Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-22T10:36:37-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
DESAGRADANDO A GREGOS E TROIANOS

Reação do mercado financeiro ao rompimento do teto de gastos irrita Bolsonaro

A bolsa caiu forte, o dólar subiu e as taxas dos contratos de juros futuros dispararam; situação também provocou debandada na equipe econômica

22 de outubro de 2021
7:14 - atualizado às 10:36
jair Bolsonaro, emburrado
Jair Bolsonaro - Imagem: Shutterstock

A reação do mercado financeiro ao acordo dentro do governo para aumentar o teto de gastos irritou o presidente Jair Bolsonaro.

Depois de o ministro da Economia Paulo Guedes ter jogado a toalha em relação ao cumprimento da regra do teto de gastos, o Ibovespa fechou em queda de 2,75%, o dólar avançou 2,16%, a R$ 5,6676 e as taxas dos contratos de juros futuros dispararam.

Insistindo na alegação de que o Auxílio Brasil será pago dentro do teto de gastos, Bolsonaro usou sua live semanal para anunciar a criação de um benefício aos caminhoneiros e reclamar que o mercado fica "nervosinho" com as medidas anunciadas por ele.

Último refúgio

Subindo o tom em relação à ocasião na qual exigiu “patriotismo” por parte dos agentes do mercado financeiro, o presidente disparou:

"Se vocês explodirem a economia do Brasil, mercado, vão ficar prejudicados também."

Jair Bolsonaro durante live em 21 de outubro de 2021

A reação do mercado deve-se principalmente à interpretação de que o teto de gastos está sendo rompido com fins eleitoreiros, desatando um movimento de aumento de gastos e descontrole fiscal do qual o governo terá dificuldade para fazer meia-volta.

O acordo fechado pelo governo altera o indexador do teto de gastos para elevá-lo e viabilizar o pagamento de R$ 400 a beneficiários do Auxílio Brasil até o fim de 2022. Bolsonaro também anunciou que os caminhoneiros vão receber esse mesmo valor como forma de compensar a alta do diesel.

Debandada e piada de mau gosto

Quatro secretários da equipe econômica pediram demissão ontem. O secretário especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, e o secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, e seus respectivos adjuntos pediram exoneração ontem à noite.

Na versão do Ministério da Economia, a debandada se deu por uma improvável conjunção de “motivos pessoais” dos demissionários. Eles já haviam feito circular, entretanto, que não avalizariam o rompimento do teto de gastos.

Já o presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim, uma das principais lideranças do movimento de caminhoneiros do País, criticou duramente o presidente.

"Eu acho que foi uma piada que ele (Bolsonaro) fez... ou será de verdade? Isso é uma piada de mau gosto. O caminhoneiro não quer esmola, quer dignidade, quer os compromissos que foram assumidos e que até hoje não saíram do papel", disse Landim, conhecido entre os caminhoneiros como "Chorão".

Indicativo de greve

Wallace Landim tem trânsito dentro do governo e esteve presente em diversas reuniões com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para tratar de medidas voltadas à categoria. O relacionamento institucional ocorreu durante um bom período e o governo, em outros momentos, conseguiu debelar movimentos de greve no setor. Agora, o tom é outro.

"Queremos algo concreto, não cortina de fumaça. A classe já deu 15 dias para o governo trazer algo concreto, mas isso não veio. Agradecemos pela piada do presidente, mas estamos num trabalho de unificação das pautas da categoria e a paralisação para o dia 1º de novembro está mantida, seguimos com a mobilização", comentou.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

NOVATA NA FINAL

Não estranhe: patrocinadora da final entre Palmeiras e Flamengo é a nova corretora de criptomoedas do Brasil; conheça Crypto.bom

A exchange resolveu investir no segmento de esportes e patrocina Fórmula 1, NBA e até o campeonato europeu

Raio-X

Análise: Por que a alta da inflação pode ameaçar o pacote de infraestrutura de Joe Biden?

O presidente americano tem ambiciosos planos pela frente, mas a alta da inflação e gargalos estruturais da economia podem alterar o rumo

A SEMANA EM GRÁFICOS

Covid-19 pressiona aéreas, turismo, Ibovespa e bitcoin, mas inflação avança no mundo: entenda a última semana com estes gráficos

As companhias aéreas sofreram perdas significativas na bolsa esta semana e nem o bitcoin (BTC) conseguiu se salvar

O MELHOR DA SEMANA

Piora da covid no mundo e criptomoedas além do bitcoin (BTC): 5 assuntos mais lidos no Seu Dinheiro esta semana

O mercado já trabalhava amplamente com a visão do verdadeiro normal. Mas os mercados globais voltaram a entrar em pânico com a covid-19

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies