Menu
2019-10-14T16:23:26-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dados do pmi

Índice de gerentes de compras cai abaixo da marca considerada crucial

No mês de julho, o indicador chegou a 49,9 ante 51,0 pontos apurado no mês anterior

1 de agosto de 2019
13:53 - atualizado às 16:23
Indústria de papel e celulose Fibria
Fibria - Imagem: Lucas Lacaz Ruiz/Estadão Conteúdo

O Índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) caiu abaixo da marca considerada crucial de 50,0 pontos, por separar crescimento de contração. É a primeira vez que isso acontece em 13 meses, segundo IHS Markit.

No mês de julho, o indicador chegou a 49,9 ante 51,0 pontos apurado no mês anterior. Segundo o relatório, o volume de produção diminuiu no início do terceiro trimestre do ano, pondo fim a uma sequência de expansão de 12 meses.

As empresas que relataram um volume mais baixo de produção mencionaram o enfraquecimento da demanda básica assim como problemas políticos e econômicos como causas.

As condições operacionais na economia industrial brasileira pioraram marginalmente em julho - início do terceiro trimestre -, com o volume de produção caindo pela primeira vez desde junho de 2018.

As empresas cortaram despesas reduzindo o número de funcionários e a quantidade de compras de insumos devido a dificuldades financeiras e demanda contida. Além disso, o otimismo em relação aos negócios atingiu um recorde de baixa de 21 meses.

Pelo lado positivo, contribuem para as expectativas a desaceleração das taxas de inflação e o crescimento sustentado de novos trabalhos.

Segundo a economista da IHS Markit, Pollyanna de Lima, as condições operacionais no setor industrial do Brasil permaneceram voláteis, com o PMI ganhando impulso em junho, mas caindo em julho.

"As pressões no setor resultaram de uma combinação de problemas econômicos e políticos, de uma demanda interna contida, de exportações fracas, de capacidade ociosa e de medidas para redução de custos", avaliou.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

pandemia em pauta

Guedes: Por ‘infelicidade’, Bolsonaro não deixou claro problema da saúde

Guedes defendeu a imunização contra a covid-19 para evitar nova queda economia, diante da “tragédia que voltou a nos atingir” ao falar sobre o agravamento da pandemia.

O melhor do seu dinheiro

Stuhlberger blindado no dólar

Com alta de quase 10% em 2021, o dólar tem sido, até agora, um dos melhores investimentos do ano. Pode até parecer estranho, tendo em vista a quantidade de estímulos fiscais e monetários nos Estados Unidos. Mas parte dessa valorização não vem exatamente do fortalecimento da moeda americana, mas do enfraquecimento do real. É no […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Ufa! Ibovespa avança quase 5% em semana de alta volatilidade, mas dólar vai a R$ 5,68

A PEC emergencial e a disparada dos títulos públicos norte-americanos monopolizaram o noticiário, pressionando o câmbio e a bolsa

Regime especial

STF forma maioria para manter sigilo das informações do programa de repatriação

A análise tem origem em uma ação proposta pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) em 2017.

Algo não agradou

Guedes vê perda estrutural em PEC do auxílio

O sentimento na equipe de Guedes foi de perda da possibilidade de acionamento dos gatilhos em caso de calamidade por mais dois anos seguintes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies