Menu
2021-01-11T09:09:04-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
relatório focus

Mercado realiza leves ajustes em projeções para inflação e PIB

Relatório Focus aponta ainda melhora em mediana das estimativas para dívida líquida pela sétima vez seguida

11 de janeiro de 2021
9:09
pib 2020
Imagem: Shutterstock

Os economistas do mercado financeiro fizeram um leve ajuste para baixo na projeção para a inflação e o PIB no acumulado de 2020. Já para 2021, as mudanças foram positivas.

Conforme o Relatório Focus, pesquisa conduzida pelo Banco Central, a mediana das estimativas aponta que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechará 2020 em 4,37%, abaixo dos 4,38% divulgados anteriormente. Esta foi a segunda vez consecutiva que a projeção foi diminuída.

Para 2021, a expectativa para o índice oficial de inflação do País subiu de 3,32% para 3,34%.

No caso do PIB, a mediana das projeções dos economistas aponta que a economia contraiu 4,37% no ano passado. No relatório anterior, a projeção era de queda de 4,36%.

Já a expectativa para este ano é de um crescimento de 3,41% da economia brasileira, um pouco acima dos 3,40% divulgado no Relatório Focus anterior.

Dívida líquida

Pela sétima edição consecutiva do Relatório Focus, os economistas melhoraram a projeção para a dívida líquida do País, e pela nona seguida o resultado em 2021.

A expectativa agora é de que ela alcance 63,75% do PIB em 2020, abaixo dos 64,60% estimados na semana passada. Para 2021, a perspectiva é de que ela alcance 64,95% do PIB, menos que os 66,30% divulgados no boletim passado.

A expectativa para o déficit primário permanece sendo de 10,6% do PIB em 2020 e 3% em 2021, enquanto a projeção para o resultado nominal em 2020 foi ligeiramente melhorada, de déficit de 15% para 14,95% do PIB. A estimativa para 2021 permanece sendo de saldo negativo de 7%.

O resultado primário reflete o saldo entre receitas e despesas do governo, antes do pagamento dos juros da dívida pública. Já o resultado nominal reflete o saldo já após as despesas com juros.

Balança comercial

Os economistas reduziram levemente a projeção para a balança comercial em 2021, de superávit de US$ 55,1 bilhões para US$ 55 bilhões.

Na semana passada, o Ministério da Economia anunciou que a balança comercial do Brasil fechou 2020 com superávit de US$ 50,9 bilhões, terceiro maior saldo desde 1989, ano de início da série histórica.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

decisão judicial

Justiça ordena religação de internet do governo do RJ; Oi alega inadimplência

Empresa acusa o governo do Estado de ter uma dívida com a empresa desde 2017 – hoje ela está em R$ 300 milhões

promessa de ipo

Locaweb compra ConnectPlug por R$ 18 milhões e avança em segmento de alimentação

Empresa comprada começou em food services mas hoje também atende outros segmentos, com foco em pequenas e médias empresas

seu dinheiro na sua noite

Mais fácil falar que fazer

Hoje foi um daqueles dias em que as falas dos detentores do poder no cenário doméstico até repercutiram no mercado, mas foram sobrepostas pelos fatos e pelo que aconteceu no exterior. O mercado local começou o dia animado com as apresentações do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes, no badalado evento […]

perspectivas

Para Verde e SPX, auxílio emergencial por mais três meses não é preocupante

Luis Stuhlberger e Rogério Xavier dizem que a medida pode ser necessária, caso a vacinação demore demais; ambos veem 2021 positivo para os mercados

FECHAMENTO

Aceno liberal do governo não convence e bolsa fecha o dia no vermelho; na contramão, dólar cai mais de 3%

Em evento do Credit Suisse, Bolsonaro e Guedes reafirmaram o compromisso com o andamento das reformas e das privatizações, mas o mercado espera ações mais concretas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies