🔴 DÓLAR A 5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

Rafaella Bertolini
Céu aberto

Alívio nos ares: Gol (GOLL4) refinancia R$ 1,2 bi em dívidas de curto prazo

Com isso, o endividamento de curto prazo da companhia aérea ficará ao redor de R$ 500 milhões — o que representa o menor nível desde 2014

Rafaella Bertolini
17 de setembro de 2021
11:17 - atualizado às 13:07
Imagem de avião da Gol (GOLL4) voando num céu azul, com algumas nuvens brancas | Ibovespa
Na última quinta-feira, a Gol (GOLL4) ampliou a parceria com a American Airlines e chegou a ser a segunda maior valorização do Ibovespa / - Imagem: Divulgação

A Gol (GOLL4) concluiu o refinanciamento de R$ 1,2 bilhão em dívidas com vencimento no final de 2024. Com isso, o endividamento de curto prazo da companhia aérea ficará ao redor de R$ 500 milhões — o que representa o menor nível desde 2014. 

Em comunicado divulgado nesta sexta-feira (17), a companhia indicou que o refinanciamento representa a última etapa do programa de liability management (gerenciamento de riscos para evitar o descasamento entre ativos e passivos).

O plano permitiu que a Gol utilizasse ativos do seu balanço patrimonial para reduzir em R$ 2,1 bilhões a dívida de curto prazo no período de 12 meses encerrados em junho de 2021. 

“Em parceria com seus provedores de leasing de aeronaves, a companhia manteve o passivo de arrendamentos em aproximadamente 45% do total do endividamento no mesmo período, com uma taxa de desconto estável em IFRS16”, afirma a empresa, em comunicado.

Gol (GOLL4) estende o prazo médio de passivos 

O refinanciamento da dívida de curto prazo da Gol estenderá o prazo médio dos passivos em mais de dois anos, passando para 3,3 anos. 

A companhia aérea utilizará os recursos para refinanciar as dívidas de: 

  • R$ 592 milhões do saldo remanescente da 7ª emissão de debêntures; 
  • R$ 528 milhões de linhas de crédito de financiamento à importação (Finimps); e 
  • R$ 165 milhões de linhas de crédito para capital de giro. 

"Com essa transação, a companhia concluiu a maior desalavancagem de balanço patrimonial entre seus pares, tornando-se a empresa aérea com o menor passivo. Agora podemos focar a maior parte do nosso fluxo de caixa operacional para o crescimento operacional sustentável", afirma Richard Lark, diretor vice-presidente Financeiro, por meio de nota. 

De acordo com o executivo, a expectativa é que, com o refinanciamento, as agências de risco voltem a realizar avaliações positivas sobre a Gol, que teve suas recomendações reduzidas após ser fortemente impactada pela pandemia de covid-19. 

Recomendações rebaixadas

Bancos, instituições financeiras e casas de análise também cortaram suas recomendações para as ações da Gol (GOLL4) em meio à pandemia.

O movimento mais recente foi feito pelo Bank of America (BofA), que rebaixou os papéis da companhia de neutro para venda. Segundo o banco, os efeitos da Covid ao setor de aviação ainda podem impactar o fluxo de caixa das aéreas. 

Além disso, o BofA também vê potencial limitado de ganho nas ações, considerando os níveis atuais de valuation.

Outra instituição que reduziu o otimismo em relação a área foi o Credit Suisse: no final de agosto, cortou a recomendação de neutra para underperform (performance abaixo da média do mercado).

Novidade e alta nas ações da Gol

Na última quinta-feira (16), a Gol (GOLL4) ampliou a parceria com a American Airlines e chegou a ser a segunda maior valorização do Ibovespa. 

O novo acordo celebrado prevê a expansão do compartilhamento de voos (codeshare) e um aporte de capital de US$ 200 milhões (R$ 1,05 bilhão) na companhia brasileira.

As ações GOLL4 tiveram um desempenho positivo após o anúncio, e fecharam o pregão de ontem (16), a R$ 19,95, com alta de 1,26%.

Compartilhe

TODOS A BORDO

A era dos supersônicos vai voltar? American Airlines encomenda 20 jatos que poderão voar a mais de 2 mil km/h

17 de agosto de 2022 - 11:57

O jato Overture é projetado para carregar entre 65 e 80 passageiros e deve ser lançado em 2025, com o transporte dos primeiros passageiros marcado para acontecer até 2029

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de lucro de mais de 13% em swing trade com a Azul (AZUL4); confira a recomendação

16 de agosto de 2022 - 8:06

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Azul (AZUL4). Veja os detalhes

Carros voadores?

Mobilidade aérea: acordo entre Eve (EVEX), da Embraer (EMBR3), e Kenya Airways faz “carros voadores” avançarem na região africana

23 de junho de 2022 - 15:24

Acordo entre empresas do ramo de tecnologia e aviação visa plano de mobilidade aérea otimizada na região do Quênia.

PREÇO DAS PASSAGENS

A gratuidade para despacho de bagagens em voos domésticos está de volta: conheça a MP e saiba o que pensam as aéreas

28 de abril de 2022 - 14:39

Integrantes do Ministério da Infraestrutura afirmam que o governo trabalha para conter o avanço da medida

TRAGÉDIA AÉREA

Avião cai na China com 132 pessoas a bordo; ações da Boeing operam em forte queda no pré-mercado em Nova York

21 de março de 2022 - 6:16

Boeing 737-800 caiu em uma região montanhosa perto de Wuzhou, no sul da China, e explodiu; equipes de resgate realizam buscas no local

Empréstimo

Gol acerta financiamento de US$ 600 milhões para renovar frota de aviões

24 de janeiro de 2022 - 8:50

Empresa aérea usará o dinheiro para financiar a aquisição de 12 novas aeronaves Boeing 737 MAX 8, a uma taxa de juros menor que o custo atual da frota

AÉREAS COM PROBLEMAS

Depois da Azul, Latam cancela voos por casos de covid e gripe entre tripulantes

9 de janeiro de 2022 - 16:58

Diante dos problemas, Anac oferece suporte a passageiros afetados e monitora os casos entre profissionais da aviação

BOA NOTÍCIA

Depois da turbulência: Itapemirim firma compromisso com Procon-SP para reembolsar consumidores que reclamarem

28 de dezembro de 2021 - 18:28

Penalidade pode chegar a R$ 5 milhões com descumprimento de termo assinado hoje. Suspensão temporária das operações da ITA, o recém inaugurado braço aéreo do grupo, aconteceu no dia 17 e levou caos aos aeroportos.

FÉRIAS FRUSTRADAS

Companhias aéreas cancelam mais de 2 mil voos às vésperas do Natal em todo o mundo, a maioria deles por causa da pandemia

24 de dezembro de 2021 - 15:05

Voos de e para EUA e China figuram entre os mais afetados, representando mais de metade das viagens canceladas

De quem é a culpa?

Golpe duro: CVC (CVCB3) despenca 7% após o fiasco da Itapemirim (ITA) e da Anac

20 de dezembro de 2021 - 14:19

As ações da CVC (CVCB3) se aproximam das mínimas após o caos gerado pelo fim das operações da Itapemirim (ITA), autorizadas pela Anac em maio

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar