Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-20T09:24:14-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Esquenta dos Mercados

Sem maiores indicadores econômicos pela frente, bolsa brasileira deve manter variante delta no radar

A briga pelo fundo eleitoral inicia um novo capítulo da queda de popularidade do presidente da República, Jair Bolsonaro

20 de julho de 2021
8:04 - atualizado às 9:24
Segunda onda coronavírus
Imagem: Shutterstock

A imunização contra a covid-19 está avançando em todo o mundo. De acordo com o Our World Data, pouco mais de 26% da população mundial já recebeu ao menos uma dose de alguma vacina contra o coronavírus. 

Apesar de os dados serem animadores, as distorções entre os países geram “buracos” na barreira imunológica por todo o mundo, o que abre espaço para o avanço de novas variantes.

E o medo da variante Delta do coronavírus está colocando os mercados em estado de alerta nos últimos dias. Mesmo com o aumento da imunização, com quase 30 milhões de doses aplicadas todos os dias no mundo, o número de casos não para de subir, o que levanta a possibilidade sobre novos lockdowns.

Na ausência de maiores indicadores nesta terça-feira (20), os investidores devem se apegar ao balanço de grandes empresas, como Netflix e American Airlines. Os temores envolvendo a inflação dos Estados Unidos também estão colocando os índices de Wall Street sob alto estresse e pressionando as bolsas no resto do mundo. 

Nesse cenário, o pregão de ontem (19) foi marcado por uma perda dos 125 mil pontos para o Ibovespa, fechando em queda de 1,24%, a 124.394 pontos. O dólar, por sua vez, inverteu o sinal e avançou 2,64%, a R$ 5,2506.

O panorama doméstico também não conta com maiores indicadores econômicos, mas a crise política pesa nos mercados. A briga pelo Orçamento para 2022, em especial sobre o fundo eleitoral, deve colocar ainda mais lenha na fogueira que cozinha a popularidade do presidente Jair Bolsonaro. E dando início à temporada de balanços no Brasil, a Neoenergia deve divulgar seu balanço ainda hoje, após o fechamento

Confira o que mais deve movimentar os mercados hoje:

Jair Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou ontem (19) o novo formato do Bolsa Família, que deve contar com parcelas de até R$ 300. Atualmente, o programa concede, em média, R$ 192 de benefício.

Bolsonaro já havia comentado sobre o aumento do valor, o que gerou certo mal estar com a equipe econômica. Se, por um lado, o presidente procura aumentar sua popularidade, que vem caindo ao longo dos meses, por outro, a equipe econômica quer manter o discurso de ajuste das contas públicas. 

Além disso, o presidente deve vetar o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões para a campanha de 2022. Os parlamentares aprovaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) antes do recesso, o que gerou críticas da opinião pública.

Inflação americana

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos subiu 0,9% em junho ante maio, segundo dados com ajustes sazonais publicados pelo Departamento do Trabalho.

O resultado veio bem acima da mediana das previsões de analistas consultados pelo Projeções Broadcast, de alta de 0,5%, o que tem desagradado e preocupado os investidores. Com isso, os títulos do Tesouro norte-americano, os chamados Treasuries, de 20 e 30 anos oscilaram positivamente na manhã de hoje, subindo 0,19% e 0,23% respectivamente.

Em momentos de crise, os investidores migram para ativos mais seguros, como os Treasuries, retirando recursos das bolsas, o que derruba os índices.

O Banco Central americano já disse que está de olho na alta dos preços, mas voltou a afirmar que o momento inflacionário é temporário. O presidente da instituição, Jerome Powell, admitiu que os Estados Unidos passam por um “desafio” e que a inflação está “mais alta do que o esperado”. 

Bolsas pelo mundo

O medo da variante delta do coronavírus fechar novamente as atividades está tomando os mercados e pressionando os índices internacionais. Nesse cenário, as bolsas da Ásia fecharam majoritariamente em queda, seguindo a mesma direção do fim do pregão em Nova York.

Da mesma maneira, os índices da Europa seguem com uma tentativa de recuperação, apesar da variante delta levantar temores sobre a retomada econômica. Apesar da vacinação avançada na região, o mundo carece de maiores dados sobre a eficácia da imunização contra essa e novas variantes. 

Por fim, os futuros de Nova York tentam se recuperar do tombo do dia anterior e operam com leves ganhos.

Além do avanço da pandemia, os investidores somam os temores inflacionários à cesta que pesa do lado negativo da balança. A temporada de balanços também deve movimentar os negócios em Wall Street. 

Agenda do dia

  • Estados Unidos: Departamento de comércio divulga dados sobre construções de novas moradias e permissão de novas obras em junho (9h30)
  • Estados Unidos: Estoques de petróleo (17h30)

Balanços

  • Estados Unidos: Balanço da Netflix (17h)
  • Brasil: Balanço da Neoenergia (após o fechamento)
  • Estados Unidos: Balanço da United Airlines (após o fechamento)
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Questionário do bc

Banco Central publica questionário que servirá de base para próxima reunião do Copom

O BC também avisou que republicou o “Ranking de Reclamações de Bancos e Financeiras” referente ao segundo trimestre de 2021

Expandindo a carteira digital

De olho no open banking, PicPay compra Guiabolso e expande ainda mais a carteira

O PicPay comprou o Guiabolso e, com isso, tornou-se player relevante nas discussões de open banking, além de dar continuidade à expansão

Acordo fechado

Samarco e advogados entram em acordo para reduzir honorários em mais de 80%

Até então, uma decisão na justiça tornava a administração judicial do processo a mais cara da história

Cripto-Unicórnio

Plataforma de negociação de NFT é primeiro unicórnio do mundo cripto com US$ 1,5 bi em valor de mercado

Em meio ao crash do mercado, a negociação de NFTs esfriou significativamente, mas voltaram a subir nos últimos meses

Sondagem Industrial

Pandemia ainda afeta oferta e custo de matérias-primas, afirma CNI

O problema é mencionado por 68,3% das indústrias pesquisadas. Em seguida, a elevada carga tributária (34,9%) e a taxa de câmbio (23,2%)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies