O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-29T17:43:29-03:00
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP.
BC ADIOU

Quem quiser resgatar o dinheiro ‘esquecido’ deve esperar um pouco mais; saiba por quê

O Banco Central adiou a retomada do sistema de resgate do dinheiro esquecido. Não há previsão para início da segunda fase

27 de abril de 2022
17:17 - atualizado às 17:43
notas de 50 e de 100, que pode fazer parte do dinheiro esquecido no Banco Central
Imagem: Shutterstock

O retorno do Sistema de Valores a Receber (SVR), para consulta do dinheiro "esquecido", não deve acontecer na próxima segunda-feira, 2 de maio. O Banco Central (BC) informou nesta quarta-feira (27) que a retomada foi adiada em razão da paralisação dos servidores da autarquia. 

O sistema está suspenso desde o último dia 16 para melhorias no serviço e ainda não há uma data prevista para a segunda fase do sistema. Ao todo, cerca de R$ 8 bilhões ainda devem ser disponibilizados para saques, segundo expectativa do BC. 

"A greve dos servidores do BC prejudicou o cronograma de desenvolvimento das melhorias do Sistema de Valores a Receber (SVR). O prazo de retorno do SVR, inicialmente previsto para 2 de maio, será adiado. A nova data será comunicada com a devida antecedência", disse o BC em nota.

Na próxima sexta-feira (29), os servidores da autoridade monetária devem se reunir novamente para decidir se retomam a paralisação - que segue suspensa - a partir de 3 de maio. A categoria reivindica um reajuste salarial em 27% e reestruturação de carreira.

Segunda fase do dinheiro esquecido

Segundo o BC, nessa nova fase do SVR não será necessário fazer agendamento para consulta e solicitação do resgate de recursos referentes a contas bancárias encerradas com saldo disponível ou em virtude de tarifas cobradas indevidamente, por exemplo. 

Além disso, quem já havia feito a consulta poderá refazê-la. Isso também vale para quem já resgatou alguma quantia na primeira fase. 

Como consultar e pedir o resgate do 'dinheiro esquecido'

A consulta, bem como o resgate dos valores esquecidos em instituições financeiras, é realizada conforme o ano de nascimento ou de fundação da empresa. Nesta segunda fase, que não há data prevista, não será mais necessário 

Quando o sistema estiver novamente disponível, o cidadão deve acessar o Sistema Valores a Receber (SVR) do Banco Central, no endereço https://valoresareceber.bcb.gov.br/ 

Em seguida, deve-se inserir o CPF ou CNPJ e a data de nascimento ou fundação da empresa. Se ainda não houver valores disponíveis, a autarquia orienta que uma nova consulta seja feita a partir de 2 de maio. 

Com a inserção dos dados, o sistema informa uma data para consultar os valores e solicitar a retirada. Na data informada, o correntista precisa clicar no botão “acessar meus valores a receber” e fazer login na plataforma gov.br, do governo federal – o cadastro deve ser feito anteriormente. 

Por fim, o cidadão deve conferir o valor a receber, a instituição em que está o ‘dinheiro esquecido’ e informações adicionais para solicitar o saque do recurso.

Leia também

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DISTRIBUINDO MAIS DO QUE COMBUSTÍVEIS

Dividendos e JPC: Vibra Energia (VBBR3) anuncia o pagamento de R$ 131 milhões em proventos; confira prazos

Ao todo, a distribuidora de combustíveis já pagou R$ 663 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio no exercício de 2021

CSN (CSNA3) e CSN Mineração (CSNA3) vão recomprar até 164 milhões de ações; veja o que muda para os acionistas

As duas companhias aproveitam o momento descontado na B3 para encerrar os programas atuais e iniciar novas operações com duração de um ano

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Inflação derruba bolsas, Hapvida vai às compras e a varejista que ameaça o Magalu; confira os destaques do dia

Depois de um dia de animação, preocupações com o movimento dos preços e a atividade econômica pelo mundo estragaram o humor dos investidores

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana come margem de grandes empresas e derruba bolsas globais; Ibovespa cai mais de 2% e dólar cola em R$ 5

Com inflação pressionando e China voltando a fechar cidades, o Ibovespa caiu menos que as bolsas em Wall Street, mas ainda assim amargou fortes perdas

BR Properties (BRPR3) vende 80% do portfólio para fundo canadense, em transação de quase R$ 6 bilhões

Além de representar um movimento importante no atual cenário macroeconômico brasileiro, a transação marca a saída de boa parte do capital do fundo soberano de Abu Dhabi (ADIA) da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies