IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2019-04-20T15:13:45-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Alô, alô desigualdades sociais...

Os 26 mais ricos detêm a mesma quantia que a metade mais pobre da população mundial, segundo estudo da Oxfam

A pesquisa mostrou também que, no Brasil e no Reino Unido, os 10% mais ricos pagaram uma porcentagem menor de impostos do que os 10% mais ricos

21 de janeiro de 2019
18:06 - atualizado às 15:13
balde com dinheiro
Baldei com dinheiro - Imagem: Shutterstock

Às vésperas das discussões do Fórum Econômico Mundial, a confederação internacional Oxfam divulgou hoje (21) que,  apenas no ano passado, as 26 pessoas mais ricas eram donas da mesma quantia em dinheiro que toda a metade mais pobre da população mundial. Em 2017, a cifra era maior e por volta de 43 pessoas. Desde a última crise mundial, o número de bilionários praticamente dobrou em dez anos.

Além de a riqueza estar cada vez concentrada nas mãos de poucos, o estudo "Bem-estar público ou benefício privado, na tradução para o português", aponta que a fortuna dos bilionários aumentou para US$ 2,5 bilhões por dia em 2018, o que representa uma alta de 12% no ano. Por outro lado, no mesmo período, a renda da metade mais pobre sofreu uma queda de 11%.

O estudo destaca ainda que, entre 2017 e 2018, o mundo viu o surgimento de um bilionário a cada dois dias.

Brasil é destaque negativo

Com o aumento da desigualdade, a população de menor renda foi uma das mais afetadas. E o nosso país obteve destaque negativo no quesito tributação. A pesquisa mostrou que, no Brasil e no Reino Unido, os 10% mais pobres pagaram uma porcentagem maior de impostos do que os 10% mais ricos

Segundo o relatório, a situação é agravada por conta da evasão fiscal. O problema é que os mais ricos costumam ocultar das autoridades tributárias ao menos US$ 7,6 bilhões.

E nos países em desenvolvimento, as manobras feitas por algumas empresas que evitam pagar impostos ou que transferem quantias para paraísos fiscais fazem com que essas nações deixem de arrecadar cerca de US$ 100 bilhões em impostos, de acordo com a pesquisa.

Ricos estão pagando menos impostos

Mas isso não foi exclusividade dessas nações. De acordo com o estudo, o tributo pago pelos mais ricos e por donos de empresas caiu drasticamente em outros lugares do mundo. Por exemplo, nos países desenvolvidos, a taxa marginal média de imposto de renda individual marginal passou de 62% em 1970 para 38% em 2013.

Enquanto isso nos países em desenvolvimento, a taxa marginal média de imposto de renda individual ficou em 28%, na média. Na pesquisa, a organização destacou a importância de aumentar as taxas de impostos para corporações e para os mais ricos com o objetivo de diminuir as desigualdades sociais.

De acordo com a pesquisa, com uma simples mudança seria possível arrecadar dinheiro suficiente para educar 262 milhões de crianças e oferecer serviços de saúde que poderiam salvar mais de 3.3 milhões de vidas. Basta que fosse exigido o pagamento de uma taxa extra de apenas 0,5% sobre a riqueza de 1% dos bilionários mais ricos do planeta.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

MERCADO DE TRABALHO

Velho demais para trabalhar? Um em cada quatro profissionais já foi demitido por conta da idade

29 de novembro de 2022 - 15:36

De acordo com o levantamento, cerca de 58% dos profissionais que atuam na área de recrutamento e seleção afirmou que possuem domínio suficiente para recrutar profissionais mais velhos — de 50 anos ou mais

ALÔ, TIM COOK?

Vai faltar iPhone? Produção da Apple pode cair até 10% com caos na China e lucro ser US$ 8 bilhões menor

29 de novembro de 2022 - 14:29

Este ano, as ações da Apple já recuaram quase 19% em comparação com a perda de quase 17% do S&P 500. O Nasdaq Composite caiu 29% no ano e a AAPL é a ação com maior peso, representando quase 13% do índice.

DE OLHO NAS REDES

Enquanto Putin não dá sossego para a Ucrânia e guerra continua ‘firme e forte’, estes 3 países estão se dando bem com o conflito; descubra

29 de novembro de 2022 - 14:09

Três países ganham com a guerra de Rússia e Ucrânia, mas um deles conseguiu se sair melhor e deve crescer três vezes mais do que o projetado

POUSO AUTORIZADO

Onde os carros voadores vão estacionar? Empresa da Embraer (EMBR3) anuncia primeira parceria para “ventiportos”

29 de novembro de 2022 - 12:57

A Eve fornecerá à Bluenest sua solução de gerenciamento de tráfego aéreo urbano para dar suporte aos futuros “estacionamentos de táxis aéreos”

MARKET MAKERS

É hora de comprar ações? Saiba como ganhar dinheiro enquanto o mundo parece prestes a acabar

29 de novembro de 2022 - 12:48

Ninguém sabe o que vai acontecer no futuro, mas é possível argumentar com algum grau de precisão quando a assimetria parece estar a nosso favor no mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies