Menu
2019-06-07T18:57:13-03:00
Desaceleração

União Europeia corta projeções de crescimento e inflação na zona do euro

PIB da zona do euro crescerá 1,2% em 2019, contra a previsão anterior de alta de 1,3%. Comissão Europeia também adverte para os riscos com o protecionismo, guerra comercial e o processo de Brexit

7 de maio de 2019
9:52 - atualizado às 18:57
Zona do Euro, União Europeia
Bandeira da União Europeia - Imagem: shutterstock

A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, cortou nesta terça-feira projeções de crescimento econômico e inflação da zona do euro, advertindo para riscos com o protecionismo, a disputa comercial entre Estados Unidos e China e também o processo de saída do Reino Unido da UE, o Brexit.

O PIB da zona do euro crescerá 1,2% em 2019, projetou a Comissão Europeia, que antes previa alta de 1,3%. Em 2020, o corte na previsão de crescimento foi de 1,6% a 1,5%. No caso da inflação, a expectativa de avanço de 1,8% para 2018 foi mantida, mas a de 2019 passou de 1,5% a 1,4%, mais distante da meta de quase 2% do Banco Central Europeu (BCE).

Maior economia do continente, a Alemanha deve crescer menos. Em 2019, a projeção para o crescimento do PIB do país passou de 1,1% para 0,5%, enquanto a de 2020 foi de 1,7% a 1,5%. Houve uma queda recente no consumo privado especialmente pronunciada na Alemanha, diz o documento.

A Comissão Europeia alertou para riscos negativos "proeminentes" à economia da zona do euro por medidas protecionistas. Para o bloco, o risco de mais medidas protecionistas dos EUA continua a estar presente, em particular sobre carros europeus. Além disso, o PIB global pode ser afetado se a economia chinesa tiver desaceleração maior do que a projetada, adverte.

No caso do Reino Unido, a Comissão Europeia volta a enfatizar que o maior risco seria uma saída da UE sem acordo, que prejudicaria o crescimento local, em particular no próprio país, mas também nas demais nações da UE, em menor grau. O quadro de indefinição pode ainda prejudicar o investimento no Reino Unido, ressalta o relatório do órgão europeu.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

coronavírus no brasil

Brasil passa da marca de 1,5 milhão de casos confirmados de covid-19

Do total de infectados até o momento, 868.372 já se recuperaram

ministro da Economia

Presidente está determinado a seguir em frente com reformas, diz Guedes

Guedes voltou a traçar um prognóstico positivo para a recuperação da atividade econômica após o momento mais dramático dos efeitos da pandemia do novo coronavírus

seu dinheiro na sua noite

Aqui, ali, em qualquer lugar

Os protestos surgiram logo no primeiro dia da quarentena aqui em casa. O André, meu filho mais velho, reclamou de tédio, e não demorou até ganhar a adesão da Helena. A situação se acalmou depois que a escola adotou as aulas virtuais. Mas com as férias a partir desta semana já começo a temer por novas “manifestações”. […]

gigante estatal

Petrobras aguarda autorização da ANP para avançar com diesel vegetal

A Petrobras está em fase final de desenvolvimento da tecnologia que permitirá a produção de óleo diesel de origem vegetal em suas refinarias, afirmou o diretor de Relacionamento Institucional da estatal, Roberto Ardenghy

Semana positiva

Ibovespa sobe mais de 3% na semana e dólar cai a R$ 5,31; dados positivos se sobrepõem à cautela

Indicadores econômicos mais fortes no mundo, somados a novas injeções de recursos pelos BCs e governos, levaram o Ibovespa às máximas em quase um mês e permitiram um alívio no dólar à vista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements