Menu
2021-04-29T15:50:21-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MERCADOS HOJE

Ibovespa realiza lucros após ganhos da véspera, na contramão de NY; dólar sobe

Dados da economia americana e repercussão dos discursos de Biden e Powell se sobrepõem ao noticiário local

29 de abril de 2021
10:40 - atualizado às 15:50
Selo Mercados Touro e Urso Baixa
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O dia começa com uma verdadeira bateria de números. Nos Estados Unidos, dados importantes para medir a atividade econômica foram divulgados logo cedo e uma sequência de balanços corporativos prometem movimentar o Ibovespa e Wall Street ao longo do dia. O noticiário local, que não traz grandes novidades, fica em segundo plano.

O índice brasileiro começou o dia seguindo a inclinação positiva dos índices em Nova York, mas agora vai na contramão das bolsas americanas. Por volta das 15h30, o Ibovespa recuava 0,60%, a 120.353 pontos. O dólar à vista tem leve alta de 0,04%, a R$ 5,3637.

Em Nova York, os números positivos da economia americana levaram as bolsas às máximas intraday. Elas chegaram a recuar no começo da tarde, mas se firmaram em alta nesta etapa final do pregão. Por aqui, as ações dos grandes bancos recuam em movimento de realização de lucros, após a forte valorização na sessão anterior.

O Produto Interno Bruto (PIB) americano cresceu 6,4% no primeiro trimestre, ligeiramente abaixo do esperado pelos analistas. Já os pedidos de auxílio-desemprego continuam cedendo - foram 553 mil na semana passada. Na terra do Tio Sam, os investidores também reagem de maneira positiva ao discurso de Joe Biden. O presidente americano confirmou novos estímulos para famílias e fez um pronunciamento pró-mercado, apesar do foco ser nas famílias menos abastadas. 

Nos embalos de Wall Street

Com PIB, inflação e a repercussão do discurso do presidente americano, Nova York terá um dia cheio pela frente, ditando o ritmo do resto do mercado. Além disso, os investidores devem seguir digerindo a decisão de política monetária do Federal Reserve, anunciada ontem. O Fed manteve os juros no patamar de 0% a 0,25% e reforçou que as coisas devem seguir assim por um bom tempo. 

Com a chegada do novo pacote e a manutenção da taxa de juros lá embaixo pelo Federal Reserve, os investidores temem uma disparada da inflação, por isso, o número é acompanhado de perto por todos. 

Os principais índices asiáticos fecharam em alta na manhã desta quinta-feira, tendência seguida pelas bolsas europeias.

Em segundo plano

Está para ser votado hoje no Supremo Tribunal Federal (STF) uma medida editada em 2017 que retira o ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins. Se a Corte mantiver o mesmo entendimento de quatro anos atrás, as empresas que pagaram impostos com o ICMS incluso no cálculo do tributo federal poderão pedir uma devolução em créditos tributários.

Isso pode ser positivo para as empresas de capital aberto, mas um problema para a arrecadação do governo federal, que espera que a medida não seja usada de forma retroativa para anos anteriores. Com isso, o valor estimado a ser pago pela União seria de até R$ 229 bilhões, de acordo com o jornal Folha de São Paulo. A pauta não deve ser encerrada hoje, mas fica no radar dos investidores. 

Sobe e desce

A maior alta do Ibovespa fica com as ações da B2W, após a notícia de que a companhia pretende unir as operações com as Lojas Americanas e realizar uma listagem nos Estados Unidos. 

Confira os principais destaques de hoje:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
BTOW3B2W ONR$ 67,786,82%
PCAR3GPA ONR$ 39,605,38%
YDUQ3Yduqs ONR$ 30,302,96%
SBSP3Sabesp ONR$ 42,162,80%
MRFG3Marfrig ONR$ 19,582,78%

Enquanto a B2W sobe, as Lojas Americanas figuram na parte de baixo da tabela. Confira também as maiores quedas:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
LAME4Lojas Americanas PNR$ 21,03-7,07%
MULT3Multiplan ONR$ 22,90-4,38%
EMBR3Embraer ONR$ 15,16-3,93%
SANB11Santander Brasil unitsR$ 9,21-3,42%
CSNA3CSN ONR$ 49,63-3,39%

*Colaboração Renan Sousa

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

queda na produção

Zona do euro entra em 2ª recessão técnica em um ano

Ambas as variações confirmaram estimativas preliminares do fim de abril e vieram em linha com as expectativas de analistas consultados pelo The Wall Street Journal

reduzindo participação

Participação da Petrobras em investimentos no PIB caiu para 3,8% em 2020, mostra levantamento

Em 2014, a participação na FBCF da estatal era de 7,6%, passando para 3,8% em 2020, segundo levantamento do economista Cloviomar Caranine

Operação confirmada

CSN protocola pedido de registro de IPO do seu braço de cimentos

A oferta inicial da CSN Cimentos havia sido aprovada pelo conselho de administração no final de abril. Intervalo de preço por ação ainda será definido

MAIS PERTO DO CÉU

Ibovespa segue flertando com topo histórico, mas manter ‘otimismo cauteloso’ nunca é demais

Em dia de agenda fraca e exterior positivo, CPI da pandemia é o principal risco de água no chopp da B3

Insights Assimétricos

Como era verde o meu Vale: ainda vale a pena ter ações da mineradora após a disparada recente?

Vivemos um “novo ciclo das commodities”, com minério de ferro e carvão batendo sucessivas máximas. E a Vale ainda pode se beneficiar deste momento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies