🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O SEU CAPITAL POR 7,5X COM 1 CLIQUE – CONHEÇA A FERRAMENTA

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
TODOS A BORDO

A era dos supersônicos vai voltar? American Airlines encomenda 20 jatos que poderão voar a mais de 2 mil km/h

O jato Overture é projetado para carregar entre 65 e 80 passageiros e deve ser lançado em 2025, com o transporte dos primeiros passageiros marcado para acontecer até 2029

Camille Lima
Camille Lima
17 de agosto de 2022
11:57 - atualizado às 11:58
American Airlines encomenda 20 jatos supersônicos Overture, da Boom Supersonic,
American Airlines encomenda 20 jatos supersônicos Overture, da Boom Supersonic, - Imagem: Divulgação

Não é de se espantar que as grandes bilheterias dos cinemas influenciem o mundo real. Quando o filme Top Gun foi lançado, a Marinha americana viu o número de alistamentos disparar 500% no ano seguinte. Agora com o sucesso da continuação, Top Gun: Maverick, um antigo sonho voltou a chamar atenção — e, segundo os planos da American Airlines, ele logo pode se tornar realidade: os jatos supersônicos.

Depois de demonstrar interesse décadas atrás pelas viagens ultrarrápidas, a companhia aérea fez um pedido de até 20 aeronaves supersônicas Overture da Boom Supersonic, com opção de adquirir mais 40 jatos adicionais. 

O valor do negócio não foi divulgado, mas a American afirmou que o depósito da encomenda das 20 naves iniciais não era reembolsável.

“Olhando para o futuro, as viagens supersônicas serão uma parte importante de nossa capacidade de atender nossos clientes. Estamos empolgados com a forma como a Boom moldará o futuro das viagens, tanto para nossa empresa quanto para nossos clientes”, disse Derek Kerr, diretor financeiro da companhia.

A empresa é a segunda grande companhia aérea dos Estados Unidos a retomar o sonho de viagens aéreas ultrarrápidas nos últimos dois anos.

No ano passado, a United Airlines também encomendou 15 aeronaves da Boom Supersonic por US$ 3 bilhões, com opção de mais 35 unidades.

Os jatos supersônicos da American Airlines

Segundo a American Airlines, o jato Overture é projetado para transportar de 65 a 80 passageiros, em uma velocidade maior que a do som, chamada de Mach 1.

O projeto da nave supersônica espera que ela viaje a Mach 1,7 — isto é,  em uma velocidade de aproximadamente 2,1 mil quilômetros por hora.

“Espera-se que o Overture transporte passageiros em uma velocidade duas vezes maior que a das aeronaves comerciais mais rápidas de hoje”, disse a empresa, em nota.

O Overture da Boom Supersonic está programado para ser lançado em 2025. Já o transporte dos primeiros passageiros da nave deve acontecer até 2029.

Vale destacar que a operação ainda está sujeita a certas condições estipuladas em contrato.

Uma das determinações é o cumprimento, por parte da Boom, dos requisitos de operação, desempenho e segurança padrão do setor.

Viagens ultrarrápidas pelo mundo

A aeronave da Boom Supersonic ainda deve ser capaz de realizar mais de 600 viagens pelo mundo inteiro em metade do tempo.

“Voar de Miami a Londres em pouco menos de cinco horas e de Los Angeles a Honolulu em três horas estão entre as muitas possibilidades”, afirmou a companhia.

A própria American Airlines acredita que o novo jato da Boom deve introduzir uma importante vantagem para a frota da companhia aérea, que é a “mais simples, jovem e eficiente entre as operadoras de rede dos Estados Unidos”.

“Acreditamos que a Overture pode ajudar a American a aprofundar sua vantagem competitiva em rede, fidelidade e preferência geral de companhias aéreas por meio dos benefícios de reduzir os tempos de viagem pela metade”, disse Blake Scholl, fundador e CEO da Boom.

Uma pausa nas viagens supersônicas

É importante lembrar que as viagens aéreas supersônicas comerciais estão relativamente paradas desde o começo dos anos 2000, quando o mercado se decepcionou com o Concorde.

Na década de 1960, agências americanas, inglesas, francesas e até mesmo soviéticas queriam desenvolver uma aeronave supersônica para transportar passageiros.

Cada um dos países estava trabalhando no próprio projeto de jato supersônico. Porém, os custos eram elevados, e a Inglaterra e França decidiram unir forças na década seguinte para criar, em conjunto, uma nave desse tipo.

Esse acordo deu início à fabricação do modelo europeu Concorde, que inicialmente contou com pedidos das principais companhias aéreas do mundo.

Isso incluiu encomendas da Air France, Pan Am e BOAC. Outras empresas como a Japan Airlines e a American Airlines também demonstraram interesse pelo projeto.

Um voo de Nova York para Londres, que normalmente duraria em média sete horas, levou apenas três horas e meia com o jato supersônico Concorde.

Porém, após acidentes e gigantescos custos de manutenção e preços do petróleo, além de uma enorme poluição sonora e ambiental, a aeronave faliu em 2003.

Agora, com o interesse cada vez maior de investidores ricos por jatos particulares mais rápidos, companhias aéreas estão retomando os planos das viagens supersônicas.

*Com informações de The Verge e The Washington Post

Compartilhe

Dinheiro no caixa

American Airlines compra 5,2% da Gol por US$ 200 milhões; empresas ampliam acordo de “codeshare”

15 de setembro de 2021 - 8:59

O dinheiro do acordo com a American Airlines deve ajudar a Gol a atravessar a pandemia. A empresa levantou um total de R$ 3,7 bilhões nos últimos seis meses

Explica direito isso aí...

Procon-SP cobra explicações de Gol, Azul, Latam e mais 7 aéreas sobre cancelamentos, remarcações e reembolsos na pandemia

6 de maio de 2021 - 15:15

As empresas têm até o dia 10 de maio para responderem questionamentos sobre sua política de comercialização de passagens no período

EFEITO CORONAVÍRUS

American Airlines anuncia corte de 19 mil empregos

25 de agosto de 2020 - 15:04

Os cortes são o sinal mais claro até agora do impacto do vírus sobre o setor, conforme a ajuda do governo perde fôlego.

Coronavírus

American Airlines suspende todos os voos para o Brasil

15 de março de 2020 - 12:58

Companhia aérea já tinha anunciado a suspensão dos voos que chegavam ao aeroporto de Guarulhos

Aviação

Gol deve ter parceria com American Airlines

12 de outubro de 2019 - 10:44

Na semana passada, a Delta anunciou a compra da 20% da Latam por US$ 1,9 bilhão. Com isso, a Latam teve de romper a parceria que tinha com a American e a Gol, com a Delta

Pedido firme

Embraer anuncia acordo de US$ 705 milhões com American Airlines

5 de novembro de 2018 - 10:35

Ao todo, companhia aérea americana já encomendou 104 aeronaves do modelo desde 2013

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar