Menu
2020-08-11T11:38:29-03:00
Leticia Camargo
Leticia Camargo
É repórter do Seu Dinheiro. Está cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou por agência de marketing digital, onde trabalhou com estratégias de SEO e marketing de conteúdo.
Conta recheada

Tim Cook, CEO da Apple, entra no seleto clube dos bilionários

Com patrimônio de US$ 1 bilhão, substituto de Steve Jobs na Apple entrou no ranking dos mais ricos do mundo junto com os fundadores da Microsoft e Facebook

11 de agosto de 2020
11:37 - atualizado às 11:38
Tim Cook
Imagem: Shutterstock

O CEO da Apple, Tim Cook, é o mais novo bilionário do mercado de tecnologia. Essa avaliação veio da Bloomberg, que mantém atualizado um índice diário com as fortunas de quem já ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão.

A posição conquistada por Cook aconteceu depois de 9 anos de ter assumido o cargo deixado por Steve Jobs, antigo CEO e fundador da empresa.

Ao contrário dos outros participantes do ranking da Bloomberg, como Mark Zuckerberg e Bill Gates, Cook chegou a esse posto ascendendo dentro da empresa, e não responsável por um patrimônio desde o início.

O CEO de 59 anos ingressou na Apple em 1998, como vice-presidente sênior de operações mundiais. Em sua atuação fechou acordos importantes com fabricantes na intenção de tornar a empresa uma potência em hardware.

Por isso sempre foi um executivo relativamente conhecido, e muitos observadores da indústria tecnológica questionaram se ele poderia tomar o lugar de Jobs.

E  foi o que aconteceu. Durante a gestão de Cook, a Apple já conquistou uma capitalização de mercado de quase US$ 2 trilhões.

O patrimônio líquido de US$ 1 bilhão do CEO é uma quantia que adquiriu por meio de seu salário na Apple, com as ações que possui na empresa e com rendimentos que conseguiu através da venda dos ativos.

Cook possui cerca de 847.969 ações da Apple atualmente, que ontem (10) fecharam seu preço em US$ 450. Em 2019, ele foi considerado um dos CEOs mais bem pagos dos Estados Unidos, com um salário base de US$ 3 milhões e mais US$ 7,5 milhões em incentivos.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Na contramão

Bolsa cai e dólar dispara depois de governo revelar como pretende financiar Renda Cidadã

Ibovespa abriu em alta, mas virou em meio à frustração dos investidores com o financiamento do programa que sucederá o Bolsa Família

em anúncio do renda cidadã

Guedes: Política dá o timing e desoneração está sendo estudada

No anúncio do novo programa social do presidente Jair Bolsonaro, o Renda Cidadã, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a proposta do governo foi feita com a busca da “verdade orçamentária”

oferta adiada

Cosan cancela IPO da subsidiária Compass com piores condições de mercado

Tempo fechado para IPO: Cosan cita deterioração de cenário para suspender oferta, que havia entrado em análise pela CVM em julho

novo programa

Governo anuncia proposta para Renda Cidadã, substituto do Bolsa Família

Proposta é usar os recursos de pagamento de precatórios e parte do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb)

NOVATA NA BOLSA

Subsidiária da Even, Melnick estreia na B3 com queda de mais de 1%

IPO movimentou R$ 713,6 milhões, com as ações sendo precificadas no piso da faixa indicativa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements