Menu
2019-04-10T09:54:29-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
vice manda recado

Tenham confiança no Brasil, diz Mourão a investidores estrangeiros

Vice-presidente, que falou a um canal de TV americano, disse que gestão Bolsonaro “tem consciência” do que precisa fazer para colocar a economia de volta nos trilhos

10 de abril de 2019
9:40 - atualizado às 9:54
Hamilton Mourão, vice-presidente da República
Hamilton Mourão, vice-presidente da República - Imagem: Flickr/Palácio do Planalto

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, pediu que investidores estrangeiros "tenham confiança" no Brasil.

O general da reserva falou ao canal de TV americano especializado em negócios Bloomberg TV. Ele disse que a gestão Bolsonaro "tem consciência" do que precisa fazer para colocar a economia de volta nos trilhos.

Mourão disse que a reforma da Previdência deve ser aprovada pelo Congresso até "o fim de julho ou começo de agosto" e lembrou que há uma série de projetos já engatilhados, principalmente nos segmentos de energia e transportes, para serem lançados ao mercado.

Ele ainda mencionou os recentes leilões de infraestrutura, que geraram arrecadação bilionária à União, como um dos pontos positivos dos 100 primeiros dias de governo.

Mourão visitou Washington ontem, 9, e esteve num evento organizado pelo Brazil Institute, do 'think tank' Wilson Center.

Governo se movimenta

O vice-presidente lembrou, quando questionado sobre as dificuldades do governo em montar sua base de apoio no Congresso, que o presidente Jair Bolsonaro tem se reunido com líderes partidários nos últimos dias e afirmou que os encontros têm surtido o efeito pretendido.

"A linha de ação que ele (Bolsonaro) tomou é a de procurar maiorias transitórias para cada momento que precisemos passar algo no Congresso. Eu chamo isso de 'política com 'P' maiúsculo', porque ele convoca as pessoas para estar conosco, com nossa agenda e nossas ideias", acrescentou.

O vice-presidente destacou ainda a atuação dos ministros Paulo Guedes (Economia) e Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), que, de acordo com ele, são os responsáveis por "impulsionar" o governo e liderar as reformas necessárias ao País. Com a dupla à frente da agenda prioritária, Mourão disse não enxergar grandes problemas ao Executivo vindos daqueles "que pensam de forma mais ideológica".

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Entrevista exclusiva

O presidente da Mastercard diz como você vai pagar suas compras após a pandemia

Além do aumento do uso de meios eletrônicos nas compras, João Pedro Paro Neto aposta na consolidação dos pagamentos por aproximação e menor uso do dinheiro de papel

Novos dados

Brasil tem 374.898 casos confirmados e 23.473 óbitos de covid-19

Até o momento, 153.833 pacientes estão recuperados da covid-19

seu dinheiro na sua noite

Descompressão geral

Caro leitor, Hoje foi dia de alívio geral nos mercados brasileiros, em continuidade ao movimento iniciado no mercado futuro na última sexta-feira, após a divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril. O entendimento do mercado é de que não havia fatos novos no vídeo que pudessem trazer mais preocupações à governabilidade, e […]

Olho no balanço

Magazine Luiza tem lucro líquido de R$ 30,8 milhões no 1T, em queda de 77%

Empresa estima que as lojas físicas deixaram de vender cerca de R$ 500 milhões nos últimos dias de março com o fechamento pelas medidas de isolamento social

Concessões rodoviárias

Ministro volta a afastar prorrogação de rodovias perto de fim da concessão

Aumentar o prazo de concessão é uma das formas de o governo reequilibrar contratos que foram afetados pela pandemia do novo coronavírus

Mudança de foco

Após 3 anos, CPFL deixa mercado de geração distribuída solar residencial

Grupo, controlado pela estatal chinesa State Grid, optou por focar os seus esforços no mercado de GD solar para grandes consumidores por meio da CPFL Soluções

Ex-ministro da Fazenda

Reabertura da economia não está para ser anunciada na Grande SP, diz Meirelles

O secretário da Fazenda e do Planejamento do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles, disse nesta segunda-feira, 25, que o governo estadual “não está para anunciar” uma reabertura da economia na Região Metropolitana de São Paulo

Mercados tranquilos

Alívio generalizado: Ibovespa dispara e dólar cai a R$ 5,45 na sessão pós-vídeo

O Ibovespa foi às máximas desde 10 de março e o dólar à vista chegou à menor cotação em maio. Os investidores aproveitaram o feriado nos EUA para focar nas questões domésticas — com destaque para o vídeo da reunião ministerial, divulgado no fim da tarde de sexta

Presidente falou hoje

Bolsonaro atribui imagem ruim à ‘imprensa mundial de esquerda’

A declaração foi dada na manhã desta segunda-feira, 25, a uma apoiadora que o recomendou usar a Secretaria Especial de Comunicação para fazer propaganda positiva

otimismo apesar de covid-19

Vamos arrebentar na venda de aeroportos, vamos conseguir vender todos, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, demonstrou nesta segunda-feira, 25, otimismo com os próximos leilões de aeroportos, mesmo diante da pandemia, que afeta bruscamente a aviação civil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements