Menu
2020-02-11T12:15:52-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Jornalista formado pela Universidade de Federal do Paraná (UFPR). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros veículos.
RENOVAÇÃO DE FROTA

Gol vende 11 aeronaves para reduzir dívida e reforça aposta no 737 Max, o ‘avião-problema’ da Boeing

Ações reagem em alta de 2%; Gol disse que ajustes na frota vão gerar R$ 4 bilhões em valor aos acionistas

11 de fevereiro de 2020
12:14 - atualizado às 12:15
miniatura de Boeing 737 MAX
Miniatura de Boeing 737 MAX em exposição em Moscou em julho de 2017 - Imagem: Shutterstock

A Gol anunciou nesta terça-feira (11) que fechou contratos de venda e arrendamento de 11 aeronaves Boeing 737 Next Generation (NG) com a Carlyle Aviation. A empresa pretende substituir o modelo por aeronaves Boeing 737 Max-8 nos próximos anos.

Esse tipo de contrato é conhecido no segmento como "sale and leaseback". Na prática, a Gol vende a aeronave para outra empresa, se desfazendo do ativo, mas ela passa a pagar um "aluguel" pelo uso da aeronave em determinado período de tempo.

Desde 2005, quando a Gol comprou 80 aeronaves da família 737 da Boeing, a companhia está vendendo suas aeronaves a outras empresas e usando os recursos para reduzir seu endividamento.

A Gol diz que a venda dessas 11 aeronaves reduzirá a dívida líquida da empresa em cerca de R$ 500 milhões: uma redução de R$ 130 milhões na dívida de arrendamento financeiro e um aumento de R$ 370 milhões na liquidez de caixa.

A companhia planeja usar cerca de R$330 milhões desses recursos para resgatar o montante disponível de suas "Senior Notes" de 8,875%, com vencimento em 2022.

"A GOL acelerou seu plano de renovação e modernização de frota tendo em vista as condições favoráveis do mercado para transações de aeronaves Boeing 737 NGs", disse Richard Lark, vice-presidente financeiro da Gol, em comunicado.

A empresa diz que a receita de gerenciamento de ativos e a redução na despesa de juros contribuirão com mais de R$ 420 milhões no lucro da companhia em 2020, e melhorará os indicadores creditícios da Gol, reduzindo a relação dívida líquida/ebitda em 0,2x e melhorando a relação ebitda/despesa de juros líquidos em 0,5x.

No últimos 12 meses, as ações PN da Gol (GOL4) passaram uma valorização de 36%. Nesta terça-feira, os papéis subiam 2,61, por volta das 11h30. Acompanhe nossa cobertura de mercados.

Renovação da frota

A Gol esclareceu que a venda dos 11 aviões não vai alterar a capacidade operacional da empresa. Os aviões serão entregues ao comprador no momento em que a Gol receber os novos modelos do 737 Max-8.

Os aviões 737-Max são a evolução do 737 Next Generation, aeronave usada pela Gol atualmente. Os Max estão temporariamente proibidos de operar em todo o mundo.

A suspensão ocorreu após dois acidentes em 2018 e 2019 envolvendo o novo modelo da Boeing — um na Etiópia e outro que caiu na Indonésia. Mais de 300 pessoas morreram e a Boeing enfrenta uma severa crise deste então.

O número de pedidos de aeronaves 737 caiu 90% durante o ano passado e as entregas das encomendas já feitas estão suspensas, impactando diretamente os planos de expansão de frotas de companhias aéreas que dependiam do modelo.

A Gol negou, em janeiro, que a demora na retomada de operação do 737 Max represente um revés para os negócios da companhia. "A Gol tem flexibilidade no seu plano de frota para acomodar a nova data que a Boeing indica", disse a empresa ao Broadcast, do Grupo Estado. A fabricante americana diz que deve retomar as atividades do modelo em meados de 2020.

A companhia aérea brasileira mantém sua aposta no modelo. Ela estima que até 2025 cerca de 50% da frota da Gol será composta de Boeing 737 Max. Segundo a empresa, a transição de frota deve aumentar a produtividade em mais de 20% e reduzir o consumo de combustível em aproximadamente 15%.

A companhia espera criar mais de R$ 4 bilhões em valor para os acionistas nesse processo de transformação de frota — R$ 2 bilhões de valor patrimonial em aeronaves e R$ 2 bilhões em crescimento da receita operacional. Segundo a companhia, esse ganho virá da "maior produtividade da receita e menor consumo de combustível".

Segundo Celso Ferrer, vice-presidente de operações da Gol, a empresa pode operar a um custo menor do que outras companhias aéreas "menos eficientes"— a venda desses 11 NGs reforça a flexibilidade do plano de frota da companhia, ainda segundo o vice-presidente de operações.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Mais uma para a lista

Empresa de shoppings Almeida Junior faz pedido de IPO na CVM

Acionista vendedor é Jaimes Bento Almeida Júnior, fundador da empresa

Seu Dinheiro na sua noite

Um brilho no futuro da Oi

Em recuperação judicial desde 2016 e com uma dívida bilionária, a Oi é uma empresa que divide a opinião de analistas do mercado. Para uns, as ações da tele representam uma aposta de risco, porém com chances de render uma bolada caso o turnaround seja bem-sucedido. Para outros, no entanto, o risco se mostra excessivo, […]

Olha o dinheiro aí

Conselho de administração do Bradesco aprova pagamento de R$ 490,9 milhões em dividendos complementares

O conselho de administração do Bradesco aprovou nesta segunda-feira (17) o pagamento de dividendos complementares, relativos a 2019, no valor de R$ 490.918.326,17. Nesse total, serão pagos R$ 0,058213963 por ação ordinária e R$ 0,064035359 por ação preferencial do banco. O pagamento ocorrerá em 2 de fevereiro, sem retenção de Imposto de Renda na fonte. […]

Martelo batido

Braskem assina acordo de R$ 40 milhões com Ministério Público do Trabalho e põe fim a ação civil

A Braskem anunciou nesta segunda-feira (17) a assinatura de um termo de acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT) que visa a implementação de um Programa para Recuperação de Negócios e Promoção de Atividades Educacionais na cidade de Maceió, Alagoas. No total, a empresa vai desembolsar R$ 40 milhões para colocar o programa em […]

Agora vai?

Maia sinaliza que comissão mista da reforma tributária será formada nesta semana

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse acreditar na formação da comissão mista da reforma tributária nesta semana. “Acredito que sim”, respondeu Maia quando perguntado sobre a possibilidade. É esta a expectativa, reforçou, do relator da proposta, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Na semana passada, a secretaria do Congresso Nacional pediu aos líderes da Câmara […]

Recuperação

Com o noticiário corporativo em foco, Ibovespa fecha em alta e retoma os 115 mil pontos

Focado nos balanços trimestrais e nas sinalizações positivas vindas da China, o Ibovespa passou o dia em alta e se recuperou das perdas recentes. O dólar à vista, por outro lado, teve uma sessão mais pressionada e voltou ao patamar de R$ 4,32

Dados do BC

Reservas internacionais subiram US$ 157 milhões no dia 14, para US$ 358,955 bilhões

De acordo com o Banco Central, o resultado é uma consequência da oscilação do valor de mercado dos ativos que compõem as reservas

Novo projeto

Bolsonaro diz que governo está na iminência de mandar a reforma administrativa

Presidente disse que a proposta ainda pode passar por novas alterações ao longo da semana

Na ponta do lápis

Estudo do Banco Central discute objetivos de modalidades de recolhimentos compulsórios

Uma das conclusões é que o nível atual dos compulsórios sobre depósitos à vista está adequado para o cumprimento de sua função

Impacto negativo

Coronavírus pode acentuar enfraquecimento do comércio no 1º trimestre

“O crescimento anual do comércio pode cair no período, embora as estatísticas oficiais para confirmar a hipótese só estejam disponíveis em junho”, disse a instituição

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements