🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-03-09T19:22:28-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
BALANÇO

Via (VIIA3) deixa para trás os dias de lucro e termina 2021 com prejuízo de R$ 297 milhões

Vale lembrar que os números da base de comparação foram impulsionados pelos primeiros meses da pandemia de covid-19

9 de março de 2022
18:34 - atualizado às 19:22
Fachada da loja Casas Bahia, rede pertencente à Via (VIIA3)
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via (ex-Via Varejo) - Imagem: Shutterstock

Em meio ao mau momento das varejistas na bolsa, o balanço da Via (VIIA3) chama a atenção dos investidores nesta quarta-feira (9). A pergunta que não quer calar para os acionistas e o mercado é: os números justificam a queda de mais de 68% no último ano?

À primeira vista, a resposta parece ser "sim". A dona das Casas Bahia e do Ponto Frio registrou prejuízo líquido de R$ 297 milhões em 2021, contra lucro de R$ 1 bilhão acumulado no ano anterior. No quarto trimestre, o resultado financeiro foi positivo, com R$ 29 milhões, mas recuou 91,4% em relação ao mesmo período de 2020.

O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, da sigla em inglês) ajustado cresceu 17,6% entre outubro e dezembro, para R$ 641 milhões, porém também anotou queda de 53,1% na base anual de comparação.

Vale lembrar que a base de comparação foi afetada pelos primeiros meses da pandemia de covid-19. Mas, ao contrário do que ocorreu com muitas empresas, no caso da companhia o efeito foi positivo. As medidas de distanciamento social impulsionaram o e-commerce e o lucro das varejistas online.

As vendas brutas pela internet, aliás, não estão por trás do mau desempenho da empresa, pois cresceram 38,9% no ano, para R$ 26,4 bilhões. A cifra representa 59% do Volume Bruto de Mercadorias (GMV, na sigla em inglês) da Via em 2021. Já o GMV das lojas físicas caiu 2,3% no período, para R$ 21,4 bilhões.

JP Morgan corta preço-alvo da Via (VIIA3)

Antes mesmo da divulgação dos números, o JP Morgan jogou um balde de água fria na Via com a retirada de seu preço-alvo para VIIA3 e a manutenção da recomendação neutra para os papéis.

"Apesar de o e-commerce continuar crescendo, embora com menos intensidade, o ambiente desfavorável provavelmente vai afetar as lojas físicas, particularmente as com tíquete médio mais alto, como as da Via (VIIA3) e do Magazine Luiza (MGLU3)", escrevem os analistas.

O banco americano atualizou as previsões e agora espera que a companhia dê prejuízo em 2022, considerando a Selic mais alta e as provisões para os inúmeros processos trabalhistas, conforme revelado no balanço do terceiro trimestre.

Os gastos com despesas trabalhistas totalizaram R$ 195 milhões no quarto trimestre e ficaram "dentro do intervalo esperado", segundo a empresa. A Via também detalhou quais estratégias têm adotado para evitar outra bola de neve com processos de ex-funcionários no futuro:

  • Eliminação dos riscos da operação, como a troca de folha, digitalização da documentação e novos sistemas de controle de remuneração;
  • Melhoria na condução da defesa dos novos processos, com foco e especialização do advogados e troca dos escritórios de defesa;
  • Estratégia de defesa em qualquer fase do processo;
  • Saneamento do estoque em andamento e liquidação, com deságio, de algumas ações mais antigas e mais alto custo com custo (cerca de R$ 200 milhões).
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

FRUTOS DO CASAMENTO

Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) apresentam relação de troca final de ações; veja quanto os acionistas receberão

Mais cedo, a Superintendência-Geral do Cade aprovou, sem restrições, a venda de parte da frota da Unidas para o Grupo Brookfield, dono da locadora Ouro Verde

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) faz malabarismo para enfrentar volatilidade e seguir acima de US$ 20 mil; confira cotações

O cenário macroeconômico pesou no universo cripto e se juntou à falta de liquidez, exercendo importante fonte de pressão

AGRO EM ALTA

Governo oferecerá mais de R$ 340 bilhões para produtores rurais no novo Plano Safra; valores entram em vigor em julho

O programa do governo federal prevê o direcionamento de recursos públicos para financiar e apoiar a agropecuária nacional

O SOL HÁ DE BRILHAR MAIS UMA VEZ

Cemig (CMIG4) amplia presença em energia solar em negócio milionário; confira os detalhes do negócio

A transação envolve três usinas fotovoltaicas e reforça a estratégia da companhia de crescimento sustentável no mercado de geração distribuída

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa abaixo dos 100 mil novamente, presidente da Caixa pede demissão e o salvador do mundo cripto; confira os destaques do dia

As últimas semanas parecem ter inaugurado um novo modus operandi no mercado financeiro: não há boa notícia ao amanhecer que perdure até o anoitecer.  Alta de commodities, alívio no cenário fiscal, retomada econômica chinesa. Pode escolher a sua arma, nada parece forte o suficiente para enfrentar o temor de uma recessão global e de um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies