Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Investimentos
Publicações
CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) retoma os US$ 63 mil após cair na sexta-feira e outras criptomoedas sobem até 10% hoje; confira

Destaque para a Solana (SOL), que vem apresentando resultados acima da média das dez principais moedas do mundo

ATÉ TU, BTC?

Bitcoin (BTC) zera ganhos da semana, mas segue acima dos US$ 60 mil; saiba o que movimenta o mercado de criptomoedas hoje

Mesmo assim, o “uptober” ainda é positivo: no mês, a principal criptomoeda do mercado avança 38,82%

Na ponta do lápis

Como ficaram as empresas offshore de Paulo Guedes e Roberto Campos Neto com o dólar a R$ 5,70?

O ministro da Economia e o presidente do Banco Central mantêm contas no exterior há muito tempo. Qual foi o saldo do período?

bitcoin (BTC) hoje

Criptoressaca: Bitcoin (BTC) cai para a casa dos US$ 62 mil em ajuste após atingir máximas históricas

Depois de bater as máximas históricas, é comum que ocorra um movimento de realização de lucros, assim como acontece com a bolsa de valores

Seu Dinheiro no sábado

O que esperar para os seus investimentos até 2024?

Como parte das comemorações de três anos do Seu Dinheiro, montamos um conteúdo especial para discutir o cenário de investimentos até 2024

FII DO MÊS

Com a Selic em alta, veja os melhores fundos imobiliários para investir em outubro, segundo oito corretoras

Apesar de o aumento da Selic assustar o setor, nem todos os FIIs temem a escalada da taxa de juros e alguns podem até mesmo lucrar com o cenário

vai ficar mais barato

Tesouro Direto vai reduzir taxa de custódia a 0,2% ao ano a partir de 2022

Hoje, taxa de custódia é de 0,25% ao ano e é o único custo obrigatório do Tesouro Direto; anúncio foi feito pelo secretário do Tesouro Nacional

A NATA DA B3

Com Itaú e um ativo internacional no pódio, confira as ações mais indicadas pelas corretoras em outubro

A segunda colocada deste mês roubou os holofotes da campeã ao marcar a primeira aparição de um ativo internacional no pódio

Abram alas para a tech

Estreia hoje na B3 ETF que reúne empresas de tecnologia com foco no Brasil; conheça o TECB11

O ativo soluciona um problema “internacional” para o investidor interessado no setor de tecnologia brasileiro

Balanço do mês

Setembro foi o mês do dólar e da renda fixa beneficiada pela alta dos juros e da inflação; já a bolsa e o bitcoin amargaram fortes perdas

Retirada iminente dos estímulos monetários nos EUA e possível desaceleração do crescimento chinês se uniram ao risco fiscal brasileiro e à inflação pressionada por aqui para pesar sobre os juros futuros, o câmbio e os ativos de risco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies