Menu
2020-04-24T14:01:34-03:00
Estadão Conteúdo
CRISE POLÍTICA

‘É o começo do fim do mandato de Bolsonaro’, diz líder da bancada da bala

Augusto vai se reunir com a bancada, com 257 parlamentares, para definir quais providências serão tomadas pela frente. Para ele, as denúncias de Moro são “gravíssimas”.

24 de abril de 2020
13:56 - atualizado às 14:01
Jair Bolsonaro
Imagem: Carolina Antunes/PR

O presidente da Frente Parlamentar da Segurança Pública na Câmara, deputado Capitão Augusto (PL-SP), disse ter sido surpreendido com as denuncias feitas por Sergio Moro, ao ex-juiz anunciar sua saída do Ministério da Justiça e Segurança Pública, na manhã desta sexta-feira.

"Você vê que tudo o que foi pregado e trabalhado durante as eleições foi em vão e, agora, Bolsonaro se prestar a isso é algo decepcionante. Ele vai ter sérios problemas dentro do Congresso. É o começo do fim do mandato dele, infelizmente", disse Augusto. Para ele, deputados da bancada que fazem parte da base de Bolsonaro devem desembarcar do governo juntamente com Moro.

"É um luto total. A morte da esperança. Nem na época do PT tínhamos isso aí, não achava que as coisas eram tão mais graves ainda. Estou com o sentimento do dia 1º de maio de 1994, morte do Ayrton Senna", comentou.

Augusto vai se reunir com a bancada, com 257 parlamentares, para definir quais providências serão tomadas pela frente. Para ele, as denúncias de Moro são "gravíssimas". Uma das possibilidades seria um pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito, por exemplo, para apurar interferências políticas no funcionamento da Polícia Federal.

Ao anunciar a saída do cargo, Moro acusou o presidente Jair Bolsonaro de tentar interferir politicamente no comando da Polícia Federal para obter acesso a informações sigilosas e relatórios de inteligência. "O presidente me quer fora do cargo", disse Moro, ao deixar claro que a saída foi motivada por decisão de Bolsonaro.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Melhorias no ar

Azul divulga projeções e aposta em recuperação total no início de 2022

A companhia aérea foi a única das Américas a aumentar seu caixa em 2020 e aposta em um Ebitda de cerca de R$ 4 bilhões no próximo ano

Podcast Tela Azul

CASH3: Conheça a Méliuz, sua estratégia de cashback e saiba por que esta ação tech está bombando

Em entrevista para o Podcast Tela Azul da Empiricus, Lucas Marques, COO da Méliuz, conta sobre a onda da estratégia de cashback e como ela funciona. É falado também do atual foco da companhia em Growth, e dos planos futuros. Entenda o que é o “jabutiCAC”, jargão que surgiu nesta edição.

Desceu redondo

Na Ambev, a venda de cerveja garantiu o happy hour no primeiro trimestre

A Ambev reportou forte crescimento na receita líquida e no lucro no primeiro trimestre, impulsionada pelas vendas de cerveja no Brasil

cardápio dos balanços

Balanços de Copel, Braskem, Azul e outros mexem com o mercado nesta quinta; veja os destaques

Só no Ibovespa, foram ao menos cinco companhias que revelaram os resultados do primeiro trimestre entre esta quarta e quinta; desempenho mexe com os papéis das companhias

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies