Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-17T21:14:37-03:00
Rafaella Bertolini
Descendo ladeira

Com o pé atrás: Mosaico (MOSI3) cai ainda mais depois de balanço; saiba os motivos

Apesar de tombo de quase 10% no pior momento do pregão, papéis reverteram tendência no fim do dia, e fecharam em alta de quase 7%

17 de agosto de 2021
14:12 - atualizado às 21:14
Buscapé é um dos sites da Mosaico
Buscapé é um dos sites da Mosaico Imagem: Shutterstock

Uma empresa que praticamente dobrou de valor no dia da sua estreia, em fevereiro deste ano. E hoje, pouco mais de seis meses depois, o valor da ação é quase metade do obtido no IPO. Esta é a Mosaico (MOSI3), que controla a plataforma Buscapé, produtora de conteúdo e comparadora preços no ambiente de e-commerce.

E o balanço da empresa, divulgado na noite de ontem, deu mais motivos para que os investidores deixassem de lado, pelo menos por enquanto, a perspectiva promissora que se desenhou na abertura de capital.

No pior momento do pregão, a ação (MOSI3) chegou a desabar quase 10%, indo a R$ 9,51 na mínima do dia. No fim do pregão, porém, o papel conseguiu se recuperar e fechar o dia com alta de 6,64%, a R$ 11,25.

Mesmo assim, a cotação ainda está bem distante do preço do IPO, que foi de R$ 19,80 por ação, no topo da faixa indicativa. No primeiro dia de negociação, o papel fechou acima de R$ 39, e no segundo, acima de R$ 41. Mas, desde então, a curva do gráfico é praticamente um mergulho.

O balanço da Mosaico (MOSI3) no segundo trimestre

A Mosaico reportou lucro de R$ 3,7 milhões no segundo trimestre deste ano, uma queda de 73,5% frente ao mesmo período de 2020.

Além do lucro, a receita da companhia também recuou 19,9%, para R$ 47,2 milhões, na comparação anual. As vendas brutas totais (GMV, na sigla em inglês) da empresa somaram R$ 902,7 milhões, retração de 17,2%.

As despesas operacionais somaram R$ 41,6 milhões, alta de 24,1%, devido ao crescimento dos gastos com publicidade, com pessoal e o aumento de serviços de terceiros.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recuou 80%, para R$ 4,5 milhões.

CEO de saída

Além de divulgar o balanço, a Mosaico também anunciou que vai substituir o atual CEO, Thiago Flores, por Mauricio Cascão, após aprovação do seu conselho de administração. 

Segundo a empresa, o novo executivo  tem vasta experiência no segmento de tecnologia e ocupou cargos de liderança em companhias como a AT&T, HP Labs e Mandic Cloud Solutions.

Conheça no vídeo a seguir uma ação com bom potencial de valorização para sua carteira:

E os analistas? 

De acordo com a XP, os resultados mais fracos já eram esperados, uma vez que a empresa possui forte base de comparação, além de maior custo de aquisição de clientes devido à competição por tráfego e um ambiente com maiores atividades promocionais (cashback e cupons).

De acordo com os analistas, a queda na receita e no Ebitda ajustado foi um resultado deste conjunto de fatores. 

Apesar disso, a casa ainda se mantém otimista com o desempenho futuro da Mosaico, sobretudo por conta das estratégias de cashback e de serviços financeiros, que podem agir como alavancas de crescimento.

A produção de conteúdos pela Buscapé e iniciativas de live commerce também podem gerar bons frutos, projeta a XP.

A casa tem recomendação de compra para Mosaico, com preço-alvo em R$ 38, potencial de alta de 260% sobre o fechamento de ontem.

Para o BTG Pactual, os resultados da Mosaico foram fracos, sobretudo considerando o desempenho do mercado digital no Brasil, que cresceu no período da pandemia e seguiu dando resultados sólidos para concorrentes da companhia. 

Mas o banco também se mantém otimista em relação ao futuro da plataforma. Os analistas baseiam suas perspectivas positivas em quatro pontos principais:

  • Fornecimento de tráfego, ativo crucial principalmente com a expansão do comércio eletrônico;
  • Gama ampla de produtos de tráfego pago;
  • Modelo de negócio de baixo valor agregado e altamente lucrativo; 
  • Plataforma de cashback e serviços financeiros com potencial promissor.

O BTG mantém sua recomendação de Compra para a ação, com preço-alvo de R$ 34.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Parceria digital

Assaí (ASAI3) faz parceria com Cornershop, aplicativo de compras online

A plataforma foi criada para que consumidores comprem produtos de supermercados locais com entregas rápidas ou programadas

Exile on Wall Street

O que faz as empresas falharem? Conheça as cinco “assassinas silenciosas” que podem impactar nos seus investimentos

O verdadeiro início da derrocada de uma empresa não pode ser devidamente noticiado pelas finanças ou pelas operações, mas somente dentro do núcleo de cultura corporativa

CAPTAÇÕES BILIONÁRIAS

Localiza, Unidas e Movida vão a mercado em busca de R$ 5 bilhões com emissões de debêntures

Locadoras de veículos se recuperaram rapidamente da crise da covid-19 e buscam recompor o caixa em meio à escassez de componentes no setor automotivo

De olho no dragão

Ministério da Economia eleva expectativa para inflação em 2021; veja qual a nova projeção

A pasta também atualizou as estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor, utilizado para a correção do salário mínimo

MERCADOS HOJE

Com precatórios e queda do minério de ferro no radar, Ibovespa opera em queda de 1%; dólar avança

Em Brasília, os investidores acompanham de perto as discussões em torno do pagamento dos precatórios e repercutem mais uma queda expressiva do minério de ferro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies