2021-04-29T09:25:11-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
setor em crise

Prejuízo da Gol aumenta para R$ 2,5 bilhões no 1º trimestre

Pandemia e dólar alto continuam afetando demanda da empresa; aérea projeta nova baixa anual na receita no próximo balanço e deposita parte das esperanças em plano de vacinação

29 de abril de 2021
8:39 - atualizado às 9:25
Imagem: Shutterstock

A Gol registrou um prejuízo líquido de R$ 2,5 bilhões no primeiro trimestre de 2021 — superando em 10% o resultado negativo do mesmo período do ano passado, quando a empresa teve prejuízo de R$ 2,2 bilhões.

Analistas esperavam que o prejuízo nos três primeiros meses do ano fosse de R$ 823 milhões, segundo dados da Bloomberg. A receita operacional líquida da Gol caiu em 50%, para R$ 1,5 bilhão.

Segundo a empresa, o resultado reflete a redução mais acentuada na demanda no setor aéreo, em decorrência do agravamento da pandemia de covid-19. A doença impactou o número de cancelamentos e não comparecimentos de passageiros.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

O prejuízo líquido após participação de minoritários foi de R$ 892 milhões, excluindo variações cambiais e monetárias, despesas líquidas não recorrentes, ganhos relacionados a títulos permutáveis e resultados não realizados de capped calls.

O Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia chegou a R$ 72,1 milhões negativo, sendo que há um ano a cifra era positiva em R$ 1,4 bilhão.

Ainda segundo o balanço da Gol, o número de passageiro-quilômetro transportado pago (RPK) reduziu 44% comparativamente ao mesmo período do ano passado, totalizando 5,6 bilhões. O assento quilômetro ofertado (ASK) diminuiu 44% na base anual.

A Gol diz ter transportado 4,5 milhões de clientes no trimestre, uma redução de 46% em relação ao resultado do início do ano passado.

Segundo a empresa, a receita líquida por assento quilômetro ofertado (RASK) foi de 22,40 centavos (R$), redução de 11,3%. A receita de passageiros líquida por assento quilômetro ofertado (PRASK) foi 20,24 centavos (R$), queda de 14,2% em relação.

Caixa e endividamento

A Gol alcançou um total de R$ 1,8 bilhão em liquidez no final do primeiro trimestre, R$ 2,4 bilhões menor comparado ao mesmo período do ano passado.

A companhia registrou um total de empréstimos e financiamentos de R$ 19,0 bilhões (incluindo arrendamentos), um aumento de 8,0% quando comparado com ao final do ano passado.

No primeiro trimestre, a Gol encerrou seu endividamento de curto prazo em um total de R$ 2,3 bilhões, sendo que aproximadamente R$1,2 bilhão correspondem a dívidas de capital de giro com bancos locais.

Frota

Ao final do primeiro trimestre, a frota total da Gol era de 127 aeronaves Boeing 737, sendo 119 NGs e oito MAX operacionais.

No mesmo período do ano passado, a companhia contava com 131 aeronaves, sendo sete MAX (não operacionais). A idade média da frota da empresa foi de 11,2 anos.

A Gol não opera aeronaves de grande porte, nem possui aviões financiados via mercado de capitais, EETCs (garantia de financiamento) ou arrendamentos financeiros. Sua frota é 100% composta por aeronaves de médio porte financiadas via arrendamentos operacionais.

Perspectivas

No segundo trimestre, a Gol estima operar uma frota média de 63 aeronaves, aproximadamente quarto vezes maior que a frota média operada no mesmo período do ano anterior.

A receita deve ser reduzida em cerca de 35%, comparada com ao mesmo período do ano passado. A Gol espera encerrar o período com R$ 4,2 bilhões em liquidez total e R$ 14,8 bilhões em dívida líquida ajustada.

"A GOL tem observado a correspondente retomada da recuperação das vendas de passagens ao longo das últimas semanas. [...] Esperamos que o programa nacional de imunização impacte positivamente na normalização da demanda por transporte aéreo no Brasil."

Paulo Kakinoff, Diretor-Presidente da Gol
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

MUDANDO A RECOMENDAÇÃO

Itaú BBA vê Gerdau (GGBR4) como ação defensiva, mas a siderúrgica que pode subir mais de 50% é outra; confira as apostas do banco

A queda de mais de 39% das ações da Usiminas abriram um bom ponto de entrada, segundo os analistas do Itaú BBA

Análise SD

Jogou a toalha? Azul (AZUL4) critica plano de recuperação da LATAM e dá a entender que não vai aumentar a proposta

A Latam pretende injetar mais de US$ 8 bi com as medidas de seu plano de recuperação judicial, cifra superior à proposta pela Azul (AZUL4)

bitcoin (BTC) hoje

Alívio com variante da covid-19 chega primeiro ao mercado de criptomoedas e bitcoin (BTC) volta aos US$ 57 mil

O mercado de criptomoedas, que não para nunca, sentiu o alívio ainda no final do sábado (27) e segue em alta hoje

Radiocash

“Esses 4 milhões de pessoas na Bolsa vieram para ficar”, diz Gustavo Cerbasi

Com 16 livros publicados e 1,5 milhão de seguidores no Instagram, o ex-professor universitário encara com cautela a fama, e rejeita alguns rótulos

Ao acionista com carinho

Ação da Petrobras (PETR4) pode render 100% só em dividendos nos próximos cinco anos

Relação ‘risco-recompensa’ é como comparar um formigueiro ao Everest, avalia o UBS