Menu
2019-04-05T10:22:52-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL

Moro será destaque em Davos e vai levar bandeira da ‘moralização’ da globalização

Ministro da Justiça vai participar de dois painéis no Fórum Econômico Mundial

16 de janeiro de 2019
9:44 - atualizado às 10:22
Sérgio Moro
Juiz Sérgio Moro - Imagem: Dida Sampaio/Estadão Contéudo

O Fórum Econômico Mundial vai usar a presença do ex-juiz e ministro da Justiça, Sérgio Moro, para promover sua nova bandeira: a "moralização da globalização". Questionado por ativistas e diante de eleições que mostram reação popular contra as elites, Davos assumiu a campanha contra a corrupção.

"Precisamos de uma remoralização da globalização", defendeu o fundador do fórum, Klaus Schwab, em discurso na terça, 15, em Genebra. Na delegação brasileira, a participação de Moro na agenda de Davos ganhou destaque.

No dia 22, o ministro será um dos principais integrantes de um debate sobre "restaurar confiança e integridade".

Ele divide o palco com a presidente da Transparência Internacional, Delia Ferreira Rubio, e com o especialista suíço, Mark Pieth. Dois dias depois, Moro será o principal nome de um debate sobre "crime globalizado". 

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Oferta inicial de ações

Kalunga protocola pedido de IPO na CVM; veja alguns números da varejista

Com foco na expansão e reforço de caixa, varejista é a terceira empresa a solicitar abertura de capital na B3 nesta semana

Corrida espacial

Elon Musk quer levar humanos para Marte até 2026

A empresa aeroespacial do bilionário, SpaceX, pretende criar uma cidade no planeta nos próximos 10 anos; ações da Tesla podem se beneficiar

Recuou!

Captação da poupança cai pela 1ª vez desde janeiro

Apesar do recuo, a poupança acumula entrada líquida de R$ 145,71 bilhões de janeiro a novembro – melhor desempenho para o período

Retrospectiva da semana

Coquetel anticrise: vacina e dinheiro na veia

Na onda das boas notícias, Ibovespa fechou a sexta-feira, 4, perto das máximas

Pandemia

Covid-19: Bolsonaro diz que governo não terá como socorrer os necessitados se ‘fechar tudo de novo’

Presidente avalia que o país não tem mais condições de se endividar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies