Menu
2019-04-04T13:56:32-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.

Rogério Marinho: Texto da Previdência vazado hoje é apenas um entre muitos que estão sendo avaliados

Secretário Especial da Previdência disse que texto da reforma ainda passa por negociações e precisa ser validado por Bolsonaro

4 de fevereiro de 2019
18:03 - atualizado às 13:56
Secretário Especial da Previdência, Rogério Marinho
Secretário Especial da Previdência, Rogério Marinho - Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O secretário Especial da Previdência, Rogério Marinho, afirmou que o texto da reforma que foi vazado nesta segunda-feira é “um dos textos que está sendo analisado”.

O "Broadcast/Estadão" teve acesso a um texto preliminar da reforma, que prevê que homens e mulheres tenham idade mínima de 65 anos para se aposentarem no Brasil. A proposta que tramita no Congresso prevê idade mínima de 62 anos para mulheres. A nova Previdência também prevê que o tempo mínimo de contribuição para o brasileiro se aposentar deve subir para 20 anos e, nesse caso, o trabalhador poderá receber apenas 60% do benefício. A cada ano a mais, acrescentará dois pontos porcentuais até chegar a 100% do benefício com 40 anos.

Em breve declaração dada na portaria do Ministério da Economia, Marinho lembrou que durante o período de transição e agora nos últimos 30 dias a equipe do governo está debruçada sobra várias simulações e que o texto final ainda aguarda validação do presidente Jair Bolsonaro, que está “convalescendo”.

“Estamos em processo permanente de negociação com os diversos atores que serão impactados pela nova Previdência”, disse Marinho, lembrando que ele e demais ministros estão conversando com governadores, prefeitos, sociedade civil organizada e como o Congresso recém-eleito “para tratarmos de que forma o texto será consolidado e em que momento ele será enviado ao Congresso Nacional”.

“Então, a minuta que chegou ao conhecimento da imprensa é apenas mais um texto dos muitos que estão sendo observados e analisados pela nossa consultoria”, disse.

Ainda de acordo com Marinho, o governo só vai falar oficialmente sobre o texto da reforma assim ele chegar à Câmara dos Deputados.

“Não vamos antecipar um processo que ainda precisará passar por negociações, consultas e pala validação do presidente da República”, concluiu.

 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies