O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-12-27T17:55:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
GUERRA NAS ESTRELAS

Parece que o jogo virou: Elon Musk enfrenta fúria de cidadãos chineses e é alvo de ataque online; entenda o que aconteceu

Estação Espacial da China é obrigada a implementar controle preventivo para evitar colisão de satélites lançados pela SpaceX, empresa do bilionário

27 de dezembro de 2021
17:55
Aeronave Dragon, da SpaceX
Estação Espacial da China é obrigada a implementar controle preventivo para evitar colisão de satélites lançados pela SpaceX, empresa do bilionário - Imagem: SpaceX/Flickr

Parece que o jogo virou para o homem mais rico do planeta. Acostumado a usar redes sociais como o Twitter para anunciar planos e consultar seus seguidores sobre o futuro da Tesla, Elon Musk sofreu um revés hoje ao ser alvo de um ataque online orquestrado por cidadãos chineses. 

Tudo porque a estação espacial da China foi forçada a adotar manobras de segurança para evitar a colisão com com satélites lançados pelo programa Starlink, de Musk. 

Em um post na plataforma chinesa de microblog Weibo, semelhante ao Twitter, ao qual a rede CNBC teve acesso, um usuário disse que os satélites da Starlink eram "apenas uma pilha de lixo espacial", enquanto outro os descreveu como "armas americanas de guerra espacial".

Encontros imediatos com Musk

Os satélites da Starlink Internet Services - uma divisão da empresa aeroespacial SpaceX, de Musk - tiveram dois encontros imediatos com a estação espacial chinesa em 1 de julho e 21 de outubro, de acordo com um documento apresentado pela China no início deste mês para a agência espacial das Nações Unidas (ONU).

“Por razões de segurança, a Estação Espacial China implementou um controle preventivo para evitar colisões”, disse a China em um documento publicado no site do Escritório das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Exterior.

Chuva de satélites

A SpaceX sozinha implantou quase 1.900 satélites para servir sua rede de banda larga Starlink e está planejando avançar.

Em meio a essa chuva de satélites, cientistas pediram aos governos que compartilhem dados para reduzir o risco de colisões espaciais catastróficas. Atualmente, segundo a CNBC,  quase 30.000 satélites e outros destroços supostamente orbitam o planeta.

“Os riscos do Starlink estão sendo gradualmente expostos, toda a raça humana pagará por suas atividades comerciais”, disse um usuário que postou a mensagem sob o nome de Chen Haiying no Weibo e ao qual a CNBC também teve acesso. 

*Com informações da CNBC

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Cautela pesa e Ibovespa futuro abre em queda com exterior fraco; dólar avança para R$ 4,95

RESUMO DO DIA: Após o rali da última terça-feira (17), as bolsas amanheceram com leves perdas, em um movimento de ajuste cauteloso. A inflação na Europa preocupa, enquanto o Federal Reserve dá sinais mistos sobre o aperto monetário. Por aqui, o Ibovespa acompanha a privatização da Eletrobras (ELET3) e falas de Roberto Campos Neto e […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Suzano (SUZB3) e lucro de 5,3% no bolso com Wiz (WIZS3)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Suzano (SUZB3), com entrada em R$ 52,74; confira a análise

O melhor do Seu Dinheiro

As stablecoins são o Real dos anos 1990? Confira a notícia do dia e outras sete histórias que mexem com os seus investimentos

Manter a paridade com o dólar não é tarefa simples, e o novíssimo mercado das criptomoedas experimentou esse travo amargo na semana passada; entenda a crise das stablecoins

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas lá fora tentam emplacar terceiro dia de alta, limitadas por dados inflacionários; Ibovespa mira Eletrobras (ELET3) e briga entre poderes

Ainda hoje, os investidores acompanham o presidente do BC, Roberto Campos Neto, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento

TRAGÉDIA NA CHINA

Alguém derrubou esse avião de propósito na China; investigadores agora tentam descobrir quem foi

Dados recuperados da caixa preta sugerem que alguém na cabine derrubou o intencionalmente o Boeing 737-800 da China Eastern com 132 pessoas a bordo no fim de março

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies