresa, e o Vinícius Pinheiro te explica por que nesta matéria.

Nem tudo está perdido…

Desde que o BMG abriu capital na B3 no fim de outubro, suas ações amargam uma perda de 28%. Mas, para os analistas do Credit Suisse, há uma luz no fim do túnel. A instituição iniciou a cobertura dos papéis do banco com uma recomendação de compra. Entenda por que as ações são consideradas atrativas e saiba qual o seu potencial de valorização nesta matéria do Vini.

Ano novo, estratégias novas

Quem estava presente no Investor Day das Lojas Americanas e da B2W recebeu com animação as novas estratégias apresentadas pelas duas empresas. E as notícias positivas não só agitaram o mercado na última sexta-feira, como também chamaram a atenção dos analistas do BTG Pactual. Eles elevaram os preços-alvos dos papéis das varejistas, o que resultou numa perspectiva de valorização formidável em um ano. Confira os detalhes nesta matéria da Bruna Furlani.

Seria o câmbio um bicho-papão? 

Para o fundo Verde, do lendário gestor Luis Stuhlberger, a resposta para essa pergunta é não. Em sua carta de novembro, a gestora disse que a disparada do dólar é infundada e exagerada. Ainda assim, o fundo deixou de apostar na queda da moeda americana, tendo zerado a sua posição vendida. Na carta, o Verde informou ainda outras alterações na sua carteira, como te mostra a Jasmine Olga.

Um abraço!

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Crise dos chips

Sem carro zero no mercado, preço de usados sobe até 20% e vendas disparam – carro usado chega a custar mais que um novo

Mercado enfrenta escassez de semicondutores, demanda alta por veículos e prazos longos para a entrega

sem escassez

Fábrica da Tesla em Xangai deve terminar setembro com 300 mil carros produzidos em 2021

Marca será atingida mesmo em meio a uma escassez global de semicondutores, disseram duas fontes da montadora à Reuters

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies