Menu
2021-01-25T18:15:00-03:00
Estadão Conteúdo
Expectativas

Novo presidente da Eletrobras (ELET3) deve dar prioridade à privatização, diz Caio Megale

Após saída de Wilson Ferreira, analista afirma que ‘a privatização da Eletrobras tem sua importância pela sua situação atual e pelo seu grau de maturidade (para ser privatizada)’

25 de janeiro de 2021
18:04 - atualizado às 18:15
Sede da Eletrobras no Rio de Janeiro
Sede da Eletrobras no Rio de Janeiro - Imagem: Divulgação

O escolhido pelo governo de Jair Bolsonaro para substituir Wilson Ferreira Júnior no comando da Eletrobras (ELET3) deverá indicar, rapidamente, que a privatização da estatal segue como prioridade, afirma o economista-chefe da XP, Caio Megale, ex-integrante da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes.

"O programa de privatizações é um dos pilares importantes do programa de Paulo Guedes e de Bolsonaro quando foi eleito. A privatização da Eletrobras tem sua importância pela sua situação atual e pelo seu grau de maturidade (para ser privatizada)", comenta. Segundo ele, Ferreira Júnior é um símbolo desse processo e, por isso, o anúncio de sua saída, em 5 de março, causou preocupações no mercado.

Ferreira Júnior estava desde 2016 na Eletrobras e era o grande defensor de sua privatização. O executivo irá para a presidência da BR Distribuidora, maior rede de distribuição de combustíveis do País, privatizada há dois anos. A seguir, os principais trechos da entrevista:

Como foi entendido pelo mercado a saída de Wilson Ferreira Júnior da Eletrobras?

O programa de privatizações é um dos pilares importantes do programa de Paulo Guedes e de Bolsonaro quando foi eleito. A privatização da Eletrobras tem sua importância por sua situação atual e pelo seu grau de maturidade. A privatização é discutida desde o governo de Michel Temer. A Eletrobras é uma das líderes nesse processo. Das privatizações que devem vir, essa é a mais importante. Wilson é um executivo de mão cheia, fez um trabalho muito bom e é um símbolo desse processo. O governo precisa indicar um novo CEO que sinalize que a privatização da Eletrobras segue como uma prioridade.

Como fica a posição do ministro Paulo Guedes com a saída de Wilson Ferreira Júnior?

O ministro, em suas manifestações públicas, tem reforçado os pilares do seu programa, e esse tema de privatizações é importante. Recentemente, ele tem falado menos, por conta do processo eleitoral na Câmara, mas no geral, quando ele se pronuncia, se mostra confiante no processo.

Por que, neste momento, o assunto privatizações ganhou tanta importância para o mercado?

A pandemia evidenciou a necessidade de o governo estar presente em setores muito importantes, como saúde. E também aumentou muito o endividamento, trazendo a necessidade de rebalanço patrimonial.

Qual será a leitura do mercado se o governo estender o auxílio emergencial?

Se eventualmente for algo necessário, o governo precisa sinalizar um compromisso de longo prazo de ajuste, como um gatilho do teto, a PEC Emergencial, uma contrapartida para garantir a sustentabilidade das contas públicas. O Brasil gastou mais do que outros países na pandemia e, ao contrário de muitos, está com uma relação dívida/PIB muito elevada. O Brasil entrou na pandemia com um nível de dívida relativamente alto e agora está mais alto ainda. É importante um critério rigoroso de sinalizações de longo prazo a cada medida que for tomada.


Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

O melhor do seu dinheiro

A semana que vem, enfim, chegou

Depois de uma série de adiamentos, a PEC Emergencial enfim foi aprovada em dois turnos pelo Senado. A medida permitirá o retorno do auxílio emergencial, que ficará limitado ao teto de R$ 44 bilhões, que quase foi derrubado, mas acabou ficando. O texto segue agora para a Câmara dos Deputados. O avanço foi comemorado pelo […]

FECHAMENTO

Aprovação da PEC emergencial garante recuperação do Ibovespa enquanto NY amarga perdas

A fala de Powell fez o Ibovespa reduzir os ganhos, mas ainda assim o principal índice da bolsa avançou 1,35%; dólar teve queda de 0,11%, a R$ 5,6582

Petróleo

Evitar volatilidade nos preços serve a consumidores e produtores, afirma ministro árabe na Opep+

Quanto aos elementos que vêm sendo observados na demanda para as decisões do grupo, o saudita apontou o retorno da mobilidade como uma prioridade.

Retirada histórica

Saques líquidos da poupança somam R$ 5,832 bi em fevereiro, revela BC

Este é o maior volume de retiradas para meses de fevereiro desde 2016, quando as saídas somaram R$ 6,638 bilhões.

Justificativa?

Carga tributária é ‘enorme e escorchante’ e Guedes busca solução, diz Bolsonaro

Bolsonaro disse também que “herdou um país com uma dívida enorme”.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies