Menu
2020-05-26T18:30:44-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
em teleconferência

Digital é única forma de conciliar economia e saúde, diz CEO do Magazine Luiza

Operações de e-commerce da empresa cresceram 72,6%; em teleconferência, Trajano disse que ainda não está otimista com a reabertura econômica, mas que a empresa tem caixa para dois anos de crise

26 de maio de 2020
13:00 - atualizado às 18:30
Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza
Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza - Imagem: Divulgação / Credit Suisse

O presidente do Magazine Luiza, Frederico Trajano, disse nesta terça-feira (26) que o investimento em plataformas digitais é a única forma de conciliar o avanço da economia e a preservação da saúde da população.

As operações de e-commerce da empresa cresceram 72,6% nos três primeiros meses deste ano, em relação ao primeiro trimestre de 2019. Em abril e maio, o avanço foi de 138%, segundo balanço divulgado ontem. Nesta terça, as ações da varejista fecharam em alta de 6,75%.

Segundo Trajano, todos os países que tinham participação digital relevante na economia sentiram menos o baque da crise do novo coronavírus. "A lógica do digital não é só para empresas grandes — por isso o parceiro Magalu", disse, referindo-se à plataforma de venda para empreendedores criada pela companhia.

Para o executivo, o avanço do e-commerce é resultado de cinco semanas de trabalho e de ao menos dois anos de investimento no ambiente digital. "Em março, montamos um modelo novo de gestão e criamos 12 comitês para avaliar o que seria necessário fazer".

O Magazine Luiza fechou todas as lojas no dia 30 daquele mês. Em 22 de abril, a empresa iniciou a reabertura dos espaços. Segundo Trajano, há cidades em que, mesmo com a autorização local, a companhia optou por não operar as lojas.

"A gente monitora por conta o risco, levando em consideração o crescimento da taxa de mortes e de casos por habitantes, a taxa de contaminação, a lotação das UTIs e a situação dos planos de saúde que atendem nossos colaboradores", disse o executivo.

"Lembrando que o Brasil é o único país do mundo que vai reabrir o comércio mesmo com expansão de casos [de covid-19]. Ainda não estou otimista com isso", disse o CEO do Magazine Luiza.

O Brasil registrou 374 mil casos de coronavírus nesta segunda-feira, de acordo com o Ministério da Saúde. São 23,4 mil mortes — mas há estudos que apontam para alta subnotificação. A despeito disso, autoridades locais anunciam a retomada das atividades de comércio e serviços não essenciais.

Trajano disse que 70% da lojas do Magazine Luiza estão em cidades com menos de 400 mil habitantes e que 90% dos espaços estão em ruas, não em shoppings. Hoje a empresa tem 40% das lojas reabertas.

O executivo classifica o desempenho desses espaços como surpreendente, mas diz que tem evitado campanhas para levar as pessoas para as lojas.

Desde o início da crise, a varejista aderiu à medida provisória 936, que permite a redução de salários e jornadas de trabalho — mesmo tendo levantado R$ 4,3 bilhões no ano passado. "A gente queria primeiro preservar o caixa e com isso manter os empregos", disse o CEO do Magalu.

Segundo ele, a equipe trabalhou como se não houvesse caixa porque o plano era usar os recursos da oferta para investimentos. "Mas hoje teríamos dinheiro para dois anos de crise", disse, não descartando aquisições.

O executivo ainda destacou desempenho da empresa na categoria de mercado e sortimentos, com parcerias com a Ambev, Nivea e Ypê. "A gente acelerou em categorias essenciais", disse.

"Na China, você vê que o setor de alimentos, bebidas e cuidados para casa estão em um patamar forte tanto no 'on' quanto no offline", disse, sobre o país que agora retoma as atividades.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

COMPETIÇÃO ACIRRADA

Stone aumenta parcela em dinheiro e retira multa para fechar compra da Linx

Parte em dinheiro da oferta foi aumentada em R$ 0,50 por ação, elevando a parcela em R$ 89,5 milhões

TECNOLOGIA

Via Varejo adquire startup para desenvolver marketplace

Empresa informa que compra da I9XP é parte da estratégia de aceleração da transformação digital

esquenta dos mercados

Mercado busca recuperação tímida após dia sangrento e bateria de divulgações

Investidores devem repercutir balanços e decisão do Copom, enquanto monitoram situação fiscal, do coronavírus no exterior e a tensão provocada pela proximidade das eleições americanas.

BALANÇO

Consumo de cerveja no Brasil puxa receita e Ambev supera projeções no 3º trimestre

Lucro líquido cai 9% por conta de despesas financeiras, mas fica acima das expectativas do mercado; volume de vendas consolidado cresce 12%

DADOS OFICIAIS

Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia

País registra 28.629 novos casos e 510 novas mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo Ministério da Saúde

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies