Menu
2020-09-09T12:07:08-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
setor em expansão

Após ‘pacotão’ de aquisições, Credit Suisse vê potencial de alta para Hapvida e Notre Dame Intermédica

O banco vê potencial de alta para as ações das duas companhias, mas a geração de valor resultante das aquisições é vista com cautela

9 de setembro de 2020
11:54 - atualizado às 12:07
hapvida e intermedica

As empresas do setor de saúde - liderados pela Hapvida (HAPV3) e pelo Grupo Notre Dame Intermédica (GNDI3) - têm mantido o noticiário de fusões e aquisições aquecido nos últimos meses. Focadas na expansão de suas marcas pelo país, as companhias têm investido pesado na estratégia.

No mês passado, a Intermédica anunciou a compra da Medisanitas Brasil, a terceira aquisição da companhia no estado de Minas Gerais, por R$ 1 bilhão. Nesta terça-feira, foi a vez da Hapvida anunciar um 'pacote' bilionário de aquisições, incluindo a compra do Grupo Promed, por R$ 1,5 bilhão, o arrendamento do Hospital Materno Infantil Sinhá Junqueira, em Ribeirão Preto, e a aquisição da carteira de clientes da Samedh.

Esses são apenas alguns dos negócios fechados nos últimos meses. Baseado nas aquisições recentes, o Credit Suisse decidiu elevar o preço-alvo dos papéis das companhias.

Em relatório assinado pelo analista Mauricio Cepeda, o banco informou que mantém a sua indicação de compra (outperform) para as ações da Hapvida, elevando o preço-alvo de R$ 72 para R$ 76 - 12% acima da cotação do fechamento de ontem. Já no caso do Grupo Intermédica, a recomendação se manteve 'neutra', mas o preço-alvo passou de R$ 71 para R$ 76 - 2,3% acima do fechamento da quarta-feira.

Segundo o analista, as duas empresas estão aliando sua expansão orgânica pelo território com a estratégia de aquisições de pequenos concorrentes com potencial regional. Para o banco, essas aquisições estão sendo feitas a um preço atrativo levando em conta os múltiplos pagos pelas empresas e os de negociação na bolsa - de 14 a 22 vezes o valor da empresa/Ebitda para a Hapvida e de 14 a 22 vezes para o Grupo Intermédica.

No entanto, além dos ativos fixos, essas aquisições também geram um acumulado de ativos inatingivéis, onde não é possível aplicar uma amortização, com uma redução só sendo possível através da aplicação de testes de impairment. Para Cepeda, a velocidade de geração de caixa operacional tem sido menor do que o de ativos inatingíveis. "Esse comportamento altera o potencial de geração de valor ao longo do tempo, pressionando o crescimento futuro".

Para Cepeda, as aquisições recentes são atrativas no longo prazo, mas o potencial de geração de valor é visto com cautela, já que ainda existe um período de transição em que a geração de valor está ameaçado.

Bandeira amarela

O documento ressalta também que existem diferenças entre as aquisições feitas pelas duas empresas já que a agregação de valor só ocorre com a adição de hospitais estruturados, um tíquete médio maior e o crescimento da carteira de clientes. Caso um hospital, por exemplo, tenha um número de leitos reduzidos, a empresa terá que desembolsar mais capital.

Para Cepede, as aquisições recentes feitas pela Intermédica incluem ativos com uma estrutura hospitalar limitada. Além disso, a companhia também adquiriu carteiras com tíquetes médios menores e com forte predominância de planos individuais, ao contrário da Hapvida.

Mesmo com a elevação do preço-alvo, o Credit Suisse vê a estrutura das aquisições recentes da Intermédica com cautela, colocando uma 'bandeira amarela' na tese de investimentos da companhia.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

match com o mercado?

Concorrente do Tinder, Bumble pode levantar US$ 100 milhões em IPO

Ações da empresa estreiam em fevereiro na Nasdaq; companhia, que é dona do Badoo, não deu lucro no ano passado

pandemia

Itamaraty confirma que Índia atrasará entrega de vacinas

Chanceler indiano atribuiu o atraso na liberação a “problemas logísticos” decorrentes das dificuldades de conciliar o início da campanha de vacinação no país de mais de 1,3 bilhão de habitantes

DESTAQUES DA BOLSA

Localiza e Unidas caem com temores sobre Cade; JHSF é destaque após prévia do 4º trimestre

Coronavírus, Cade e dólar alto… Confira as razões por trás dos melhores (e piores) desempenhos do dia

fique de olho

BC promove alterações na coleta e na divulgação de dados do Focus

Mudanças começam a partir da próxima terça-feira, dia 19, e estarão disponíveis para cerca de 140 instituições que abastecem a pesquisa

pessimismo com os papéis

Ação da ExxonMobil cai mais de 4% após notícia sobre investigação nos EUA

Gigante do setor energético supervalorizou um ativo-chave da bacia permiana, segundo denúncia; dia é de queda nos mercados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies