Menu
2019-06-03T12:17:53+00:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.

Única forma de termos crescimento sustentado é com investimento em infraestrutura, diz Gesner Oliveira

Para sócio da GO Associados, se a reforma da Previdência não for aprovada, o país está condenado, mas não é isso que vai acelerar a economia

3 de junho de 2019
12:17
Gesner Oliveira
Sócio executivo da GO Associados, Gesner Oliveira - Imagem: Print YouTube

O sócio e executivo da GO Associados, Gesner Oliveira, foi categórico ao afirmar que a única forma possível de o Brasil ter uma recuperação econômica sustentada é investindo em infraestrutura.

Segundo Oliveira, a não aprovação da reforma da Previdência “condena” o país, mas não é essa reforma que vai nos levar a ver uma retomada sustentada do crescimento econômico, que está patinando desde a forte recessão de 2015/2016.

Oliveira participou de um seminário sobre investimento em infraestrutura organizado pelo BMG Seguros e JLT Re, do qual também participaram representantes da Iridium Gestão de Recursos e do escritório de advocacia Mattos Filho.

Na ótica do investidor, as oportunidades estão no enorme potencial de produtos de investimentos que terão ser ofertados para financiar esses projetos, como as debentures de infraestrutura e os fundos dedicados a investir nesses papéis. O estoque desses produtos está na casa dos R$ 60 bilhões, sendo que nos últimos 12 meses, as emissões somaram metade desse valor.

Segundo Oliveira, as oportunidades para o país retomar um ritmo de crescimento na casa de 3% estão todas presentes, como inflação baixa, juro na mínima histórica e capacidade ociosa na economia. Precisamos fazer o “básico” e isso passa pela aprovação da reforma da Previdência.

Impacto de R$ 400 bilhões no PIB

Para sustentar sua tese, Oliveira mostrou algumas contas feitas por ele e sua equipe considerando um estoque de projetos em infraestrutura da ordem de R$ 133 bilhões.

Ponderando que isso saia do papel, o impacto no Produto Interno Bruto (PIB) é de R$ 407 bilhões, mostrando o forte efeito multiplicador desse tipo de investimento. A criação potencial de empregos seria de 7,8 milhões de vagas, com mais R$ 69 bilhões na massa salarial. Também há impacto no caixa do governo, com mais R$ 26 bilhões em arrecadação de impostos.

Ainda de acordo com Oliveira, o Brasil vive uma situação excepcional, investindo apenas 2,2% do PIB em infraestrutura, contra 3,8% da média mundial, 4,7% vistos na Índia e 8,5% na China.

O país teria de ter como meta elevar esse percentual para cerca de 4% a 5% do PIB dentro de dez anos.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Incentivos importam

Oliveira pontuou que o mercado de capitais e o setor privado serão essenciais para financiar esses investimentos. Assim, regulação e leis mais claras e amigáveis são essenciais.

O exemplo dado por ele é o do setor de saneamento, que representa uma tragédia social, mas uma grande oportunidade de investimento.

É uma tragédia, pois cerca de metade da população não tem coleta de esgoto e onde ela existe o tratamento ainda é mínimo. Além disso, o desperdício na cadeia de produção e tratamento de água é de 38%. Para cada 10 litros de água processada, quase quatro litros se perdem por ineficiências do sistema. “Nossa maior reserva de água é a nossa ineficiência”, resumiu Oliveira.

Ele citou o MP do Saneamento, que perdeu o prazo no Congresso, mas que será reapresentada como projeto de lei, como uma das iniciativas que melhoram a regulação e a estrutura de incentivos para investimentos no setor.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

mal estar

‘Promessa’ de liberar recurso causa desgaste entre membros do governo

Área econômica do governo está incomodada com a postura de ministros e até do vice-presidente de antecipar valores e se comprometer com novos desbloqueios

O caminho para um acordo

Vice-ministro chinês vai visitar Washington para preparar negociações

Liao vai chefiar uma delegação de autoridades chinesas, segundo a agência de notícias oficial Xinhua News, mas Pequim não detalhou a agenda do vice-ministro na capital dos Estados Unidos

Epidemia na Ásia

Coreia do Sul inicia abate de porcos após confirmação de febre suína

Cerca de 4 mil porcos de três fazendas da região afetada serão abatidos ainda nesta terça. Também haverá um esforço de limpeza em outras unidades produtivas das cercanias

não é bem assim...

Oi diz que desconhece interesse da Telefônica, após reportagem

Companhia encaminhou um ofício para a B3; reportagem dizia que tele espanhola estaria interessada nos ativos da companhia brasileira – em especial, nas redes de telefonia e dados móveis, que integram as tecnologias 3G e 4G

A bula do mercado

Ataques na Arábia Saudita impõem incerteza aos mercados

Analistas ainda tentam determinar os efeitos do incidente ocorrido no final de semana sobre o petróleo

Entrevista

Esqueça Brasília, quem dita o rumo do Brasil e do mundo é a China, diz Volpon do UBS

Em livro recém-lançado, economista do UBS e ex-diretor do BC, Tony Volpon, também nos conta que a crise financeira não foi culpa dos homens de olhos azuis nem da tal ganância dos mercados

Entrevista

Bolsonaro: Petrobras não deve mudar o preço dos combustíveis

Presidente falou que tendência é seguir preço internacional, mas que como movimento é atípico, Petrobras manterá preços. CPMF saiu de vez dos planos

Jogando para o mercado

Infraero: venda de fatia em 4 aeroportos deve ocorrer em 2020

Companhia está em fase de contratação da consultoria que fará a avaliação dos ativos para colocá-los no mercado

Seu Dinheiro na sua noite

Um evento pode mudar tudo (ou não)

Se você tivesse a oportunidade de perguntar a qualquer analista de mercado na última sexta-feira o que esperar para os preços do petróleo, ele provavelmente responderia “queda”. Havia de fato todas as razões para acreditar na baixa. A guerra comercial entre Estados Unidos e China, o risco de recessão da economia internacional e o excesso […]

Pagando as contas

Tesouro diz que União honrou R$ 633,71 milhões em dívidas de GO, MG, RJ e RN em agosto

Nos primeiros oito meses de 2019, o governo federal precisou desembolsar R$ 5,252 bilhões para honrar dívidas garantidas pela União desses quatro Estados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements