O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-11T18:13:12-03:00
Carolina Gama
TOP SECRET!

Guerra pega fogo: China faz entrega secreta de armas para aliado de Putin; entenda o que está em jogo

Seis aviões de transporte Y-20 da Força Aérea Chinesa supostamente carregavam sistemas de mísseis terra-ar HQ-22, que podem atingir alvos a até 150 km

11 de abril de 2022
18:13
Avião militar cinza em pleno voo
Aeronave de transporte militar Y-20 - Imagem: Reprodução Flickr

Quem tem um amigo, tem tudo — e este parece ser o caso de Vladimir Putin. A China, que vem defendendo o diálogo para colocar fim à guerra na Ucrânia, fez neste final de semana uma entrega secreta de armas que pode beneficiar Moscou no conflito.

Quem recebeu um sofisticado sistema antiaéreo chinês em uma operação velada foi a Sérvia — uma aliada de longa data de Vladimir Putin, com quem a Rússia mantém laços étnicos, linguísticos e religiosos. 

O presidente sérvio, Aleksandr Vucic, foi reeleito na semana passada. E, embora seu país tenha votado nas Nações Unidas pela condenação da invasão russa, Vucic evita críticas a Putin e mantém boas relações com Moscou. 

A entrega de armas foi vista por especialistas como uma demonstração do crescente alcance global da China.

Os Y-20 são equivalentes aos norte-americanos C-17, símbolo da projeção global dos EUA. Segundo observadores, eles voaram com seus sistemas de contramedidas militares prontos para uso.

A encomenda para a Sérvia

Especialistas em mídia e militares disseram no domingo (10) que seis aviões de transporte Y-20 da Força Aérea Chinesa pousaram no aeroporto civil de Belgrado no início do sábado (09). 

As aeronaves supostamente carregavam sistemas de mísseis terra-ar HQ-22 para os militares sérvios.

Os HQ-22 são usados pelo Exército de Libertação Popular chinês e sua versão de exportação é o FK-3; eles podem atingir alvos a até 150 km, sendo semelhantes aos S-300 russos, usados pelos dois lados na guerra da Ucrânia.

O que a Sérvia tem a ver com Putin?

Além de uma aliada da Rússia, a Sérvia tem uma questão territorial importante, que alimenta preocupações dos europeus em uma possível escalada de tensão nos Balcãs. 

Para entender o caso, precisamos voltar na história. A partilha da Iugoslávia nos anos de 1990 resultou em uma federação centrada na Sérvia. 

O conflito passou por uma Eslovênia independente em 1991 até chegar à sangrenta guerra civil entre sérvios, croatas e muçulmanos da Bósnia-Herzegóvina.

Mas o nó na garganta de Belgrado é Kosovo, província de maioria albanesa que virou um país devido à intervenção militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em 1999. 

Naquela guerra, o que sobrou da Iugoslávia  — Sérvia, Montenegro e Kosovo — foi bombardeada até a cessão do controle da então província. 

Com tudo isso, há a especulação de que a Sérvia pode tentar recuperar o controle sobre a região, sob o apoio russo e, quem sabe, chinês. 

*Com informações da AP e da Folha 

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies