Menu
2019-05-09T14:26:46-03:00
pra quem é a reforma?

‘Há falha de comunicação do governo na narrativa da reforma da Previdência’, diz relator

Há, de acordo com Samuel Moreira (PSDB-SP), muitas pessoas que se aposentaram com 48 anos de idade e que ganham mais de R$ 30 mil por mês

9 de maio de 2019
12:52 - atualizado às 14:26
Samuel Moreira, relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara
Samuel Moreira, relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara - Imagem: Luis Macedo/Agência Câmara

O deputado relator da proposta da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara, Samuel Moreira (PSDB-SP), disse nesta quinta-feira, 9, em entrevista à Rádio Eldorado, reconhecer que há falhas de comunicação por parte do governo do ponto de vista da narrativa na questão da reforma. Para ele, é preciso deixar claro que a reforma da Previdência é para a terceira idade e não para os mais jovens.

Há, de acordo com ele, muitas pessoas que se aposentaram com 48 anos de idade e que ganham mais de R$ 30 mil por mês. "O presidente atual Jair Bolsonaro é uma dessas pessoas", disse o secretário, para quem estas injustiças precisam ser corrigidas. "Não é possível uma pessoa se aposentar ganhando R$ 30 mil por mês."

Sobre a audiência pública na Comissão Especial, na quarta-feira, 8, Moreira disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, conseguiu apaziguar os ânimos. "A reunião foi muito boa", comentou.

O deputado afirmou na entrevista que gostaria que a seguridade social tivesse um orçamento à parte, para que o País volte a contar com uma robustez fiscal e corrigir as injustiças, uma vez que o problema da Previdência é fiscal.

Sobre o cronograma de tramitação da proposta da reforma previdenciária na Câmara, Moreira disse que não há atraso e que a Comissão tem até 15 de junho para tratar do assunto.

Ele reforçou a sua convicção sobre a importância da reforma, que entrega anualmente um déficit de R$ 400 bilhões. Mas ponderou que a reforma não será um fim por si só e que, para o Brasil voltar a crescer, outras medidas terão que ser tomadas.

Perguntado sobre que medidas seriam estas outras, o deputado sugeriu que será preciso abrir mercado de bancos para fazer com que as instituições barateiem o juro sobre empréstimos. "Só reforma não vai fazer a economia crescer", destacou.

O deputado evitou se comprometer com a possibilidade de a reforma levar a uma economia de R$ 1 trilhão, conforme tem defendido o ministro Paulo Guedes e se limitou a dizer que se trata de uma "boa meta" e que a Comissão se esforçará para obter um resultado robusto.

Sobre resistência de algumas categorias à reforma, Moreira disse que defende a idade mínima, que ela é importante, mas que não é o principal. De acordo com ele, algumas categorias podem ser diferenciadas.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

VALIDADE PRORROGADA

Congresso prorroga por 60 dias prazo de vigência de quatro MPS

O Congresso Nacional prorrogou o prazo de validade de quatro medidas provisórias por mais 60 dias. Os atos estão publicados no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 27. Uma das MPs que teve vigência prorrogada é a MP 930, que dispõe sobre o tratamento tributário incidente sobre a variação cambial do valor de investimentos realizados […]

efeito coronavírus

Brasil perde 1,1 milhão de empregos com carteira assinada em dois meses

Em abril, foram 860,5 mil vagas a menos e, no mês anterior, o país perdeu 240,7 mil empregos formais, segundo o Caged

ECONOMIA

Petrobras fará nova oferta de títulos globais; montante ainda não foi revelado

A Petrobras fará nova oferta de títulos globais. Em nota ao mercado, a companhia afirma que a subsidiária Petrobras Global Finance B.V. (PGF) planeja oferecer uma ou mais séries de títulos no mercado norte-americano em uma nova emissão, de valor ainda não revelado. A PGF pretende usar os recursos líquidos da venda dos títulos para […]

Exile on Wall Street

Elogio aos líderes falíveis: as ações da XP ficaram caras

A XP vale hoje R$ 93 bilhões. É mais do que Banco do Brasil. Quase o mesmo de Santander

Tranquilidade no câmbio

Ibovespa sobe e dólar cai a R$ 5,28; animação externa contagia o mercado brasileiro

O dólar à vista engata a sexta baixa seguida e o Ibovespa avança mais de 1%, sustentados pelo alívio global após o lançamento de um pacote de estímulo bilionário na Europa

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

OPERAÇÃO PLACEBO

‘Vai ter mais’, diz Bolsonaro sobre ação da PF no Rio

Nesta terça-feira, 26, a corporação cumpriu mandado de buscas e apreensão no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel (PSC), e em outros endereços ligados ao governo do Estado.

medida anticrise

UE lança plano de apoio à economia de 750 bilhões de euros

O “Próxima geração” ainda precisa de aprovação por todos os Estados-membros para entrar em vigor; seriam 11,5 bilhões já neste ano

'gabinete do ódio'

Aliados de Bolsonaro são alvos de operação contra fake news

Roberto Jefferson, dono da Havan e ativistas bolsonaristas estão entre os alvos; investigação trata de ameaças, ofensas e fake news disseminadas contra integrantes da Corte e seus familiares

POLÍTICA INTERNACIONAL

Trump ameaça regular ou fechar plataformas de mídia social por “viés político”

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse nesta quarta-feira, em sua conta oficial no Twitter, que seu governo irá “regular fortemente” ou fechar as plataformas de mídia social “antes de permitir” que elas “silenciem totalmente as vozes conservadoras”. Segundo Trump, é essa a percepção do Partido Republicano. “Nós vimos o que elas tentaram fazer, e […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements