Menu
2019-06-07T18:57:13-03:00
Estadão Conteúdo
Desaceleração

União Europeia corta projeções de crescimento e inflação na zona do euro

PIB da zona do euro crescerá 1,2% em 2019, contra a previsão anterior de alta de 1,3%. Comissão Europeia também adverte para os riscos com o protecionismo, guerra comercial e o processo de Brexit

7 de maio de 2019
9:52 - atualizado às 18:57
Zona do Euro, União Europeia
Bandeira da União Europeia - Imagem: shutterstock

A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, cortou nesta terça-feira projeções de crescimento econômico e inflação da zona do euro, advertindo para riscos com o protecionismo, a disputa comercial entre Estados Unidos e China e também o processo de saída do Reino Unido da UE, o Brexit.

O PIB da zona do euro crescerá 1,2% em 2019, projetou a Comissão Europeia, que antes previa alta de 1,3%. Em 2020, o corte na previsão de crescimento foi de 1,6% a 1,5%. No caso da inflação, a expectativa de avanço de 1,8% para 2018 foi mantida, mas a de 2019 passou de 1,5% a 1,4%, mais distante da meta de quase 2% do Banco Central Europeu (BCE).

Maior economia do continente, a Alemanha deve crescer menos. Em 2019, a projeção para o crescimento do PIB do país passou de 1,1% para 0,5%, enquanto a de 2020 foi de 1,7% a 1,5%. Houve uma queda recente no consumo privado especialmente pronunciada na Alemanha, diz o documento.

A Comissão Europeia alertou para riscos negativos "proeminentes" à economia da zona do euro por medidas protecionistas. Para o bloco, o risco de mais medidas protecionistas dos EUA continua a estar presente, em particular sobre carros europeus. Além disso, o PIB global pode ser afetado se a economia chinesa tiver desaceleração maior do que a projetada, adverte.

No caso do Reino Unido, a Comissão Europeia volta a enfatizar que o maior risco seria uma saída da UE sem acordo, que prejudicaria o crescimento local, em particular no próprio país, mas também nas demais nações da UE, em menor grau. O quadro de indefinição pode ainda prejudicar o investimento no Reino Unido, ressalta o relatório do órgão europeu.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Expansão

3R Petroleum fecha parceria com DBO para aquisições de campos offshore

Com a parceria, a DBO se tornará acionista minoritária da OP, que seguirá sob controle da 3R

Boletim médico

Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste sábado (6)

ESTRADA DO FUTURO

A mentira envolvendo o Clubhouse e o Tinder que rendeu 400% de valorização

Os mercados estão longe de serem perfeitos, e hoje vou te contar uma história real que envolve duas das empresas mais quentes no setor de mídias sociais: o “Clubhouse” e o “Tinder”.

reta final de negociações

Senado americano aprova “pacote Biden” de US$ 1,9 trilhão

Agora, o pacote voltará para a Câmara dos Representantes, que analisará as alterações feitas no texto pelos senadores. Se for aprovado, o projeto será enviado à Casa Branca para a sanção do presidente

entrevista

‘Episódio Petrobras deu um susto grande nos investidores’, diz economista do Itaú

O economista-chefe do Itaú Unibanco, Mario Mesquita, diz também estar preocupado com as incertezas políticas, que ameaçam o crescimento do PIB

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies