Menu
2020-10-21T08:55:22-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
aperte o play

Netflix: 5 números que você precisa conhecer do resultado do terceiro trimestre

Spoiler: os investidores não gostaram do que viram…

20 de outubro de 2020
20:50 - atualizado às 8:55
Stranger Things, série da Netflix
Stranger Things, série da Netflix - Imagem: Reprodução/Netflix

Você já passou pela experiência de maratonar uma série e acabar se decepcionando com o capítulo final?

Se a resposta foi sim, você já sentiu um pouquinho da sensação de 'banho de água fria' que os investidores experimentaram ao analisar os números do terceiro trimestre da Netflix.

Foi-se o tempo em que a companhia pioneira em serviços de streaming reinava absoluta entre as preferências dos consumidores. A Netflix segue como a número um do mercado, mas encontra uma concorrência cada vez maior com grandes estúdios de Hollywood e canais por assinatura lançando os seus próprios serviços.

As opções no mercado são tantas que é quase certo que você que está lendo esta matéria assine pelo menos mais de um serviço semelhante. Com um mercado cada vez mais saturado, é difícil manter o ritmo de crescimento.

Ainda que os analistas já estivessem cientes do mercado que se desenha, os números apresentados pela companhia não agradou. Quer saber o que azedou tanto o humor dos investidores? Confira 5 dos principais números.

1) Queda brusca de novos assinantes

O efeito covid-19 parece ter chegado ao fim. Depois de dois trimestres acima da marca dos 10 milhões de novos usuários, impulsionado pelas medidas de isolamento social em todo o mundo, a Netflix registrou uma queda brusca nesta linha do balanço.

No terceiro trimestre, a companhia adicionou apenas 2,2 milhões de assinantes à sua base, enquanto a expectativa era de pelo menos 2,5 milhões. No mesmo período do ano passado, a companhia registrou 6,8 milhões de assinantes.

O número pode até não ter agradado o mercado, mas já era esperado pela companhia. Em julho, na divulgação dos resultados do 2º trimestre, a companhia já havia alertado que esperava uma redução no ritmo de crescimento da sua base de assinantes. Na ocasião, os investidores também reagiram negativamente.

2) Lucro abaixo do esperado

A companhia divulgou um lucro líquido de US$ 790 milhões no trimestre - o equivalente a US$ 1,74 por ação. No entanto, o número também veio abaixo do esperado pelos analistas.

Segundo especialistas ouvidos pelo Factset, a previsão era de um lucro líquido de US$ 6,39 bilhões - ou US$ 2,13 por ação.

3) Projeções menos otimistas.

As expectativas da Netflix para o quarto trimestre de 2020 também não agradaram os investidores.

Para os últimos três meses do ano, a companhia espera registrar 6 milhões de novos assinantes. A projeção dos analistas era de 6,56 milhões.

4) Ainda em vantagem

Embora os números não tenham agradado tanto, a companhia ainda se destaca quando o assunto é o cronograma de lançamento de produções originais nos próximos meses - o que a coloca em vantagem competitiva frente aos rivais.

Enquanto a covid-19 paralisou as produções no mundo todo, a Netflix não teve as suas principais atrações afetadas pelas medidas de isolamento social. Segundo o relatório divulgano na noite desta terça-feira, a plataforma finalizou mais de 50 produções desde que os primeiros impactos do coronavírus começaram a ser sentidos.

Além de produções originais em diversas partes do globo, a empresa também planeja retomar em breve as produções de grandes hits como a quarta temporada de Stranger Things, a segunda temporada de The Witcher e o filme Red Notice, que conta com grandes estrelas de Hollywood - como Dwayne Johnson, Gal Gadot e Ryan Reynolds.

A previsão é que até o fim do ano outras 150 produções sejam concluídas.

"Para 2021, nós continuamos esperando o crescimento do número de originais Netflix lançados em todos os trimestres e estamos confiantes que teremos uma grande variedade de programação para nossos assinantes".

O ritmo menor de produção teve um impacto positivo no caixa da companhia. Nos últimos três meses, a companhia registrou um fluxo de caixa livre de US$ 1,1 bilhão, contra o déficit de US$ 550 milhões registrados no mesmo período do ano passado. O número superou as expectativas da companhia, que esperava um fluxo de US$ 241 milhões.

A previsão da empresa é terminar o ano no azul, a aproximadamente US$ 2 bilhões.

5) No vermelho

Com o banho de água fria, os papéis da companhia não demoraram em reagir aos números.

Logo após a divulgação do balanço a companhia viu suas ações despencarem mais de 5% no after hours em Nova York.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

volta da atividade

Para Guedes, Brasil pode terminar ano com perda zero de emprego com carteira

Ministro não deu projeções para os próximos meses para explicar a estimativa de saldo zero. Historicamente, dezembro registra fechamento de vagas

retomada

Azul volta a operar no Galeão em janeiro e lança três voos no Rio

Somadas, as operações nos três aeroportos fluminenses resultarão em uma oferta semanal de 32 voos

Revolucionário

Elon Musk afirma que seu caminhão Tesla pode andar 1.000 km por carga

Na conferência, Musk afirmou: “Achamos que isso será extremamente competitivo e atraente para as empresas de transporte rodoviário”.

polêmica

Vacina da AstraZeneca e da Universidade de Oxford contra covid-19 sofre críticas

Cientistas questionam métodos da pesquisa após empresa admitir que meia dose foi erro de fabricação

Crise no mundo encantado

Disney anuncia 32 mil cortes de empregos, principalmente em parques temáticos

A pandemia forçou os parques temáticos da Disney a permanecer fechados ou operar com capacidade reduzida durante boa parte deste ano, e as operações de seus navios de cruzeiro estão suspensas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies