⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2022-09-05T20:23:30-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
CENTRAL DAS ELEIÇÕES

Eleições 2022: Lula volta a abrir vantagem sobre Bolsonaro na BTG/FSB

Acompanhe a cobertura ao vivo das eleições 2022 com as principais notícias sobre os principais candidatos à Presidência e nos Estados

5 de setembro de 2022
7:04 - atualizado às 20:23
Urna Eletrônica Central das Eleições SD
Central das Eleições - Seu Dinheiro - Imagem: Shutterstock / Montagem Brenda Silva

RESUMO DO DIA: Depois de ver sua vantagem sobre Jair Bolsonaro (PL) diminuir na semana passada, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) respira um pouco na pesquisa BTG/FSB divulgada hoje.

Em busca da reeleição em SP, Rodrigo Garcia promete dobrar oferta de crédito e zerar juro para MEI

Em busca da reeleição, o governador de Rodrigo Garcia (PSDB) prometeu nesta segunda-feira (05) dobrar a oferta de crédito a empreendedores, por meio do Banco do Povo, e juro zero ao microempreendedor individual.

“Hoje, o Banco do Povo empresta cerca de R$ 21 mil para os empreendedores do estado, vamos dobrar essa capacidade de crédito para R$ 42 mil. Também queremos dar juro zero para o MEI, desde que faça um curso de qualificação e pague suas prestações em dia”, afirmou. 

Garcia participou hoje do “Seminário para Agentes e Gestores de Crédito do Banco do Povo”, realizado no Memorial da América Latina, em São Paulo. 

TSE abre prazo para contestar candidatura de substituto de Roberto Jefferson

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deu hoje (5) prazo de cinco dias para partidos, coligações e o Ministério Público contestarem a candidatura de Padre Kelmon à Presidência da República.

Kelmon foi indicado pelo PTB no sábado (3) para substituir o ex-deputado Roberto Jefferson, que teve a candidatura barrada pelo tribunal. Antes da decisão, Kelmon tinha sido indicado como candidato a vice-presidente.

O prazo de contestação é uma medida de praxe da Justiça Eleitoral para dar publicidade ao novo registro e permitir que alguma causa de inelegibilidade seja comunicada ao TSE.

A candidatura de Jefferson foi impugnada pelo Ministério Público Eleitoral, que apontou a inelegibilidade dele em razão de sua condenação a sete anos de prisão, no Supremo Tribunal Federal (STF), pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do mensalão, em 2013.

O caso o enquadra na Lei da Ficha Limpa, argumentou o vice-procurador-geral eleitoral, Paulo Gonet.

A defesa de Jefferson sustentou em plenário que ele foi beneficiado por indulto presidencial em dezembro de 2015, o que teria extinguido todos os efeitos da condenação, incluindo efeitos secundários como a inelegibilidade.

O TSE entendeu que o indulto presidencial “não apaga o crime” e acrescentou haver “jurisprudência tranquila e uníssona” no sentido de que o perdão não atinge os efeitos secundários da condenação. (Agência Brasil)

Polarização vai continuar: saiba o que esperar da pesquisa Ipec de hoje

As próximas pesquisas para presidente não devem indicar mudanças significativas no cenário eleitoral, que mantém o desenho da polarização entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL), apesar de oscilações da distância entre ambos. 

Neste momento, o que vale é observar o que as sondagens sugerem sobre a necessidade ou não de um segundo turno, afirmam os especialistas. Uma nova rodada da pesquisa Ipec deve ser divulgada na noite desta segunda-feira (05).

Marco Antônio Carvalho Teixeira, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), afirma que oscilações para cima ou para baixo do índice de intenções de voto de Lula e Bolsonaro são esperadas, mas não devem ser expressivas. É a movimentação dos outros candidatos que, segundo ele, darão pistas sobre os rumos da eleição.

“A confirmação da tendência de subida de Simone Tebet (MDB), que, ao que tudo indica, em algumas rodadas pode deixar Ciro Gomes (PDT) para trás, é uma das principais novidades que as pesquisas devem trazer nas próximas semanas”, diz.

Especialistas avaliam que o crescimento de candidatos menores pode levar a eleição para o segundo turno, mesmo que seus índices de intenção de voto continuem pequenos na comparação com os dois principais nomes da disputa. 

“As pesquisas vão confirmando a forte tendência de segundo turno entre Lula e Bolsonaro”, avalia Teixeira. (Estadão Conteúdo)

Ciro Gomes contra o "cartel dos bancos"

Cumprindo agenda em São Paulo, o candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) disse nesta segunda-feira (05) que, se eleito, irá enfrentar o “cartel dos bancos”.

Em entrevista coletiva numa padaria no Jabaquara, na zona sul da capital paulista, Ciro culpou os principais bancos do país pelos juros altos e disse que irá colocar a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil para “competir com os bancos privados”, barateando juros e tarifas.

“Esse é o primeiro movimento. O segundo movimento é diminuir o peso do Estado brasileiro sob a demanda de dinheiro, porque dinheiro funciona igual pão: se você tiver muita gente querendo e podendo comprar pão na mesma hora, o preço do pão tende a subir”, afirmou o candidato do PDT.

Vai pra Paris de novo? Ciro Gomes descarta apoiar Lula em segundo turno

O candidato à presidência, Ciro Gomes (PDT), descartou nesta segunda-feira (05) apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em um eventual segundo turno com o presidente Jair Bolsonaro (PL). 

“Eu passo uma campanha inteira dizendo que o PT virou uma organização criminosa, eles me insultam, me agridem e depois esperam que eu apoie ele [Lula] no segundo turno, sabe como é? Nunca mais, Juvenal”, disse Ciro em entrevista à Jovem Pan.

Lula, no entanto, acreditava no apoio do pedetista. No debate do dia 28 de agosto, na Band, ele sinalizou disposição em conversar com Ciro Gomes sobre o assunto.  

“Então, é o seguinte, eu espero que o Ciro nessas eleições não vá para Paris. Eu espero que o Ciro fique aqui no Brasil, que a gente sente para conversar e possa construir a verdadeira aliança política que ele sabe que vai ser construída”, disse Lula na ocasião. 

No segundo turno das eleições de 2018, o pedetista teria viajado para Paris para não votar em Fernando Haddad (PT). 

Na entrevista de hoje para a Jovem Pan, Ciro não poupou os líderes das pesquisas de intenção de voto. 

“Lula tinha filho ladrão, Bolsonaro tem filho respondendo por causa de corrupção”, afirmou. 

Segundo ele, com esses escândalos, o Executivo fica na mão do Judiciário, o que causou uma “disfuncionalidade institucional”.

Simone Tebet: “Quem não quer a reeleição de Bolsonaro pode apostar na terceira via”

A candidata do MDB à presidência, Simone Tebet, comemorou o avanço nas pesquisas de intenção de voto e disse que os eleitores que não querem a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) têm a terceira via como opção. 

“O voto útil somos nós. Aqueles que não querem a reeleição do presidente Bolsonaro já podem apostar na terceira via, porque as pesquisas já mostram que todos nós ganhamos, no segundo turno, do atual presidente da república”, afirmou ela durante visita à uma cooperativa de reciclagem de materiais, em São Paulo.

MDB gostou: Baleia Rossi, líder do partido, diz que Simone Tebet vai ficar conhecida e seguir avançando nas pesquisas

O presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, comemorou o avanço da senadora Simone Tebet (MDB) na pesquisa do Instituto FSB, encomendada pelo BTG Pactual, e falou que quanto mais ela ficar conhecida, mais ela avançará nas intenções de voto. 

Utilizando a hashtag “SimoneTaSubindo”, Rossi publicou uma mensagem no Twitter falando da competitividade de Simone Tebet. 

O levantamento divulgado nesta segunda-feira (05) aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança com 42% das intenções de voto, seguido pelo atual chefe do Palácio do Planalto,, Jair Bolsonaro (PL), com 34%. 

Já Ciro Gomes foi a 8%, 1 ponto a menos que os 9% da pesquisa da semana passada, e Tebet registrou 6%, 2 pontos a mais do que os 4% na amostra anterior.

O crescimento da candidata, que empata tecnicamente com Ciro Gomes no limite de margem de erro ocorre na semana seguinte ao debate presidencial organizado pela Band, no qual ela foi considerada por especialistas a grande vencedora. 

Confira a pesquisa eleitoral completa da FSB-BTG. 

PTB troca Roberto Jefferson por Padre Kelmon Luís como candidato à presidência

A Executiva Nacional do PTB anunciou hoje que seu atual candidato a vice-presidente, Padre Kelmon Luís, irá substituir Roberto Jefferson na posição de candidato à Presidência da República pelo partido. Para compor a chapa, o Pastor Luiz Cláudio Gamonal será o vice-presidente.

A decisão foi tomada depois de o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter barrado a candidatura do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB).

O motivo da impugnação é a inelegibilidade do candidato até dezembro de 2023, uma vez que foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em 2013, no caso do mensalão.

Em nota, o PTB caracteriza o Padre Kelmon como um “homem cristão, conservador e de direita, que sempre se dedicou à igreja e ao combate da esquerda” no País, além de ter ajudado a criar o Movimento Cristão Conservador.

Apenas um candidato à Presidência tem motivos para comemorar a última pesquisa BTG/FSB

Somente um candidato à Presidência da República tem motivos para comemorar o resultado da mais recente edição da pesquisa do Instituto FSB, encomendada pelo banco BTG Pactual.

Estamos falando de Simone Tebet (MDB). Enquanto seus adversários oscilaram negativamente, ela foi a única candidata a crescer nas intenções de voto em primeiro turno.

Nos cenários de segundo turno explorados no levantamento, a emedebista viu diminuir a desvantagem para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ultrapassou Jair Bolsonaro, construindo sobre ele uma dianteira fora da margem de erro.

Ainda assim, é preciso ir devagar com o andor.

Confira aqui os principais números da pesquisa.

Lula mantém vantagem sobre Bolsonaro no 2º turno em pesquisa BTG/FSB

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manteve a vantagem de 13 pontos sobre Jair Bolsonaro (PL) em um eventual segundo turno, de acordo com a rodada mais recente da pesquisa BTG/FSB.

O petista subiu 1 ponto percentual, com 53% das intenções de voto no segundo. O presidente também oscilou 1 ponto para cima e agora tem 40%.

Lula também vence os cenários de um segundo turno contra Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB), mas agora com uma diferença menor, de acordo com a pesquisa. Já Bolsonaro perde para ambos os postulantes da chamada “terceira via” em um eventual segundo turno, ainda segundo o levantamento.

Pesquisa BTG/FSB: Diferença de Lula para Bolsonaro sobe 1 ponto

A rodada mais recente da pesquisa BTG/FSB mostrou uma interrupção na tendência da redução da diferença entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL).

Ambos os candidatos oscilaram dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais, mas tiveram queda nas intenções de voto.  Lula caiu de 43% para 42%, enquanto que Bolsonaro passou de 36% para 34%. Desta forma, a diferença entre os dois subiu 1 ponto na comparação com o levantamento anterior.

A pesquisa mostrou ainda uma nas intenções de voto de Simone Tebet (MDB), que agora está tecnicamente empatada com Ciro Gomes (PDT). Veja os números abaixo:

Pesquisa BTG FSB presidência

Confira a agenda dos candidatos hoje

Confira a agenda dos candidatos à Presidência da República nesta segunda-feira, 5 de setembro.

Jair Bolsonaro (PL), José Maria Eymael (DC), Léo Péricles (UP) e Sofia Manzano (PCB) não divulgaram agenda pública para hoje.

  • Ciro Gomes (PDT): às 10h, na agenda está “Encontro com Ciro, Elvis, Aldo e Neto”, em Jabaquara (SP); às 12h, concede entrevista para o Programa Pânico.
  • Felipe D’Ávila (Novo): às 12h30, participa de sabatina organizada pelo grupo O Liberal – Propostas para Amazônia.
  • Lula (PT): se encontra, às 10h30, em São Paulo, com o presidente da Bolívia, Luis Arce; às 17h, tem reunião com representantes da Frente Nacional de Defesa do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), no Palácio do Trabalhador, no bairro da Liberdade, em São Paulo (SP).
  • Simone Tebet (MDB): às 9h40, visita a cooperativa de reciclagem de materiais (Coopercaps), em Jurubatuba (SP); às 15h, faz caminhada na Praça da Sete, em Belo Horizonte; às 16h30, participa de manifestação em defesa da Serra do Curral, também em Belo Horizonte.
  • Soraya Thronicke (União Brasil): o dia da candidata será dedicado a entrevistas. Às 9h, concede entrevista ao vivo para a rádio Trianon (AM 740), de São Paulo; às 10h, à revista IstoÉ; às 12h, ao Portal Jovem Pan; às 14h30 (ao vivo), ao portal Gazeta do Povo, de Curitiba; às 17h15, à rádio Capital (FM 101,9), de Cuiabá; às 19h,  para as redes sociais do presidente do União Brasil Florestal, Lucas Ottoni.
  • Vera Lucia (PSTU): às 15h, Vera grava entrevista para o Portal Mundo Negro; às 17h, viaja para São José dos Campos (SP), cidade onde realizará campanha nesta terça-feira (6).
Lula abre 8 pontos sobre Bolsonaro na BTG/FSB

Depois de ver sua vantagem sobre Jair Bolsonaro (PL) diminuir na semana passada, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) respira um pouco na pesquisa BTG/FSB divulgada hoje.

No mesmo levantamento, Simone Tebet (MDB) voltou a crescer e aproximou-se de Ciro Gomes (PDT) na disputa pelo terceiro lugar.

Confira a seguir os números da edição mais recente da BTG/FSB:

  • Lula 42%;
  • Bolsonaro 34%;
  • Ciro 8%;
  • Simone 6%.
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

ELEIÇÕES 2022

‘Descamba ao absurdo’: pedido de coligação de Bolsonaro para suspender transporte gratuito nas eleições é barrado por corregedor do TSE

1 de outubro de 2022 - 21:57

Além da petição considerada ‘absurda’, a coligação ainda errou na solicitação, pois a decisão questionada pelo PL determinou apenas que o transporte público opere em níveis normais no próximo domingo

ELEIÇÕES 2022

Contrariando as pesquisas, Bolsonaro espera ser eleito amanhã com mais de 60% dos votos válidos

1 de outubro de 2022 - 21:26

Bolsonaro disse esperar que as eleições ocorram com “lisura” e “transparência” e voltou a fazer ameaças contra o STF

NA CONTA DA Berkshire Hathaway

Warren Buffett já perdeu US$ 36 bilhões com a Apple neste ano; por que uma das “joias da coroa” do megainvestidor despenca no mercado acionário?

1 de outubro de 2022 - 20:32

Os ativos da gigante de tecnologia acumulam queda de 24% este ano, refletindo o mercado tech e também fatores internos

ELEIÇÕES 2022

Lula não teme golpe de Bolsonaro — petista diz que, se for eleito, “haverá posse”

1 de outubro de 2022 - 19:29

O ex-presidente indicou que acredita na vitória, mas ainda não sabe se ela virá no primeiro ou segundo turno

ELEIÇÕES 2022

Último Datafolha mostra Lula com 50% das intenções de voto, contra 36% de Bolsonaro; petista manteve vantagem e pode levar o pleito no primeiro turno

1 de outubro de 2022 - 18:12

A última pesquisa Datafolha antes do primeiro turno acaba de ser divulgada e mostra que a distância entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) manteve-se a mesma. O levantamento publicado neste sábado indica que Lula tem 50% dos votos válidos contra 36% de Bolsonaro. A pontuação do petista […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies