A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2019-10-14T14:55:20-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Cenário

Itaú trabalha com Selic de 4% em 2020

Banco revisou projeção de juro básico de 5% para 4,5% em 2019 e trabalha com câmbio a R$ 3,90 neste ano e R$ 4,25 em 2020

14 de outubro de 2019
10:57 - atualizado às 14:55
Montagem de meteoro no espaço em direção para baixo com o texto juros em cima; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A equipe de macroeconomia do Itaú Unibanco, liderada pelo economista Mario Mesquita, passou a trabalhar com Selic de 4,5% no fim de 2019 e de 4% em 2020, contra estimativas anteriores de 5% para o custo do dinheiro.

Em relatório, o banco afirma que os principais fatores que justificam uma política monetária ainda mais flexível já existem há algum tempo. São eles: inflação baixa, expectativas ancoradas, ampla folga econômica e consolidação fiscal. A mediana do mercado captada pelo Focus mostra juro básico em 4,75% no fim de 2019 e de 2020.

O banco pondera que o caminho para cortes adicionais foi mais claramente desbloqueado pela trégua comercial, que provavelmente resultará em menor volatilidade de ativos de risco, como o real.

Antes de seguirmos adiante, temos falado que esse cenário de juro baixo vai exigir cada vez mais dedicação dos investidores para rentabilizar seus recursos. Deixo umas dicas de leitura sobre investimentos com Selic nesses patamares. Há dicas para investidores conservadores e para os de perfil mais arrojado. Também deixo como sugestão o nosso e-book sobre investimentos em bolsa de valores.

De volta ao relatório, reflexo desse juro mais baixo, as estimativas para a taxa de câmbio saíram de R$ 3,80 para 3,90 agora em 2019 e de R$ 4 para R$ 4,25 em 2020.

Esse juro mais baixo também terá impacto sobre o desempenho da economia. O Produto Interno Bruto (PIB) deve ter crescimento de 2,2% em 2020, acima da projeção anterior de 1,7%. Neste ano, o crescimento deve ser de 1%, ante 0,8% estimados anteriormente.

Juro baixo, crescimento melhor e inflação comportada. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) projetado para 2019 é de 3,3% (3,4% anteriormente), contra uma meta de 4,25%. Para 2020, breve elevação para 3,7% (3,5% anteriormente), ante meta de 4%.

Rumos aos 4%

Além de um novo corte de meio ponto percentual no encontro de 31 de outubro do Comitê de Política Monetária (Copom), o banco passou a estimar nova redução de mesma magnitude em dezembro, seguida por dois cortes de 0,25 ponto em fevereiro e março de 2020.

No lado da inflação, o banco fala em leituras “bem-comportadas” do IPCA. Na atividade, os dados ensaiam uma recuperação mais consistente. Mas num contexto de capacidade ociosa ainda muito elevada, “melhoras nesse front ainda não representam risco relevante de pressão inflacionária no horizonte relevante de política monetária”.

Do lado externo, o Itaú avalia que o ambiente se tornou mais favorável. Os avanços recentes nas negociações entre China e EUA reduzem, ainda que não eliminem, a incerteza sobre o cenário externo.

Além disso, a desaceleração da economia americana aumenta a perspectiva de cortes de juros por parte do Federal Reserve (Fed), banco central americano.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

MARKET MAKERS

Os princípios: Conheça Ray Dalio, gestor do maior hedge fund do mundo, e seu manual para conseguir o que deseja na vida

11 de agosto de 2022 - 10:47

O livro Princípios se propõe a ser um manual sobre vida e trabalho que Dalio resolveu escrever contendo seus critérios de tomada de decisão que colecionou ao longo da sua vida

Cadê o retorno?

XP (XPBR31) na berlinda: JP Morgan corta recomendação para neutro e diz que o mercado quer ver lucro

11 de agosto de 2022 - 10:33

O JP Morgan mostrou-se preocupado com o salto nos custos e despesas da XP (XPBR31) no trimestre, o que pressionou as margens da empresa

ACELERANDO NA RETA

Bitcoin (BTC) busca os US$ 25 mil, mas alta é ofuscada por disparada de 12% do ethereum (ETH); confira que movimenta as criptomoedas hoje

11 de agosto de 2022 - 10:09

Os investidores estão otimistas com a atualização do ethereum: em julho deste ano, o ETH acumulou alta de 57,7% e sobe 14,9% nos primeiros dias de agosto

NADA DIPLOMÁTICO

Paulo Guedes fala em “ligar o foda-se” para França, maior empregador estrangeiro no Brasil

11 de agosto de 2022 - 9:36

O país europeu é terceiro que mais investe no Brasil; as exportações para a França vêm crescendo 18% neste ano

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa sobe após índice mostrar deflação ao produtor nos EUA em julho; dólar recua para R$ 5,07

11 de agosto de 2022 - 9:08

RESUMO DO DIA: Os investidores tentam ampliar os ganhos da sessão anterior e as bolsas internacionais sobem hoje. Após o dado de inflação ao consumidor animar, desta vez as bolsas são embaladas pelo índice de preços ao produtor (PPI), que mostrou um resultado melhor que o esperado, com deflação de 0,5% em julho. Por aqui, […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies