2022-04-28T17:36:04-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa e Wall Street operam instáveis com temporada de balanços e PIB no radar; dólar desacelera

28 de abril de 2022
8:09 - atualizado às 17:36

RESUMO DO DIA: As bolsas no exterior reagem positivamente aos resultados dos balanços de ontem (27) e da manhã desta quinta-feira (28). O Ibovespa acompanha uma série de dados do governo e olha o IGP-M, conhecido como "índice do aluguel", divulgado pela FGV mais cedo.

Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais mercados hoje, além das principais notícias do dia.

Ibovespa encerrou o dia em alta de 0,52%, aos 109.918 pontos

FECHAMENTO EM NOVA YORK

S&P 500: +2,48%
Dow Jones: +1,85%
Nasdaq: +3,06%

O dólar à vista encerrou o dia em queda de 0,55%, a R$ 4,9399

VALE NA MIRA DA SEC

A SEC, reguladora do mercado de capitais dos Estados Unidos que equivale à CVM brasileira, abriu processo contra a Vale (VALE3) nesta quinta-feira (28). A autarquia acusa a empresa por fraude em informação a investidores sobre a barragem de Brumadinho (MG), antes da tragédia em 2019.

Segundo a reguladora, a Vale produziu documentos “falsos e enganosos” sobre a segurança da barragem.

DOMMO (DMMO3) DISPARA

Fora do Ibovespa, um dos principais destaques do dia são as ações da Dommo Energia (DMMO3).

Fundada por Eike Batista, a companhia segue colhendo os frutos da possibilidade de venda da companhia. No mês passado, diversos rumores circularam sobre o interesse da PetroRio na companhia e agora os investidores aguardam a assembleia de acionistas que pode definir o futuro da empresa. O encontro será realizado amanhã.

Em 2022, os papéis acumulam alta de 228,85%, a R$ 1,71. Nesta quinta-feira, o avanço é de 11%.

POR QUE A QUEDA DO PIB AMERICANO NÃO ASSUSTOU?

Nesta manhã, o PIB americano surpreendeu ao recuar 1,4% no primeiro trimestre, bem aquém das expectativas de crescimento de 1%.

As bolsas americanas e globais, no entanto, não reagiram negativamente aos números – é que nem tudo é o que parece ser.

Segundo Marcel Andrade, head de renda variável da Vitreo, e Camila Abdelmalack, economista-chefe da Veedha Investimentos, uma segunda análise do resultado mostra que o consumo das famílias segue crescendo. O que recuou e impactou negativamente o indicador foram os investimentos públicos e um pequeno desequilíbrio da balança comercial.

Em outras palavras, isso significa que a economia segue avançando em um ritmo que ainda preocupa o Federal Reserve e deve continuar contribuindo para a inflação enquanto o consumo doméstico seguir acelerado.

FECHAMENTO NA EUROPA
  • Frankfurt: +1,35%
  • Londres: +1,15%
  • Paris: +0,98%;
  • Stoxx-600: +0,51%
HORA DE VENDER SANTANDER?

Os resultados do Santander Brasil (SANB11) no primeiro trimestre levantaram sinal de alerta dos analistas do Itaú BBA, que passaram a recomendar a venda do papel. Na classificação utilizada pelo Itaú BBA, o Santander está com nota ‘underperform’, que significa uma expectativa de desempenho abaixo da média do mercado.

O banco também estabeleceu um preço justo para a ação de R$ 31,00, ligeiramente abaixo do preço de fechamento de ontem (27), quando o papel encerrou o dia a R$ 31,30.

CONFIRA AS JUSTIFICATIVAS NESTA MATÉRIA

Os resultados surpreendentes annciados pela Meta na noite de ontem garantem um dia tranquilo para as bolsas americanas. A companhia de Mark Zuckerberg apresenta ganho na casa dos 17% e ajuda o Nasdaq manter ganhos de aproxidamente 2%.

Os altos e baixos da bolsa americana trazem instabilidade ao Ibovespa, mas a última hora foi de recuperação na B3. O dólar à vista, que estava pressionado, desacelerou e quase zera os ganhos do dia.

ATUALIZAÇÃO DO IBOVESPA

A carteira do Ibovespa terá uma novidade a partir de maio: a SLC Agrícola (SLCE3), uma das grandes produtoras de soja, milho e algodão do país, foi incluída na terceira prévia do novo portfólio do principal índice acionário brasileiro. Nenhum papel foi excluído, segundo dados divulgados nesta manhã pela B3.

CONFIRA A LISTA COMPLETA DE AÇÕES

A temporada de balanços no Brasil e nos Estados Unidos comandam os mercados nesta quinta-feira (28). Depois de abrir o dia em alta, o Ibovespa parece ter se firmado em queda e caminha para fechar abril com o pior desempenho desde março de 2020.

Já o dólar tem um dia de forte valorização em escala global. O PIB dos Estados Unidos mostrou uma retração inesperada no primeiro trimestre, mas os investidores duvidam que o número seja suficiente para desacelerar o ritmo do ajuste monetário feito pelo Federal Reserve na próxima semana.

SOBE E DESCE

Embora a Embraer tenha apresentado um prejuízo líquido ajustado de R$ 428 milhões no primeiro trimestre, recuo de 18% na comparação com o mesmo período do ano passado, as ações da companhia despontam como o principal destaque positivo do dia. Na sequência, o setor de commodities domina mais uma vez os melhores desempenhos da sessão:

CÓDIGO NOME ULT VAR
EMBR3 Embraer ON R$ 14,15 4,97%
RRRP3 3R Petroleum ON R$ 45,02 3,26%
DXCO3 Dexco ON R$ 12,65 2,51%
PRIO3 PetroRio ON R$ 26,11 2,03%
USIM5 Usiminas PNA R$ 12,02 1,86%

Confira as maiores quedas:

CÓDIGO NOME ULT VAR
NTCO3 Natura ON R$ 18,72 -2,85%
QUAL3 Qualicorp ON R$ 13,63 -2,71%
SOMA3 Grupo Soma R$ 12,42 -2,20%
MRFG3 Marfrig ON R$ 18,99 -2,16%
SANB11 Santander Brasil units R$ 31,32 -2,03%

A Vale (VALE3) não sustentou a alta vista no início da manhã e agora pesa sobre o Ibovespa. O principal índice da bolsa brasileira passou a cair e agora fica próximo da estabilidade

Depois de um dia de alívio, os principais contratos de DI voltam a subir. Está no radar perspectivas de deterioração do cenário fiscal e novos embates entre o presidente Jair Bolsonaro e o Supremo Tribunal Federal.

Do lado positivo, o IGP-M de abril avançou 1,41% com relação ao mês anterior, número melhor do que o esperado pelos analistas.

CÓDIGO NOME  ULT  FEC
DI1F23 DI jan/23 13,01% 12,98%
DI1F25 DI Jan/25 12,04% 12,01%
DI1F26 DI Jan/26 11,90% 11,85%
DI1F27 DI Jan/27 11,91% 11,87%

Apesar do Produto Interno Bruto (PIB) americano ter surpreendido negativamente, os futuros em Wall Street apontam para um dia de ganhos, com a repercussão da temporada de balanços ficando em primeiro plano. 

No Brasil, o resultado da Vale (VALE3) no primeiro trimestre decepcionou os investidores, mas o massivo programa de recompra de ações anunciado pela companhia equilibra os papéis. 

Por volta das 10h30, o principal índice da bolsa sobe 0,13%, aos 109.487 pontos. O dólar à vista avança 0,89%, a R$ 5,0108. 

Ibovespa encerra leilões de abertura em alta de 0,66%, de volta aos 110 mil pontos, aos 110.065 pontos.

O dólar à vista também avança 0,85%, negociado a R$ 5,0123.

PRIMEIRA LEITURA DO PIB DO 1º TRI DOS EUA DECEPCIONA

A economia dos Estados Unidos registrou uma queda inesperada nos primeiros três meses do ano. O PIB do primeiro trimestre de 2022 contraiu 1,4%, na contramão das estimativas da Bloomberg de alta de 1,0%.

Os responsáveis por essa queda são velhos conhecidos do mercado: o gargalo da cadeia de suprimentos, a inflação acelerada e guerra na Ucrânia.

O CPI, um dos índices de inflação americana, acumula alta de 8,5% em 12 meses, enquanto o PCE avança 6,4% em relação a fevereiro do ano anterior.

Ibovespa futuro sobe 0,88%, aos 111.950 pontos.

O dólar à vista abriu em alta de 0,58%, negociado a R$ 4,9998 no mesmo horário.

BOLSAS NO EXTERIOR

O balanço da Meta (Facebook) animou os investidores na manhã desta quinta-feira (28).

Com isso, as bolsas da Europa seguem em alta e os futuros de Nova York apontam para uma abertura também em campo positivo. Os resultados das empresas do dia também geram grandes expectativas nos investidores hoje.

Antes da abertura dos mercados, Caterpillar, Twitter, Mastercard e McDonald’s divulgam seus resultados; após o fechamento dos negócios, é a vez de Apple, Intel e Amazon.

  • Euro Stoxx 50: +0,23%
  • Dow Jones futuro: +0,57%
  • S&P 500 futuro: +0,35%
  • Nasdaq futuro: +0,11%
IGP-M VEM PERTO DO PISO DAS PROJEÇÕES E DESACELERA EM ABRIL

A FGV acaba de divulgar o IGP-M de abril.

O índice, considerado para reajuste de aluguéis, registrou alta contida no mês, limitado principalmente pela queda do dólar.

De acordo com a Fundação, o IGP-M ficou em 1,41% em abril, distante da mediana de 1,70% das estimativas do Broadcast. O piso das estimativas estava em 1,45%.

Dessa maneira, em 12 meses, o IGP-M ficou em 14,66%, distante da mediana de 15%, mas dentro do intervalo entre 14,25% e 15,87%.

ESQUENTA DOS MERCADOS: BOLSAS SE ANIMAM COM BALANÇOS

Se os primeiros dias da semana tiveram a agenda um pouco mais esvaziada, esta quinta-feira (28) promete ser um prato cheio para as bolsas internacionais e o Ibovespa. Tanto no campo dos indicadores quanto nos resultados  das empresas, o noticiário deve afetar os negócios na próxima sessão.

Começando pela Ásia, as bolsas por lá fecharam em alta após o Banco Central do Japão (BoJ, em inglês) manter a taxa de depósitos negativa em 0,1% e a meta de juros públicos em torno de 0%. Com isso, a política acomodatícia deve estimular a economia da região.

Enquanto isso, a China ainda luta contra a onda de covid-19, mas rumores de um pacote de estímulos a setores chineses limitaram as perdas.

Na Europa, os balanços da Barclays e Unilever impulsionam os índices pela manhã. Quem também ajudou a manter o otimismo por lá foi o balanço da Meta (antigo Facebook) da noite da última quarta-feira (27). O resultado da empresa de Mark Zuckerberg também sustenta o otimismo nos futuros de Nova York.

LEIA O NOSSO ESQUENTA DOS MERCADOS DE HOJE.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele