Menu
2020-11-09T16:03:47-03:00
Estadão Conteúdo
Amigos?

Relações com a China permanecerão relevantes nos próximos anos, diz Mourão

Mourão acredita que há uma “caminho muito bom” no relacionamento entre Brasil e China, além de ver oportunidades para intensificar parcerias e diversificar exportações.

9 de novembro de 2020
16:03
Hamilton Mourão, vice-presidente da República
Hamilton Mourão, vice-presidente da República - Imagem: Flickr/Palácio do Planalto

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou nesta segunda-feira, 9, que as relações econômicas com a China "permanecerão relevantes nos próximos anos". Mourão acredita que há uma "caminho muito bom" no relacionamento entre Brasil e China, além de ver oportunidades para intensificar parcerias e diversificar exportações.

Leia também:

"Eles (chineses) são nossos maiores parceiros comerciais, isso já vem desde 2009, mas a nossa pauta exportadora ainda é muito concentrada, no minério de ferro, no petróleo, na soja, então precisamos diversificar, assim como agregar valor nos produtos exportados para lá", observou o vice-presidente.

Mourão citou ainda que Brasil tem procurado apresentar aos investidores chineses os projetos prioritários para o País dentro da carteira do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

O vice-presidente avaliou que seria interesse aprofundar as relações de parceria em outros setores, como o de ciência e tecnologia.

"Vejo com muito bons olhos a oportunidade de aprofundar a cooperação dos outros setores, principalmente na questão de ciência, tecnologia e inovação, onde os chineses estão avançando muito", disse ele. "Vejo um caminho muito bom nesses nosso relacionamento, sempre deixando muito claro que os nosso interesses e os interesses deles têm que convergir. Essa é a realidade."

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

CHATEADO

Guedes rebate críticas e diz que governo manteve o rumo mesmo no caos

Ministro também respondeu ao presidente do BC, que disse que é preciso plano para lidar com trajetória da dívida

NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Brasil tem 6,16 milhões de casos acumulados e 170 mil mortes

Nas últimas 24 horas, número de novos infectados sobe 54% e mortes avançam 4%, diz Ministério da Saúde

Que bolsa é essa?

Vacina ou vírus? Ganhe nos dois cenários com este IPO na bolsa

Uma das maiores gestoras do setor imobiliário está lançando um fundo a um preço bem interessante e com potencial para pagar proventos na casa de 7% ao ano

seu dinheiro na sua noite

E essa Black Friday em ano de crise, vai dar bom?

Estamos prestes a viver uma Black Friday num ano de forte crise, em que as pessoas ficaram confinadas em casa. Definitivamente não é o melhor dos cenários para uma data tão voltada para o consumo. Por outro lado, foi na internet que a Black Friday ganhou força no Brasil, e o e-commerce deu um enorme […]

alta de 32% no ano

Parte da desvalorização maior do real se deve à dívida, diz presidente do BC

Roberto Campos Neto lembrou que o encerramento do ano é, tradicionalmente, um período de mais remessas de recursos ao exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies