Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-12T07:30:10-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
transformação digital

Via Varejo reverte prejuízo e tem lucro líquido de R$ 590 milhões no 3º trimestre

Vendas bateram recorde e e-commerce foi destaque no trimestre; mercado esperava que a companhia tivesse prejuízo mais uma vez

12 de novembro de 2020
7:23 - atualizado às 7:30
Fachada da Casas Bahia, marca da Via (VVAR3)
Imagem: Divulgação / Casas Bahia / Facebook

Dona das redes Casas Bahia e Ponto Frio, a Via Varejo surpreendeu e registrou lucro líquido de R$ 590 milhões no terceiro trimestre, revertendo o prejuízo de R$ 346 milhões visto no mesmo período do ano passado.

A mediana das estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg era de prejuízo de R$ 167 milhões.

O lucro líquido não recorrente ficou em R$ 490 milhões, enquanto o operacional foi de R$ 100 milhões, ante prejuízo de R$ 138 milhões e R$ 208 milhões no terceiro trimestre de 2019, respectivamente.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) foi de R$ 1,120 bilhão, ante uma cifra negativa em R$ 97 bilhões um ano antes. No critério ajustado, o Ebitda foi positivo em R$ 1,196 bilhão, ante R$ 220 milhões no terceiro tri de 2019.

A margem Ebitda, que um ano antes era de -1,7%, está em 14,3%. Considerando o Ebitda ajustado, subiu de 3,9% para 15,3% na mesma base de comparação.

A receita líquida fechou o trimestre em R$ 7,8 bilhões, avanço de 37% ante o terceiro trimestre de 2019. A companhia terminou o trimestre com uma posição de caixa de R$ 7,9 bilhões e caixa líquido de R$ 3,4 bilhões.

Recorde de vendas, com destaque para o on-line

A Via Varejo bateu recorde de vendas no terceiro trimestre, totalizando R$ 10 bilhões em vendas brutas de mercadorias (GMV, na sigla em inglês), crescimento de 43,4% ante o mesmo período no ano passado.

O e-commerce respondeu por 41% das vendas. No terceiro trimestre de 2019, essa participação não chegava nem a 20%. As vendas no on-line totalizaram R$ 4,1 bilhões, 218,7% a mais que no terceiro trimestre de 2019.

A margem bruta saltou 5,6 pontos percentuais na comparação anual, passando de 29,6% para 35,4%.

A mensagem da administração destaca o movimento de transformação digital da companhia, e também as aquisições recentes, como a da participação no 'hub' de inovação Distrito, que dará à Via Varejo acesso à centenas de startups.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

efeito pandemia

Sem peças importadas, indústria busca produção local, mas esbarra em custo

Escassez de produtos como máscaras e respiradores, que marcou o início da pandemia, depois se estendeu a semicondutores, insumos e autopeças e se agravou com o aumento dos preços

é possível, sim

O segredo para ser feliz no trabalho, segundo esta especialista

Beverly Jones, autora do “Find Your Happy at Work”, arriscou algumas respostas em entrevista recente e falou sobre desconforto, networking e tédio; veja abaixo

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies