Insights de investimento, análises de mercado e muito mais! Siga o Seu Dinheiro no Instagram

2022-05-13T20:45:03-03:00
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP.
SEM PREVISÃO DE VOLTA

Efeitos da greve: Banco Central confirma que não haverá divulgação do Focus e IBC-Br na próxima semana

A divulgação do Boletim Focus e de outras atividades seguem suspensa devido à greve dos servidores; BC diz que não há previsão de retomada

13 de maio de 2022
17:34 - atualizado às 20:45
Fachada do Banco Central do Brasil (BC); greve servidores
Imagem: Arnaldo Jr./Shutterstock

O Banco Central (BC) confirmou nesta sexta-feira (13) que não divulgará o Boletim Focus e o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) de março. Ambos tinham previsão de publicação na próxima segunda-feira (16). 

Segundo a autarquia, apenas a nota de estatísticas fiscais do Setor Público Consolidado será reportada normalmente, de modo a atender um dispositivo da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF); o governo tem até o fim de maio para enviar os documentos sobre cumprimento das metas fiscais entre janeiro e abril ao Congresso. 

Outras atividades, como os dados do fluxo cambial — que normalmente são divulgados às quartas-feiras — seguem suspensas por tempo indeterminado. 

Greve dos servidores do Banco Central

A greve dos servidores continua por tempo indeterminado. A paralisação começou em abril, mas foi suspensa entre os dias 20 do mesmo mês e 2 de maio, para possíveis negociações com o governo, o que não aconteceu.

Então, a partir de 3 de maio, os servidores retomaram a greve, após aprovação de ampla maioria em assembleia do Sindicato Nacional de Funcionários do BC (Sinal). A decisão foi confirmada na última terça-feira (10), em um novo encontro.  

Os principais motivos são a reivindicação por reajuste salarial de 27% e reestruturação da carreira, como a exigência de nível superior para cargos técnicos. 

Ontem (12), o Banco Central protocolou uma minuta de Medida Provisória (MP) ao Ministério da Economia, solicitando o reajuste de 22% aos servidores, a partir de junho de 2022.  Mas, ao final do dia, o pedido foi retirado do sistema por “inconsistências no texto”. 

Além disso, a equipe econômica do governo afirmou, nessa semana,  que a decisão do reajuste dos salários deve ser tomada até 22 de maio. 

Leia também

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

A PARTIR DE JUNHO

Quer um pedacinho da Eletrobras (ELET3)? O trabalhador poderá usar recursos do FGTS para comprar ações

O trabalhador deverá fazer reserva de aquisições entre 3 e 9 de junho. O governo liberou o uso de até 50% do FGTS para compra de ações da Eletrobras

DESINVESTIMENTO

Em meio à turbulências, Petrobras (PETR4) assina mais um contrato de venda de refinaria

A operação ainda deve passar pelo crivo do Cade. A venda da refinaria Lubnor por US$ 34 milhões faz parte do plano de desinvestimento

DIPLOMACIA RUSSA

Bandeira branca? Putin diz que vai viabilizar comércio de grãos ucranianos e fertilizantes

Em conversa com o presidente da França e o chanceler da Alemanha, Putin afirmou que vai aumentar a oferta de grãos e fertilizantes

NÃO VINGOU

Terra 2.0 derrete mais de 60% no dia do lançamento; saiba por quê

A Terra 2.0 já acumula perdas; o renascimento da criptomoeda sofre com a perda de credibilidade, após falhas no protocolo da antiga moeda

NOVA CRIPTO NA ÁREA

Lançamento da Terra 2.0: vale a pena investir em um projeto criado pelos mesmos desenvolvedores da extinta Terra (LUNA)? Especialistas falam sobre nova criptomoeda

A resposta foi quase unânime: os analistas deixaram de acompanhar a Terra (LUNA) e não acreditam mais no projeto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies