Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-06T17:15:50-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Plataformas de investimento

XP Investimentos e Rico voltam atrás e baixam aplicação mínima em renda fixa

Depois de elevar o investimento mínimo em debêntures de empresas e CDBs de bancos para R$ 30 mil na semana passada, a plataforma diminuiu o valor da aplicação para R$ 10 mil

20 de fevereiro de 2019
23:33 - atualizado às 17:15
XP investimentos Escritório Fotos Google Street
Imagem: Divulgação

A XP Investimentos decidiu voltar atrás da polêmica decisão de aumentar a aplicação mínima nos produtos de renda fixa privada. A decisão vale também para a Rico, que faz parte do Grupo XP.

Depois de elevar o investimento mínimo em debêntures de empresas e CDBs de bancos para R$ 30 mil na semana passada, a plataforma diminuiu a aplicação para R$ 10 mil na terça-feira. Na Rico, a aplicação havia aumentado para R$ 20 mil. Ainda assim, trata-se de um valor maior que os R$ 1 mil que eram exigidos em alguns produtos antes da mudança.

A decisão de restringir as prateleiras do shopping center financeiro, que desde o ano passado tem o Itaú Unibanco como sócio, levou a uma onda de reclamações de clientes nas redes sociais.

Quando questionei a XP sobre o assunto na semana passada, Gabriel Leal, sócio da corretora, me disse que a medida foi tomada com o objetivo de evitar que os pequenos investidores concentrassem demais o portfólio.

Para os clientes que não contavam com o valor mínimo para aplicação em CDBs e debêntures, a plataforma indicava a aplicação em fundos ou no Tesouro Direto. Leal negou que a decisão tivesse motivação econômica e que o ganho da corretora com fundos é inclusive menor do que em ativos de crédito privado.

E você, é cliente da XP ou da Rico? Então escreva nos comentários logo abaixo ou lá no meu Twitter o que você acha do novo valor mínimo para aplicar em títulos privados de renda fixa.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

De volta ao jogo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 6,25%

Renda fixa “voltou ao jogo”, mas ainda não dá para ficar rico. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

entrevista

BC briga para recuperar a credibilidade e poderia ter acelerado alta da Selic, diz economista-chefe da gestora Garde

Para Daniel Weeks, BC passou mais tempo do que o necessário com a sinalização de que manteria taxa de juros muito baixas; ele avalia que aumento poderia ter sido de 1,25 ponto e que discussão sobre fim do ciclo de ajustes ainda não acabou

Seu Dinheiro na sua noite

Seguindo a rota planejada

Decisão da Selic pelo Copom, juros nos Estados Unidos, dólar em alta e muitas outras notícias que mexeram com o mercado hoje

Vai mudar

Ultrapar (UGPA3): Marcos Lutz, ex-presidente da Cosan, assumirá como CEO em janeiro de 2022

Lutz já era membro do conselho de administração da Ultrapar (UGPA3) e, após o período como CEO, deve virar presidente do colegiado

Bota para subir

Após nova alta da Selic, FMI apoia aperto monetário adotado pelo Banco Central para combater inflação

Os diretores do órgão também aprovam o compromisso do BC intervenções limitadas para conter condições desordenadas de mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies