Menu
2019-07-10T19:11:02-03:00
Xi...

Policiais dizem que acordo do governo foi feito “por cima” com PSL

A proposta é a mesma apresentada nas últimas semanas pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e sempre rejeitada. Para eles, esse “acordo é péssimo”. Eles continuam buscando uma saída

10 de julho de 2019
19:11
28895188012_bcb5053ed5_h
Imagem: Divulgação Polícia Federal

Representantes das carreiras policiais ouvidos pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, consideram que não houve acordo do governo com a categoria. Eles reclamam que a negociação foi feita "por cima" com os líderes do PSL, sigla que apresentou nesta tarde duas emendas para suavizar as regras para aposentadoria de policiais federais, rodoviários federais e legislativos. A proposta é a mesma apresentada nas últimas semanas pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e sempre rejeitada. Para eles, esse "acordo é péssimo". Eles continuam buscando uma saída.

Pelos dois destaques apresentados pelo partido do presidente Jair Bolsonaro, policiais homens poderão se aposentar aos 53 anos de idade, e policiais mulheres, aos 52 anos de idade. Nos dois casos, será preciso pagar um "pedágio" de 100% do tempo que falta para se aposentar. Isso significa que, caso faltem dois anos para se aposentar, por exemplo, o policial terá que trabalhar mais quatro anos para ter direito à aposentadoria.

Embora o PSL tenha apresentado duas emendas, uma delas apenas dá apoio à outra, de forma que se uma for votada, a outra automaticamente deve cair.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Virou pó

Os infelizes que compraram opções de Cogna

Nesta semana, pelo menos dez mil infelizes viram suas opções de compra de Cogna virarem pó.

executivo de carreira

Vice-presidente do BB, Walter Malieni, morre aos 50 anos

Executivo de carreira do BB, com mais de 35 anos de casa, Malieni completaria 51 anos em novembro

números da covid

Covid-19: Brasil tem 2,96 milhões de casos e 99,5 mil mortes

Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.079 óbitos, segundo o balanço diário do Ministério da Saúde divulgado hoje (7)

Reserva de R$ 1,3 bi para gastos

Iguatemi vai recomprar até 1,3 milhão de ações

Quantidade representa 1,5% dos papéis em circulação da companhia. Ações acumulam queda de mais de 30% no acumulado de 2020

seu dinheiro na sua noite

Uma conversa sobre investimentos para o meu pai

O primeiro salário que recebi na vida foi em julho de 1994, mês inaugural do Plano Real. Foi com esse dinheiro que saí pelas lojas do bairro do Gonzaga, em Santos, em busca de um presente para dar no Dia dos Pais. Desde então, esse sempre foi um problema para mim, porque meu pai não […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements