🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Arsenal contra a crise

BC estima impacto de R$ 1,2 trilhão com estímulo à liquidez no sistema financeiro; veja medidas

Os estímulos anunciados equivalem a 16,7% do PIB e são mais de dez vezes superiores aos realizados na crise financeira de 2008, de acordo com o BC

Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
23 de março de 2020
11:59 - atualizado às 18:48
Roberto Campos Neto
Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central - Imagem: Raphael Ribeiro/Banco Central do Brasil

As medidas já anunciadas e as divulgadas nesta segunda-feira pelo Banco Central têm o potencial de injetar até R$ 1,216 trilhão no sistema financeiro, segundo o presidente do BC, Roberto Campos Neto.

Os estímulos anunciados equivalem a 16,7% do PIB e são mais de dez vezes superiores aos realizados na crise financeira de 2008, de acordo com apresentação divulgada durante a entrevista coletiva virtual realizada hoje pelo BC.

Uma parte das medidas tem caráter técnico de flexibilização de normas regulatórias para os bancos que, em tese, vão permitir o aumento da circulação de dinheiro na economia.

Leia também:

Mas pelo menos três das novidades devem mexer diretamente no mundo dos investimentos. A primeira foi a recriação do DPGE - depósito especial a prazo com garantia especial do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Ou seja, o investidor ganhou uma nova forma de aplicar os recursos com a cobertura do fundo.

A segunda é a possibilidade de os bancos usarem até R$ 91 bilhões para a compra de debêntures – títulos de dívida emitidos por empresas. Esse mercado vem sofrendo com a crise e impondo perdas a investidores, como eu contei nesta matéria.

O BC flexibilizou ainda as regras para a emissão de letras de crédito do agronegócio (LCA), o que também deve ajudar na liquidez de instituições financeiras de menor porte.

Em valores, a medida com maior potencial é a possibilidade de os bancos realizarem empréstimos com lastro em letras financeiras garantidas por operações de crédito. O potencial de liberação de recursos com essa iniciativa é da ordem de R$ 670 bilhões, segundo o BC.

A seguir você confere as novas medidas de liquidez anunciadas e os impactos financeiros estimados pelo Banco Central:

  • Criação do Novo Depósito a Prazo com Garantias Especiais - NDPGE – permite expansão de crédito de R$ 200 bilhões;
  • Liberação adicional de depósitos compulsórios – R$ 68 bilhões;
  • Flexibilização de regras da letra de crédito do agronegócio (LCA) – R$ 2,2 bilhões;
  • Uso de depósitos compulsórios como lastro para novas compras de debêntures – R$ 91 bilhões;
  • Empréstimo com lastro em letras financeiras garantidas por operações de crédito – R$ 670 bilhões.

As medidas se somam às já anunciadas pela autoridade monetária e que você confere a seguir:

  • Redução da alíquota do recolhimento compulsório sobre recursos a prazo de 31% para 25% – liberação de R$ 50 bilhões.
  • Redução na necessidade de as instituições financeiras carregarem outros ativos líquidos de alta qualidade – impacto de aproximadamente R$ 86 bilhões
  • Operações de compra com compromisso de venda (repo) de títulos soberanos brasileiros denominados em dólar – R$ 50 bilhões

O BC também anunciou uma série de medidas que reduzem as exigências de capital dos bancos, que não foram tomadas na crise de 2008. Nos cálculos do órgão, as iniciativas representam um potencial sobre o crédito de R$ 1,157 trilhão.

Outra medida já implementada, que dispensou os bancos e cooperativas de aumentarem o provisionamento no caso de repactuação de dívidas por 6 meses, tem o beneficia aproximadamente R$ 3,2 trilhões de créditos, ainda de acordo com o BC.

Compartilhe

SOBE MAIS UM POUQUINHO?

Campos Neto estragou a festa do mercado e mexeu com as apostas para a próxima reunião do Copom. Veja o que os investidores esperam para a Selic agora

15 de setembro de 2022 - 12:41

Os investidores já se preparavam para celebrar o fim do ciclo de ajuste de alta da Selic, mas o presidente do Banco Central parece ter trazido o mercado de volta à realidade

PREVISÕES PARA O COPOM

Um dos maiores especialistas em inflação do país diz que não há motivos para o Banco Central elevar a taxa Selic em setembro; entenda

10 de setembro de 2022 - 16:42

Heron do Carmo, economista e professor da FEA-USP, prevê que o IPCA registrará a terceira deflação consecutiva em setembro

OUTRA FACE

O que acontece com as notas de libras com a imagem de Elizabeth II após a morte da rainha?

9 de setembro de 2022 - 10:51

De acordo com o Banco da Inglaterra (BoE), as cédulas atuais de libras com a imagem de Elizabeth II seguirão tendo valor legal

GREVE ATRASOU PLANEJAMENTO

Banco Central inicia trabalhos de laboratório do real digital; veja quando a criptomoeda brasileira deve estar disponível para uso

8 de setembro de 2022 - 16:28

Essa etapa do processo visa identificar características fundamentais de uma infraestrutura para a moeda digital e deve durar quatro meses

FAZ O PIX GRINGO

Copia mas não faz igual: Por que o BC dos Estados Unidos quer lançar um “Pix americano” e atrelar sistema a uma criptomoeda

30 de agosto de 2022 - 12:08

Apesar do rali do dia, o otimismo com as criptomoedas não deve se estender muito: o cenário macroeconômico continua ruim para o mercado

AMIGO DE CRIPTO

Com real digital do Banco Central, bancos poderão emitir criptomoeda para evitar “corrosão” de balanços, diz Campos Neto

12 de agosto de 2022 - 12:43

O presidente da CVM, João Pedro Nascimento, ainda afirmou que a comissão será rigorosa com crimes no setor: “ fraude não se regula, se pune”

AGORA VAI!

O real digital vem aí: saiba quando os testes vão começar e quanto tempo vai durar

10 de agosto de 2022 - 19:57

Originalmente, o laboratório do real digital estava previsto para começar no fim de março e acabar no final de julho, mas o BC decidiu suspender o cronograma devido à greve dos servidores

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

O ciclo de alta da Selic está perto do fim – e existe um título com o qual é difícil perder dinheiro mesmo se o juro começar a cair

2 de agosto de 2022 - 5:58

Quando o juro cair, o investidor ganha porque a curva arrefeceu; se não, a inflação vai ser alta o bastante para mais do que compensar novas altas

PRATA E CUPRONÍQUEL

Banco Central lança moedas em comemoração ao do bicentenário da independência; valores podem chegar a R$ 420

26 de julho de 2022 - 16:10

As moedas possuem valor de face de 2 e 5 reais, mas como são itens colecionáveis não têm equivalência com o dinheiro do dia a dia

AGRADANDO A CLIENTELA

Nubank (NUBR33) supera ‘bancões’ e tem um dos menores números de reclamações do ranking do Banco Central; C6 Bank lidera índice de queixas

21 de julho de 2022 - 16:43

O banco digital só perde para a Midway, conta digital da Riachuelo, no índice calculado pelo BC

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar