Menu
2020-08-29T11:10:53-03:00
Estadão Conteúdo
Deu no New York Times

Investigação sobre esquema de ‘rachadinhas’ ameaça Bolsonaro

Jornal norte-americano adverte para potenciais consequências políticas das relações entre a família Bolsonaro e Fabrício Queiroz

29 de agosto de 2020
11:10
Flavio Bolsonaro e Fabrício Queiroz
Flavio Bolsonaro e Fabrício Queiroz - Imagem: Divulgação

O jornal americano The New York Times publicou ontem, 28, uma reportagem que explica como o suposto esquema de rachadinhas praticado no gabinete do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) quando ele ainda era deputado estadual no Rio de Janeiro constitui uma ameaça ao presidente Jair Bolsonaro.

A reportagem destaca os R$ 89 mil reais depositados por Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio e amigo de longa data do presidente, na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e traz no título a expressão "uma empresa familiar", para caracterizar a família Bolsonaro como beneficiária do suposto desvio de dinheiro público.

"O caso envolvendo o ex-assessor e confidente da família abalou os nervos de Bolsonaro ao colocar sua esposa e seu filho mais velho no centro de uma investigação de corrupção que se transformou em um de seus maiores constrangimentos", diz o texto, em referência ao presidente brasileiro ter confessado sua vontade de agredir aos socos um repórter que perguntou sobre os depósitos para a primeira-dama.

O jornal afirmou que as investigações que envolvem Queiroz e a família Bolsonaro são um desafio à independência do Judiciário brasileiro.

A matéria diz também que o governo tem trabalhado para enfraquecer as investigações ao dificultar o acesso dos investigadores aos registros bancários e que o próprio presidente tentou interferir na Polícia Federal para tentar se proteger, repercutindo as denúncias feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

ministro da economia

Guedes diz que precatório não será usado no Renda Cidadã

Na segunda-feira, Guedes participou de uma coletiva ao lado do presidente Jair Bolsonaro e de líderes do governo, quando foi anunciado que o programa utilizaria as receitas de precatórios em 2021

balanço do mês

BC tem perda de R$ 5,7 bi com swap cambial em setembro

Resultado líquido das reservas, que é a rentabilidade menos o custo de captação, ficou positivo em R$ 21,399 bilhões em setembro até o dia 25

dou-lhe três, vendido

Com proposta de R$ 2 bilhões, BRK Ambiental vence leilão de saneamento na B3

Ágio superou 13.000%; empresa vai administrar serviços de abastecimento e esgoto em Maceió e outras 12 cidades

retomatada

Criação de empregos em agosto atinge melhor nível em nove anos

Segundo dados divulgados pelo Caged, 249.388 postos de trabalho com carteira assinada foram abertos no último mês

para substituir celso de mello

Indicação ao STF: Nome de Bolsonaro, Kassio Marques é discreto e bem avaliado

O desembargador, que tem 48 anos, se nomeado, poderá ficar na Corte até 2047

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements