Menu
2019-04-02T11:53:21-03:00
Estadão Conteúdo
Reformas

Previdência: Mourão diz que expectativa para os próximos meses é alta

Presidente da República em exercício disse nesta terça-feira, 2, que espera para os próximos meses também a reforma tributária

2 de abril de 2019
11:49 - atualizado às 11:53
Hamilton Mourão, vice-presidente da República
Hamilton Mourão - Imagem: Flickr/Palácio do Planalto

O presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, disse nesta terça-feira, 2, que espera para os próximos meses a aprovação da reforma da Previdência e "na esteira da reforma tributária". Ele participa da Laad Defense & Security 2019, feira de defesa e segurança que está sendo realizada no Riocentro, no Rio de Janeiro, representando o presidente Jair Bolsonaro, que se encontra em viagem a Israel.

Mourão afirmou que as nações enfrentam o desafio compatibilizar os orçamentos para obter os meios necessários para a defesa, e que no Brasil não é diferente. Mas disse que o presidente Bolsonaro vai conseguir garantir as mudanças necessárias.

"Minha presença aqui é para afiançar que o presidente Jair Bolsonaro quer promover reformas estratégicas para destravar a economia, para que o livre comércio seja efetivado no Brasil. Tenho elevada expectativa que nos próximos meses o parlamento aprove a reforma da previdência e na sua esteira a reforma tributária", afirmou durante a abertura do evento que contou também com a presença do governador do Rio, Wilson Witzel, e do prefeito da cidade, Marcelo Crivella, entre outras autoridades.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Mudanças

BB confirma Ieda Cagni para presidência do Conselho de Administração

Nesta quarta-feira, foi realizada a primeira reunião do novo Conselho do Banco do Brasil. Na ocasião, os membros eleitos na assembleia definiram os ocupantes dos cargos de presidente e vice-presidente do colegiado.

Seu Dinheiro na sua noite

A receita do dr. Copom: +0,75 ponto de Selic na veia

O Copom cumpriu as expectativas e aumentou a Selic ao nível de 3,5%. No entanto, o comunicado trouxe algumas surpresas

Ficou para 31 de maio

Bolsonaro veta novo adiamento de prazo para entrega do Imposto de Renda

O presidente aceitou a recomendação feita pelo Ministério da Economia, que previa um impacto negativo na arrecadação da União e estados com uma nova data

Mudança nos juros

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou na decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 3,5% ao ano

CRYPTO NEWS

O mercado está cheio de bitcoin, mas as prateleiras estão vazias

O fluxo de saída da criptomoeda mais famosa das exchanges é algo inédito deste ciclo e pode representar a falta do ativo nas exchanges de cripto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies