Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-12T09:30:58-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
o dragão acordou

IPCA fecha 2020 acima do esperado e no maior patamar desde 2016

Índice oficial de inflação encerra ano com alta de 4,52%, com avanço de 1,35% em dezembro, maior variação mensal desde fevereiro de 2003

12 de janeiro de 2021
9:30
inflação-real
Notas de real - Imagem: Ufuk Zivana/Shutterstock

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o indicador oficial de inflação do Brasil, fechou 2020 com a maior taxa acumulada desde 2016, alcançando 4,52%, acima dos 4,31% registrados em 2019, segundo dados divulgados nesta terça-feira (12) pelo IBGE.

O resultado também superou a mediana das estimativas dos economistas consultados pelo Banco Central (BC), de 4,37%, e ficou acima do centro da meta para 2020, de 4,0%, mas dentro do intervalo de tolerância.

A leitura também ficou acima do registrado no IPCA-15, a prévia da inflação, que apontava para uma alta de 4,23% em 2020.

Em dezembro, o IPCA subiu 1,35%, resultado 0,46 ponto percentual (p.p.) superior à leitura de novembro. Esta foi a maior variação mensal desde fevereiro de 2003 (1,57%) e o maior índice para um mês de dezembro desde 2002 (2,10%). Em dezembro de 2019, a variação havia sido de 1,15%.

Destaques do ano

Segundo o IBGE, o grupo Alimentação e bebidas foi o principal responsável pelo IPCA acumulado de 2020. Ele apresentou a maior alta (14,09%) e o maior impacto (2,73 p. p.) sobre o índice, encerrando 2020 com a maior variação acumulada no ano desde dezembro de 2002 (19,47%).

Os maiores avanços mensais do grupo foram registrados em março (1,13%) e abril (1,79%), logo após o início das medidas de isolamento social adotadas em função da pandemia de covid-19, e de setembro a dezembro, com variações superiores a 1,70% nos quatro últimos meses do ano, com a retomada da economia.

A seguir, de acordo com o IBGE, vieram Habitação, com alta de 5,25% e contribuição de 0,82 p. p., e Artigos de residência, com 6,00% de alta e 0,23 p. p. de impacto no ano passado.

“Em conjunto, os três grupos responderam por quase 84% do IPCA de 2020”, diz trecho do comunicado.

O único grupo a apresentar variação negativa em 2020 foi Vestuário (-1,13%), cujo impacto foi de -0,05 p. p.

Em dezembro

No mês passado, todos os grupos pesquisados tiveram alta de preços, de acordo com o IBGE. O destaque ficou por conta de Habitação, que apresentou o maior impacto (0,45 p. p.) e a maior variação (2,88%) no IPCA de dezembro.

A segunda maior contribuição (0,36 p. p.) veio de Alimentação e bebidas, com alta de 1,74%. Na sequência, vieram os Transportes (0,27 p. p.), com variação de 1,36%. Juntos, os três grupos mencionados representaram 80% do impacto total de dezembro.

Os demais grupos ficaram entre o 0,39% de Comunicação e o 1,76% de Artigos de residência.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa fecha semana no azul, Nubank valendo bilhões a menos e primeiro ETF cripto dos EUA: veja as principais notícias desta sexta

Em uma limousine brilhante, o Ibovespa chegou atrasado para a festa das bolsas globais — mas chegou.  Os balanços das empresas europeias e americanas abriram as portas do salão de baile: com o bom resultado das companhias, dados mistos da economia e um desenho mais nítido da retirada de estímulos monetários, Wall Street brilhou.  O […]

CRIPTOMOEDAS

Quais as dificuldades na regulamentação do Bitcoin e demais criptomoedas?

Analista de criptomoedas, Valter Rebêlo, comenta sobre o processo de regulamentação das criptomoedas ao redor do mundo

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa tira uma lasquinha da festa das bolsas globais e sobe mais de 1% na semana; dólar recua após atuações do BC

Com uma bolsa descontada após as turbulências recentes, o Ibovespa tinha tudo para chegar cedo nessa festa, mas foi preciso que o Banco Central assumisse a condução para que a B3 tivesse uma chance.

ALGUNS BILHÕES A MENOS

Nubank prepara IPO com listagem na Nasdaq e na B3 até o fim deste ano, mas deve baixar a pedida no valuation

Meses atrás, a startup buscava ir a mercado avaliada em cerca de US$ 100 bilhões; veja o novo valor de mercado segundo o Broadcast

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies