Menu
2019-04-03T17:52:22-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Com incertezas políticas

UE corta projeção de avanço do PIB da Zona do Euro em 2019

Incertezas políticas e econômicas podem ocasionar em riscos negativos, segundo o órgão Executivo da União Europeia

7 de fevereiro de 2019
14:01 - atualizado às 17:52
União Europeia, zona do euro
Imagem: Shutterstock

A Comissão Europeia cortou a sua projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro em 2019 de 1,9% para 1,3% e, em 2020, de 1,7% para 1,6%.

A estimativa para a União Europeia também foi revisada para baixo, de 1,9% para 1,5% neste ano e de 1,8% para 1,7% no ano que vem. As previsões anteriores haviam sido divulgadas em novembro.

"Um nível elevado de incerteza cerca a perspectiva econômica e as projeções estão sujeitas a riscos negativos", afirma o órgão Executivo da União Europeia em comunicado.

"Tensões comerciais, que têm pesado sobre o sentimento por algum tempo, foram aliviadas até certo ponto mas permanecem uma preocupação. (...) Para a UE, o processo do Brexit permanece uma fonte de incerteza", complementa.

A possibilidade de um aperto fiscal abrupto nos Estados Unidos em 2020 também gera riscos ao crescimento na região, segundo Bruxelas.

"Após o seu pico em 2017, a desaceleração da economia da União Europeia deve continuar em 2019", afirmou em nota o comissário para Assuntos Econômicos e Financeiros da UE, Pierre Moscovici. "Essa desaceleração deve ser mais pronunciada que esperávamos no outono passado, especialmente na zona do euro, devido a incertezas no comércio global e fatores domésticos na nossa maior economia", completou, referindo-se à Alemanha.

As revisões para os PIBs desse país e da Itália foram significativas. O Executivo da União Europeia ajustou sua previsão para o avanço da economia alemã em 2019 de 1,8% para 1,1% e, para a atividade italiana, de 1,2% para 0,2%. Já para 2020, a estimativa para o PIB da Alemanha foi mantida em aumento de 1,7%, enquanto o da Itália foi revisto de 1,3% para 0,8%.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

FECHAMENTO DA SEMANA

Ufa! Ibovespa avança quase 5% em semana de alta volatilidade, mas dólar vai a R$ 5,68

A PEC emergencial e a disparada dos títulos públicos norte-americanos monopolizaram o noticiário, pressionando o câmbio e a bolsa

Regime especial

STF forma maioria para manter sigilo das informações do programa de repatriação

A análise tem origem em uma ação proposta pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) em 2017.

Algo não agradou

Guedes vê perda estrutural em PEC do auxílio

O sentimento na equipe de Guedes foi de perda da possibilidade de acionamento dos gatilhos em caso de calamidade por mais dois anos seguintes

DIÁRIO DE BORDO

À procura de um porto seguro para seu dinheiro em tempos turbulentos no Brasil? Veja onde investir

Se “mar calmo nunca fez bom marinheiro”, o que aprendi nesses meus 25 anos de mercado financeiro é que em momentos de ruídos e turbulências precisamos ser ainda mais persistentes e consistentes em nossos investimentos.

Suspeita de crime

CVM confirma processo para investigar suposto ‘insider trading’ na Petrobras

A suspeita de que alguém pode ter lucrado R$ 18 milhões com o vazamento de informações sobre o que ocorreria na estatal vieram à tona no início da semana e mexeram com os ânimos do mercado.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies