🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-01T13:34:55-03:00
Beatriz Azevedo Pinto
PÍLULAS DO MERCADO

Dólar abaixo dos R$ 5 é ‘fichinha’ perto da queda do euro? Moeda europeia está caindo com força total e analistas revelam se é hora de investir; descubra

Enquanto os holofotes destacam a queda do dólar, o euro está caindo com força nos bastidores com a inflação firme e forte no mundo todo

1 de junho de 2022
13:03 - atualizado às 13:34
Euro e dólar
Imagem: Shutterstock

Enquanto os holofotes do mercado estavam virados para o dólar em queda, o euro estava se desvalorizando com força total nos bastidores. Em maio, a moeda chegou a atingir a menor cotação em mais de 5 anos. 

Assim, especialistas já começam a enxergar a paridade entre as moedas pela primeira vez em 20 anos. Olhando os números, isso não parece uma realidade distante: em 13 de maio deste ano a moeda europeia chegou a valer US$ 1,0385, na mínima desde dezembro de 2016, quando atingiu US$ 1,0364. A queda em relação ao dólar é de 18%. 

Em relação ao real, a queda do euro já é de quase 25%, enquanto o dólar teve perdas na casa dos 20%. Com isso, fica uma pergunta: está na hora de comprar euro? 

Em uma publicação feita no Instagram do Seu Dinheiro revelamos a resposta. Veja a seguir e aproveite para nos seguir por lá (basta clicar aqui) e receber diariamente insights de investimentos, análises de mercado e até dicas para conquistar o sucesso profissional.

A lista de culpados pela queda do euro

A inflação está à solta no mundo todo e a guerra na Ucrânia  é um dos motores que está ajudando a turbinar a alta dos preços. Na União Europeia, a inflação atingiu 7,4% em abril e está bem distante da meta de 2% estabelecida pelo Banco Central Europeu, que ainda não subiu os juros por temer uma recessão. 

Já nos EUA, o Federal Reserve subiu os juros em 0,75 p.p, o que valorizou a renda fixa americana e atraiu capital para o país, fortalecendo o dólar. “O enfraquecimento dos principais parceiros comerciais da Europa reduziu a demanda por euro para se fazer negócios”, explica o analista da Empiricus, João Piccioni. 

Aliás, a alta dos juros na terra do Tio Sam foi o principal responsável pelo banho de sangue que vem afetando as criptomoedas nos últimos tempos. Para você ter uma ideia, o Bitcoin acumula queda de quase 54% desde o pico histórico, enquanto o Ethereum já cai cerca de 60% desde as máximas. 

Também em uma publicação em nossa página do Instagram (cliquei aqui para nos seguir por lá e receber análises de mercado diárias), nós detalhamos os outros motivos por trás das quedas violentas e revelamos se é hora de ‘comprar barato’. Veja abaixo: 

Veja também - É o fim das criptomoedas? Descubra a resposta abaixo: 

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

GALINHA DOS OVOS DE OURO

Subsidiária da MRV (MRVE3) nos EUA garante mais de R$ 1 bilhão para construtora com venda de empreendimentos na Flórida

A Resia vendeu dois conjuntos localizados na Flóridas e a negociação rendeu cerca de R$ 375 milhões aos cofres da incorporadora

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

A quadrilha triste do Ibovespa e o nascimento de uma nova gigante; confira os destaques do dia

O mês de junho vai chegando ao fim, mas o mercado financeiro parece longe de se juntar às alegres festividades juninas espalhadas pelo país.  Na B3 e em Wall Street, os investidores dançam uma quadrilha pra lá de triste e cheia de obstáculos.  Não estamos falando de uma ponte quebrada, uma cobra perdida ou uma […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa despenca mais de 11% e tem o pior mês desde março de 2020; dólar sobe a R$ 5,23

O início do aperto monetário do Federal Reserve levou os ativos globais a ter um semestre para esquecer – e o Ibovespa não escapou disso

Proventos

Dividendos: Rede D’Or (RDOR3) e Raia Drogasil (RADL3) vão distribuir quase R$ 300 milhões em juros sobre capital próprio; veja detalhes

Pagamento de nova leva de proventos aos acionistas está previsto para o dia 16 de julho, no caso da Rede D’Or

ALTAS E BAIXAS

Destaques da bolsa: Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) disparam com fusão; TC (TRAD3) e Light (LIGT3) despencam

A nova consolidação no setor de saúde mexeu com o segmento nesta quinta; a renúncia do CEO da Light pesou sobre as ações da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies