Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Debêntures
Publicações
Recuo na comparação anual

Anbima mostra que empresas brasileiras movimentaram R$ 100,5 bilhões no mercado de capitais até abril

Dados da associação mostram que o volume total registrou uma queda de 9% em relação ao mesmo período do ano passado

Disputa na renda fixa

Avanço de bancos em debêntures incentivadas é “dor de crescimento” do mercado, diz Anbima

Para a associação, a concorrência pelas debêntures de infraestrutura, que contam com isenção de imposto para pessoas físicas, vai se resolver com o aumento no volume de emissões

Renda fixa

Quem mexeu na minha debênture? Bancos concorrem com investidores por papéis isentos de IR

Bancos ficaram com mais de 40% das debêntures incentivadas que vieram a mercado no ano passado. A razão de todo esse interesse? Eles pagam apenas 15% de imposto ao colocarem papéis na carteira, bem menos do que a alíquota total de quase 45% das operações de crédito tradicional

Busca por retornos maiores

Gestores testam apetite de investidor no mercado de crédito corporativo

Mercado começa a testar o apetite do público por papéis de empresas menores, muitas vezes desconhecidas do investidor

Renda fixa

Fundos de investimento em debêntures isentas de imposto de renda vão ficar mais acessíveis

CVM criou nova categoria chamada fundos de investimento em infraestrutura (FI-Infra), com limites diferenciados de alocação em debêntures isentas de imposto

Renda fixa

Investidor de debêntures da Rumo vai receber juros de 4,50% ao ano mais IPCA, isento de IR

Empresa de logística controlada pela Cosan capta R$ 600 milhões com debêntures de infraestrutura, que possuem benefício fiscal para pessoas físicas

Renda fixa sem imposto

Rumo vai captar até R$ 600 milhões com debêntures isentas de IR. Veja as condições

Empresa de logística controlada pela Cosan vai pagar juros de até 5,05% ao ano mais inflação para quem investir nas debêntures, que têm prazo de vencimento de dez anos

Plataformas de investimento

XP Investimentos e Rico voltam atrás e baixam aplicação mínima em renda fixa

Depois de elevar o investimento mínimo em debêntures de empresas e CDBs de bancos para R$ 30 mil na semana passada, a plataforma diminuiu o valor da aplicação para R$ 10 mil

Corretoras

Prateleira mais restrita. XP Investimentos e Rico aumentam aplicação mínima em CDBs e debêntures

Shopping center financeiro diz que decidiu elevar o tíquete mínimo para evitar que os pequenos investidores concentrem demais o portfólio

Investidores indo com tudo!

Debêntures da Petro? Pessoas físicas são os maiores compradores desse tipo de ativo, segundo empresa

Na primeira série de emissões, as pessoas físicas ficaram com cerca de 79% das debêntures ofertadas, sendo que os fundos de investimento compraram uma parcela menor, próxima de 8% do total, por exemplo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu