Menu
2019-04-05T10:23:28-03:00
Estadão Conteúdo
Governo de São Paulo

Em Davos, Doria busca investidores estrangeiros para aeroportos e rodovias

Entre os alvos dos investimentos estarão 20 aeroportos regionais e concessões para expandir a rede de autoestradas

21 de janeiro de 2019
16:35 - atualizado às 10:23
João Doria
Governador fará duas palestras no Fórum Econômico MundialImagem: Shutterstock

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), está em Davos, na Suíça, para participar do Fórum Econômico Mundial e apresentar oportunidades de negócios no Estado para investidores estrangeiros, como 20 aeroportos regionais e novas concessões para expandir a rede de autoestradas.

As oportunidades foram listadas em vídeo que será exibido aos investidores e que foi divulgado antecipadamente por Doria para a imprensa. O vídeo, que mostra São Paulo como um Estado economicamente dinâmico e com um PIB superior ao da Argentina, cita ainda 650 mil metros quadrados para criar "o Vale do Silício brasileiro", US$ 270 milhões para explorar direitos de transporte e geração de energia e "parcerias" para transformar o Instituto Butantan "no maior produtor mundial de vacinas".

"É um momento importante para atrair novos investimentos para o Brasil e, particularmente, para São Paulo", disse o tucano em uma gravação separada, em Davos. Ele afirmou que fará duas palestras e reforçou que o evento contará com a presença do presidente Jair Bolsonaro e dos ministros Paulo Guedes (Economia) e Sergio Moro (Justiça).

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Disparada

No embalo do recorde do bitcoin, ações da Coinbase disparam mais de 70% na estreia na Nasdaq

O CEO da empresa, Brian Armstrong, comentou mais cedo sobre a abertura de capital da Coinbase ao portal CNBC

Fura-teto?

Criticado, governo vai rever PEC que livra obras do teto

O texto não caiu bem entre economistas, parlamentares e membros do próprio governo federal

Relembre a história

Crime e castigo: Bernie Madoff, responsável pela maior pirâmide financeira da história, morre na cadeia

Condenado a 150 anos de prisão, financista que fraudou US$ 20 bilhões e enganou milhares de investidores morreu em desgraça aos 82 anos. Conheça sua história e relembre seus crimes.

Atividade em queda

Indicador da FGV mostra contração da economia em março com agravamento da pandemia

A queda nas expectativas dos consumidores foi um dos destaques negativos entre os componentes do indicador

Benefício com garantia

Paulo Guedes reeditará BEm somente após a aprovação do Orçamento ou da PEC “fura-teto”

“O ministro disse ‘ou um, ou outro, o que sair primeiro a gente faz o BEm'”, afirmou Paulo Solmucci, presidente da Abrasel

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies