Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-25T16:12:13-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Investimentos

Tesouro Direto ganha menos investidores em maio, mas já supera o total de 2018

Ritmo de entrada de novos aplicadores perdeu fôlego, mas já temos mais de 248 mil investidores ativos em cinco meses

25 de junho de 2019
15:58 - atualizado às 16:12
Baú de tesouro com moedas e bússola
Imagem: PaulPaladin/Shutterstock

A entrada de novos investidores no Tesouro Direto desacelerou em maio, mas o volume de pessoas que operaram títulos públicos já passa de 248 mil nos cinco primeiros meses de 2019, superando os 220 mil vistos em todo o ano passado.

Em maio, foram registrados 28.545 novos investidores ativos, contra a média de 55 mil novos operadores que se observou nos quatro primeiros meses do ano. Se o leitor ainda não conhece o Tesouro Direito, pode tirar suas dúvidas nesse e-book gratuito.

Segundo o Tesouro, a redução tem relação com um evento histórico ocorrido em maio, o vencimento de R$ 9 bilhões em títulos Tesouro IPCA 2019 (NTN-B Principal). Parte dos 130 mil investidores ficou com o dinheiro pago pelo Tesouro e ainda não reinvestiu. Mas a expectativa para os próximos meses é de voltar à média de 50 mil ou mais investidores ativos por mês. De fato, os dados parciais para junho já apontam isso.

O número total de investidores ativos chegou a 1.035.092, o que representa um crescimento de 70% em 12 meses. Já o total de cadastrados no sistema atingiu 4.193.385, alta de 90% em 12 meses.

Também reflexo do vencimento recorde do mês, o Tesouro fechou o mês com resgate líquido de R$ 4,203 bilhões. Ao longo do mês, as emissões somaram R$ 5,86 bilhões, enquanto os resgates totais foram de R$ 10,066 bilhões.

Em maio, os papéis mais demandados foram aqueles indexados à inflação, que responderam por 50,8% das vendas. Os papéis atrelados à Selic responderam por 36,5% e os prefixados, por 12,7%.

Ao longo do mês foram realizadas 572.214 operações de venda de títulos a investidores. A utilização do programa por pequenos investidores pode ser observada pelo número de vendas até R$ 5 mil, que correspondeu a 80,5% das vendas ocorridas no mês. O valor médio por operação foi de R$ 10.242,33.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Presente de grego

Bolsonaro está dando presente para os mais pobres com o Auxílio Brasil? Para o relator do benefício na Câmara, ele está apenas emprestando até ganhar a eleição

O deputado Marcelo Aro diz que a solução encontrada pelo presidente é claramente eleitoreira e pode prejudicar os beneficiários após o fim das eleições

INVESTIR EM CANNABIS

Dividendos em Cannabis: como ganhar uma renda recorrente investindo em um dos segmentos mais promissores dos próximos anos

O analista Enzo Pacheco explica as oportunidades desse mercado que tem ganhado cada vez mais espaço nos Estados Unidos

US$ 1 = R$ 5,70

Dólar flerta com o maior patamar em seis meses, mas desacelera alta após relatório da PEC dos precatórios e moeda se afasta dos R$ 5,70

Em 2021, o dólar chegou a atingir o patamar de R$ 5,883, em março, um dos piores momentos da crise causada pela pandemia de covid-19

TAPANDO O SOL COM A PENEIRA

Bolsonaro recorre a suposta sensibilidade com mais pobres para negar que esteja furando teto

Comentários do presidente vêm à tona um dia depois de o ministro da Economia, Paulo Guedes, ter admitido a necessidade de uma ‘licença para gastar’

bitcoin (BTC) hoje

Criptoressaca: Bitcoin (BTC) cai para a casa dos US$ 62 mil em ajuste após atingir máximas históricas

Depois de bater as máximas históricas, é comum que ocorra um movimento de realização de lucros, assim como acontece com a bolsa de valores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies