Menu
2019-04-29T08:17:55-03:00
Estadão Conteúdo
em almoço em brasília

Vida militar é ‘completamente diferente’, não ganha hora extra, diz Bolsonaro

Presidente defendeu neste sábado a reestruturação das carreiras militares como está prevista no projeto de lei que trata da aposentadoria militar

28 de abril de 2019
12:45 - atualizado às 8:17
Presidente da República, Jair Bolsonaro, fala com a imprensa sobre rompimento de barragem da Vale em Brumadinho
Presidente da República, Jair Bolsonaro - Imagem: Isac Nóbrega/PR/Fotos Públicas

O presidente Jair Bolsonaro defendeu neste sábado a reestruturação das carreiras militares como está prevista no projeto de lei que trata da aposentadoria militar. "Você tem que conhecer como é a vida dos militares. Eu estou com vários aqui, não ganham hora extra, pessoal que está na fronteira, nos navios, está na floresta amazônica, muitas vezes em missões extraordinárias, como GLO Garantia da Lei e da Ordem. É uma vida completamente diferente", disse.

Ele afirmou que é um "tributo que se exige de todos para que se possa bem cumprir essa missão. É uma classe tão maravilhosa que nos momentos mais difíceis da nação sempre esteve ao lado do povo".

Bolsonaro afirmou ainda desconhecer críticas sobre o reajuste de salários para a categoria e disse que dar os mesmos direitos a militares na Previdência fará com que o custo suba muito.

O presidente participou de um almoço em Brasília para comemorar o aniversário do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Walton Alencar. Na saída, afirmou que não tratou sobre a reforma da Previdência com os presentes, entre eles, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) . "O momento é de dar uma relaxada, né", disse.

Questionado sobre o fato de que um general aposentado possa ganhar mais que o seu salário, Bolsonaro afirmou não estar preocupado com o quanto recebe atualmente. "Estou servido ao País", disse.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

EM SITUAÇÃO DELICADA

FMI vê País com a pior dívida entre emergentes

Situação fiscal ruim do Brasil só é superada por países menores, como Angola, Líbia e Omã

ESQUENTA DOS MERCADOS

Coronavírus assusta, mas balanços corporativos tentam injetar otimismo nos mercados

O aumento do número de casos do coronavírus e a novela do pacote de estímulos fiscais americanos continuam como os principais fatores de cautela no radar dos investidores

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Lá e de volta outra vez: o maior IPO da história e a pandemia em semana de decisão monetária

Hegel costumava afirmar que a história sempre se repete (como disse, se reordena e retrocede sobre si). Ora, não é que nos deparamos com essas duas ideias nessa última semana de outubro?

Balanços

Santander tem recuperação em “V” e lucro sobe para R$ 3,9 bilhões no trimestre

A unidade local do banco espanhol supera expectativas de longe com lucro líquido de R$ 3,902 bilhões, alta de 5,3% em relação ao terceiro trimestre de 2019

REPARAÇÃO

Eletrobras adere a acordo de leniência da Camargo Corrêa e receberá R$ 117 milhões

Empreiteira assinou acordo de leniência em 2019, confessando ilícitos praticados contra diversas estatais e o governo federal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies